Lançamento: A Traidora do trono... e outros

Saudações Leitores!
Hoje trago para vocês alguns dos principais lançamentos de Fevereiro do Grupo Companhia das Letras e seus selos, espero que gostem, detalhe: tem continuação de série!!! Espiem:

EDITORA SEGUINTE 
A traidora do trono (A Rebelde do Deserto, vol. 2), de Alwyn Hamilton
http://www.editoraseguinte.com.br/titulo/index.php?codigo=55099
Depois de A rebelde do deserto, a melhor atiradora de Miraji está de volta numa continuação repleta de reviravoltas
Amani Al'Hiza mal acreditou quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal nos confins do deserto, montada num cavalo de areia com Jin, um forasteiro misterioso. Em pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser sua própria liberdade: a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que luta para livrar o país inteiro do domínio de um sultão sanguinário.
Em meio às perigosas batalhas, Amani é traída quando menos espera e acaba se tornando prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela tenta se aproximar do sultão para descobrir informações úteis para a causa rebelde. Contudo, quanto mais tempo passa ali, mais ela questiona se o governante é de fato o vilão que todos acreditam, e quem são os verdadeiros traidores do país.
Volume 1 – A rebelde do deserto: http://www.editoraseguinte.com.br/titulo/index.php?codigo=55078

COMPANHIA DAS LETRAS 
O fazedor de velhos, de Rodrigo Lacerda
http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=14297
Neste premiado romance de formação, Rodrigo Lacerda escreve sobre as agruras de chegar à vida adulta
Lançado originalmente em 2008, O fazedor de velhos conta a história de Pedro, um garoto inteligente que está às portas da vida adulta.
Com o amadurecimento, chegam questões fundamentais: que profissão escolher? Como lidar com os amores frustrados, os amigos deixados pra trás, os sentimentos confusos que teimam em perturbar?
Quem guia o garoto em meio a esses dilemas é Nabuco, um professor experiente, excêntrico e misterioso.
Insatisfeito com a faculdade de História, Pedro encontra na literatura um destino possível. Mas essa não é uma descoberta simples — e para chegar até ela é preciso trilhar um caminho de perda e sofrimento.

O desaparecido – Avraham Avraham, a primeira investigação, de Dror Mishani
http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=13311
O primeiro romance policial com o detetive Avraham Avraham, a nova sensação da literatura policial
Quando um adolescente desaparece num pacato subúrbio de Tel Aviv, o detetive Avraham Avraham pensa que tem uma tarefa simples pela frente, como costumam ser os inquéritos na região. Todavia, após uma conversa com o professor do garoto, Avraham se vê embrenhado numa complexa e perigosa investigação, que o fará questionar sua própria ideia de violência.
Especialista em literatura policial, Dror Mishani cria neste seu primeiro romance uma memorável aventura — um labirinto de pistas falsas e mentiras que conduzirá Avraham aos cantos mais sombrios da alma humana, e de onde ele não voltará o mesmo.

QUADRINHOS NA CIA. 
Mensur, de Rafael Coutinho
http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=65065
Um andarilho, uma luta de espadas e uma saga pessoal no novo romance gráfico do ilustrador e co-autor de Cachalote
Um dos artistas mais talentosos do quadrinho brasileiro, Rafael Coutinho volta à forma longa neste que é seu mais ambicioso trabalho desde Cachalote, romance gráfico criado em parceria com o romancista Daniel Galera. Em Mensur, Coutinho conta a história do Gringo, um andarilho que percorre cidades brasileiras em busca de bicos e trabalhos manuais. Todavia, o Gringo é também um dos últimos praticantes do mensur, uma luta de espadas surgida na Alemanha do século XV entre estudantes universitários.
Enquanto lida com seus próprios fantasmas e obsessões, um caso amoroso pode colocá-lo em conflito com seu passado e com segredos que jamais deveriam vir à tona. Um dos mais originais e impressionantes trabalhos do quadrinho brasileiro, Mensur é uma saga pessoal e um épico íntimo da busca por um lugar e, sobretudo, por algum tipo de paz.

2 comentários:

  1. Essa capa de "a traidora do trono" está linda! Infelizmente o primeiro livro não me agradou tanto, então provavelmente eu não leia o segundo :(

    Beijos, * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por incrível que parece nunca tive vontade de ler essa série (ou é trilogia?), então, também deixo passar, apesar de reconhecer que o trabalho gráfico e as capas foram beeeeem caprichadas.

      xoxo
      Mila F

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!