Lançamento: Pequeno manual antirracista... e outros livros

domingo, novembro 24, 2019

Saudações Leitores!
Trago alguns dos principais lançamentos da Companhia das Letras desse mês de novembro e tem muita coisa boa que merece ser destacada, portanto, confiram abaixo!


Pequeno manual antirracista
Djamila Ribeiro
ISBN: 9788535932874
Selo: Companhia das Letras
Páginas: 136 | Formato: 11.00 X 15.50 cm
Acabamento: Brochura com Orelha Especial
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas


Onze lições breves para entender as origens do racismo e como combatê-lo.Neste pequeno manual, a filósofa e ativista Djamila Ribeiro trata de temas como atualidade do racismo, negritude, branquitude, violência racial, cultura, desejos e afetos. Em onze capítulos curtos e contundentes, a autora apresenta caminhos de reflexão para aqueles que queiram aprofundar sua percepção sobre discriminações racistas estruturais e assumir a responsabilidade pela transformação do estado das coisas.Já há muitos anos se solidifica a percepção de que o racismo está arraigado em nossa sociedade, criando desigualdades e abismos sociais: trata-se de um sistema de opressão que nega direitos, e não um simples ato de vontade de um sujeito.Reconhecer as raízes e o impacto do racismo pode ser paralisante. Afinal, como enfrentar um monstro desse tamanho? Djamila Ribeiro argumenta que a prática antirracista é urgente e se dá nas atitudes mais cotidianas. E mais ainda: é uma luta de todas e todos.

Essa gente
Chico Buarque
ISBN: 9788535932959
Selo: Companhia das Letras
Páginas: 200 | Formato: 15.50 X 22.50 cm
Acabamento: Brochura com Orelha
COMPRAR: AmazonOutras Lojas
Um escritor decadente enfrenta uma crise financeira e afetiva enquanto o Rio de Janeiro colapsa à sua volta. Tragicomédia urgente, o novo romance de Chico Buarque é a primeira obra literária de vulto a encarar o Brasil do agora.Há alguns pontos de contato entre Chico Buarque e o protagonista de Essa gente, seu primeiro livro após a consagração do prêmio Camões. O escritor Manuel Duarte tem esse sobrenome de perfil vocálico idêntico, e gosta de bater perna nos arredores do Leblon. Contudo, o leitor logo descobre que isso conduz a um dos muitos becos sem saída da trama.Autor de um romance histórico que se tornou best-seller nos anos 1990, Duarte passa por um deserto criativo e emocional, tendo por pano de fundo um Rio de Janeiro que sangra e estrebucha sob o flagelo de feridas sociais finalmente supuradas, ostensivas.Com estrutura de diário, a reflexão sobre a linguagem – marca da ficção buarquiana – parte agora do apontamento rápido, artimanha para auxiliar a memória quando for possível dar sentido ao tumulto do presente. Ao seu melhor estilo, Chico Buarque borra as fronteiras entre vida, imaginação, sonho e delírio, e constrói uma narrativa engenhosa, em cujas entrelinhas se descortinam as contradições de um país fraturado.

Metrópole à beira mar
Ruy Castro
ISBN: 9788535932867
Selo: Companhia das Letras
Páginas: 504 | Formato: 16.00 X 23.00 cm
Acabamento: Brochura com Orelha
COMPRAR: Amazon
Outras Lojas


O que aconteceu no Rio entre o carnaval de 1919 e a Revolução de 30? Tudo.Uma cidade em convulsão na imprensa, na literatura, na música popular, na ópera, no teatro, nas artes plásticas, no cinema, na caricatura, na praia, na ciência, na arquitetura, no futebol, na luta das mulheres, nos costumes, no sexo e nas drogas. Se o Brasil dos anos 20 ainda engatinhava rumo à modernização, o Rio de Janeiro tinha vida própria e já era sinônimo de arrojo e vanguarda.É essa capital fervilhante o cenário e a protagonista do novo livro de Ruy Castro.Em Metrópole à beira-mar, um de nossos maiores biógrafos faz uma saborosa reconstituição histórica dos anos loucos cariocas, entrelaçando eventos políticos e culturais à trajetória dos personagens – os lembrados e os esquecidos –, que fizeram e mudaram a história.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Muito obrigada pelo Comentário!!!!