Resenha: “Tesão” de Tico Santa Cruz

Saudações Leitores!
Primeiramente quero agradecer a Editora Belas-Letras por ter me enviado o exemplar de Tesão para que eu pudesse estar fazendo essa resenha.
Sinceramente esse livro foi uma surpresa para mim por dois motivos: ainda não tinha lido nada do Tico Santa Cruz e também porque fugia da modinha de romances eróticos e se concentrava em poesias e contos eróticos e o mais interessante: sob um ângulo masculino.
Outra coisa que devo confessar é que peguei o exemplar para folhear já que estava fazendo outras duas leituras e acabei não o largando. Impossível parar de ler. 


Tesão, Tico Santa Cruz, Caxias do Sul, RS: Belas-Letras, 2013, 128 pág.
Ilustração: Carlinhos Muller

Tesão é o segundo livro do Tico Santa Cruz publicado pela Belas-Letras, o primeiro, Clube da Insônia não tive a oportunidade de ler, mas li algumas resenhas e trata-se de um livro que tem uma avaliação boa entre os que já leram.
Tico Santa Cruz, em Tesão vem, sem papas na língua, e com uma linguagem bem popular e erótica mostrar que o ser humano é instinto e quando vê-se diante de algo que deseja absolutamente, deixa-se mover por esses instintos cujo o ponto culminante é o sexo. O sexo visto como um ato sem etiquetas e sem pudores, onde o que comanda é o prazer dos parceiros. Sexo com quem se ama. Sexo com desconhecidos. Sexo a dois, a três, de pé, de quatro... num quarto, num beco, no carro ou não seja lá em que lugar... Sexo.
O Título do livro já diz basicamente o que você pode esperar dele, então quem não curte esse tipo de texto, nem pense em ler ou se você ainda não leu nada do gênero [o que é um pouco difícil devido ao tanto de material por aí disponível] pode começar ousando virar as páginas de Tesão.
O diferencial desse livro é que ele traz poemas e contos eróticos o que vai de encontro com os romances eróticos que tanto estão na moda, ainda mais quando levamos em consideração de que este é uma visão masculina e não como na maioria desses romances temos uma libertinagem feminina, quase como uma sentença de liberdade de expressão sexual. Ao homem sempre houve essa liberdade e em Tesão você encontra muita liberdade sexual, erótica, carnal onde o prazer é o que dita o ato sexual.
Entretanto os poemas e contos muitas vezes vêm impregnados por uma atmosfera de devaneios, sonhos, imaginação tanto que o leitor se vê aprisionado nos desejos do ‘eu poético’ sem saber se de fato aconteceu ou não e quando acontece o leitor ainda pode se questionar se não houve certo exagero na utilização das palavras.
Devo confessar que uma vez que se abre este livro – mesmo que para folheá-lo – o leitor corre o rico de não querer largá-lo enquanto não findar a leitura [isso aconteceu comigo], por ser um livro pequeno e de fácil leitura em algumas horas um leitor ávido pode ‘devorá-lo’.
 
Não obstante, preciso afirmar que o livro não é original e há situações bem clichês. Convenhamos, de sacanagem todo mundo entende um pouco, ou muito, ou mais ou menos, ou... o que quero dizer é que esse assunto é clichê embora ainda seja um tabu na sociedade. Ok, este tabu está definitivamente estilhaçado, mas ainda há uns puritanos por aí...
Para finalizar, quero falar sobre a diagramação do livro que está realmente linda [há folhas amareladas entre folhas pretas] e parabenizar o ilustrador Carlinhos Muller, pois as ilustrações são uma arte a parte que embelezaram a edição do livro, muito talentoso!
Camila Márcia

7 comentários:

  1. Nunca li ,gostei da resenha, fiquei querendo ler pq gosto muito da Banda kkkkkk do Tico enfim curiosa para ler!!!
    bjins

    miimix.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. nunca li nada neste gênero (sim! é verdade, eu juro!) então não sei o que esperar Oo
    vi as imagens do livro na internet e é realmente muito lindo.. quanto a história ainda não sei, mas pela diagramação e detalhes, o livro está de parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Não é um livro que me chama atenção, até já li coisas do gênero, mas não fiquei com tanta vontade de ler esse.

    Beijos
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  4. Eu estou lendo O Clube da Insonia, então meio que ja sei o que esperar de Tesão. A diagramação é igualzinha e até os estilos das ilustrações. Achei muito bacana
    Tb quero ler esse!
    Bjokas
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
  5. A capa é ótima!
    E o Tico, é uma ótima pessoa.
    Fui num show dele uma vez e consegui entrar no camarim.. Super simpático!
    Fiquei na vontade de ler! =D

    http://feliciity-unjourdepluie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Peguei pra ler Tesão ontem e assim como aconteceu com Clube da Insônia, a leitura foi feita de uma vez (dessa vez sem Olimpíadas pra me atrapalhar kkkk). Achei bem interessante, principalmente a diagramação, apesar de certas repetições que apenas revelam os gostos do autor. Agora defendo um mundo com mais "Tesão" e menos de outros livros do gênero.

    Beijos!
    Ricardo - www.blogovershock.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu já li Clube da Insônia e adorei! Se eu tiver a oportunidade, com certeza o lerei.
    Ainda que o tema seja clichê vale a abordagem. Pois o que mais tem por aí é gente se "dizendo"! puritana. Acredito que Tico soube falar poeticamente de um assunto tão manjado.

    Adorei as ilustrações.
    Bjs!
    Zilda
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!