Lançamento: No Seu Pescoço... e outros

Saudações Leitores!
Como viajei e meu acesso a um computador ficou um pouco limitado acabei não fazendo as divulgações de alguns dos lançamentos deste mês e quero dividir  com vocês abaixo:

 COMPANHIA DAS LETRAS

No seu pescoço, de Chimamanda Ngozi Adichie
LANÇAMENTO: 25/07

Os contos magistrais da premiada autora do best-seller Americanah chegam ao Brasil em aguardada edição
A escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie vem conquistando um público cada vez maior, tanto no Brasil como fora dele. Em 2007, seu romance Meio sol amarelo venceu o National Book Critics Circle Award e o Orange Prize de ficção, mas foi com o romance seguinte, Americanah, que ela atingiu o volume de leitores que a alavancou para o topo das listas de mais vendidos dos Estados Unidos, onde vive atualmente. Ao trabalho de ficcionista, somou-se a expressiva e incontornável militância da autora em favor da igualdade de gêneros e raça.
Agora é a vez de os leitores brasileiros conhecerem a face de contista dessa grande autora já consagrada pelas formas do romance e do ensaio. Publicado em inglês em 2009, No seu pescoço contém todos os elementos que fazem de Adichie uma das principais escritoras contemporâneas. Nos doze contos que compõem o volume, encontramos a sensibilidade da autora voltada para a temática da imigração, da desigualdade racial, dos conflitos religiosos e das relações familiares.
Combinando técnicas da narrativa convencional com experimentalismo, como no conto que dá nome ao livro — escrito em segunda pessoa —, Adichie parte da perspectiva do indivíduo para atingir o universal que há em cada um de nós e, com isso, proporciona a seus leitores a experiência da empatia, bem escassa em nossos tempos.

Resenha: "Anexos" de Rainbow Rowell

Anexos, Rainbow Rowell, Barueri, SP: Novo Século, 2014, 368 pág.
Tradução: Márcia Men
COMPRAR: Amazon, Saraiva

Saudações Leitores!
Attachments ou Anexos (título brasileiro) é mais um livro da escritora best-seller Rainbow Rowell, de quem sou, assumidamente, fã. Aqui mesmo, no blog, tem resenha de Eleanor & Park, Fangirl e Kindred Spirits. Aliás, não entendo o motivo de ter demorado tanto para ler Anexos, já que tenho o exemplar a bastante tempo, mas... enfim... solucionei essa falta gravíssima e vim conversar com vocês sobre minha experiência de leitura.
"Amor. Propósito. Essas eram coisas para as quais não se podia planejar. Essas eram coisas que simplesmente aconteciam. E se não acontecessem? Você passava a vida toda ansiando por elas? Esperando para ser feliz?" 

Resenha: 'Inventei Você?" de Francesca Zappia

Inventei Você?, Francesca Zappia, Campinas, SP: Verus, 2017, 346 pág.
Tradução: Monique D'Orazio
COMPRAR: Amazon, Saraiva

Saudações Leitores!
Inventei Você? (Made You Up, 2015) é o livro de estreia da norte-americana Francesca Zappia e antes dele ser publicado aqui, no Brasil, eu já estava interessada nele, pois já tinha visto resenhas em vídeo o no Instagram de blogueiros do exterior, gostei da proposta, mas como o livro em inglês era muito caro fui adiando a compra quando, me deparei com a notícia que a Editora Verus estaria publicando aqui no país. Resultado: comprei em pré-venda, já li e venho compartilhar minha opinião com vocês.

Nesse livro vamos acompanhar a história de Alex que vive com sua mãe, seu pai e sua irmã mais nova e está indo estudar seu último ano do colegial numa nova escola e está sofrendo toda aquela pressão de se inscrever numa faculdade, de tentar ser aceita, mas para maximizar tudo isso, nossa personagem tem esquizofrenia, e um dos sintomas dessa doença é que o "portador" vê coisas e pessoas onde não existem, ou seja, não distingue o real do irreal, do criado pela mente.

Tag 50% - Os melhores e os piores livros lidos em 2017 até a metade do ano


Saudações Leitores!
Como estamos na metade do ano, encontrei a Tag 50% nesse mundo virtual: nos blogs e youtube da vida, achei interessante  e vim avaliar as minhas leituras de 2017 com vocês, pelo menos as que consegui fazer até a metade do ano. Foi muito difícil responder e escolher os livros - tive que olhar no skoob o tempo todo e avaliar em que posição cada livro se encaixava. Adorei responder, espero que gostem de conferir!


Resenha: "A Guerra que Salvou a Minha Vida" de Kimberly Brubaher Bradley

A Guerra que Salvou a Minha Vida, Kimberly Brubaher Bradley, 
Rio de Janeiro: DarkSide Books, 2017, 240 pág.
Tradução: Mariana Derpa Vollmer
COMPRAR: Amazon, Saraiva

Saudações Leitores!
A Guerra que Salvou a Minha Vida (The War that Saved My Life, 2015) escrito por Kimberly Brubaher Bradley já ganhou vários prêmios como o Newbery Honor Book, Schneider Familly Book Award e Josette Frank Award e é um dos livros que tem o potencial de agradar a todos os leitores.

Não consigo deixar de ser sentimental quando leio um livro e amo com todas as minhas forças, e isso foi o que aconteceu com A Guerra que Salvou a Minha Vida, portanto, vou ser sentimental na minha opinião. 
"Quando eu pensava em ir pra casam ficava sem ar. Minha casa dava mais medo que as bombas."