JBC

Resenha: "Your Name, vol.1, 2 e 3" de Ranmaru Kotone | Makoto Shinkai

quinta-feira, dezembro 13, 2018

Your Name. (vol. 1, 2 e 3), Ranmaru Kotone e Makoto Shinkai, 
São Paulo: JBC, 2017, 176 pág cada volume.
Tradução: Karen Kazumi Hayashida
COMPRAR: Amazon  |  Saraiva  | Outras Lojas

Saudações Leitores!
Acredito que os fãs de animações japonesas ou de mangás já devem ter ouvido falar do mangá Your Name. (Kimi no na wa.) que é composto por três volumes que são inspirados no filme dirigido por Makoto Shinkai que tem o mesmo nome. O filme teve tanto sucesso de crítica não só no Japão como em todo o mundo que foi adaptado para mangá por Ranmaru Kotone, mas recentemente ganhou um Light Novel, isto é, um romance do mesmo filme e mangá. No Brasil, os mangás foram publicados pela JBC em 2017, a light novel foi publicada recentemente (2018) pela Editora Verus.

Essa resenha vou falar dos três volumes do mangá juntos e não separadamente, ok? Como vocês já devem ter percebido, pelo que já escrevi, aqui o filme originou os mangás e não o inverso, portanto, o filme é a obra original. Ok?

Não sabia desse fato, até pegar o mangá para ler e ver a sinopse, mas resolvi ler antes de assistir ao filme e o resultado foi incrível! Achei o mangá a coisa mais fofa do mundo, e por ser mangá não perdi o efeito visual que também encontramos no filme, certo? Certo.

Aparentemente, Your Name., pode parecer clichês, afinal não é difícil encontra a proposta de troca de corpos entre personagens na literatura em geral (seja escrita, em quadrinhos ou cinema), mas nesse caso, em especial, Ranmaru Kotone e Makoto Shinkai, fugiram dos clichês, pois aqui o foco não chega a ser o romance em si, mas a mensagem de como os destinos das pessoas podem estar mais conectados do que supomos e o quanto o universo contribui para a união dessas conexões.
Nesta trilogia vamos acompanhar Taki Tachibana (um jovem estudante de Tóquio) e Mitsuha Miyamizu (uma jovem estudante e sacerdotisa de uma cidade rural do Japão), ambos, misteriosamente começam a trocar de corpos e viver um a vida do outro, mas por trás dessas trocas existe todo um conflito e uma mensagem sobre as transformações que eles fazem um na vida do outro, sobretudo entre as relações deles com a família e amigos.

À medida que o tempo passa eles começam conhecer um ao outro cada vez mais e a tentarem facilitar essas trocas de corpos que são inevitáveis. No Vol.1 de Your Name. podemos dizer que os personagens estão ainda confusos sobre as trocas e tentando se adaptar a elas. Já no  Vol.2 de Your Name. acompanhamos algumas descobertas a respeito das mudanças e várias revelações sendo "contadas", confesso que fiquei chocada com os acontecimentos desse volume, pois não estava preparada. Por fim, no Vol.3 de Your Name. temos o desenlace, o plot twist e todos os sentimentos embaralhados, triturados e expectativas para o final concretizadas com sucesso, pois foi bem coerente com o que já estava sendo apresentado a cada volume. 
De fato, ler Your Name.  foi uma experiência tão gostosinha, li todos os volumes numa manhã de tão eletrizada que fiquei com a estória, amei todos os aspectos não só do enredo, como tanto o traço do mangá, e também da edição da JBC, achei caprichada, desde a gramatura do papel à qualidade da colocação da capa e das páginas coloridas. Aliás, palmas para esse tamanho de mangá: amo esse tamanho, porque a fonte utilizada não fica tão pequena, já que tem uns formatos menores (quase daqueles formato de livro de bolso) que a fonte fica tão pequena que às vezes precisamos de uma lupa para enxergar. hahaha.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Muito obrigada pelo Comentário!!!!