Resenha: "O Cão que Guarda as Estrelas" de Takashi Murakami

O Cão que Guarda as Estrelas, Takashi Murakami, Sao Paulo: JBC, 2014, 132 pág
Tradução: Denis Kei Kimura

Saudações Leitores!
O Cão que Guarda as Estrelas (Hoshi Mamoru Inu) é um mangá escrito e desenhado por Takashi Murakami, trata-se de um mangá daqueles fofinhos que são destinados aos apreciadores de estórias emotivas com animais (no caso cachorro) e que além de serem emocionantes trazem uma mensagem especial e importante para qualquer leitor.

O diferencial de O Cão que Guarda as Estrelas é que o mangá é contado todo pelos olhos do cachorrinho, desse modo, vemos quando ele é encontrado por uma garotinha e levado para sua casa, onde lá o batiza de "Happy" e ele se tornará um membro da família e melhor companhia do "Papai".
Não vou negar que o mangá é triste, pois logo no comecinho sabemos que o cachorro e o papai morreram, mas isso só desperta nossa curiosidade para conhecermos o que acontece no meio da estória, portanto, vamos ver Harry e Papai vivendo uma verdadeira aventura, sobretudo após a separação dele da esposa, pois ele vai para fora de casa com poucos pertences e decide morar dentro de seu carro com Happy.

O mais legal é que, como o mangá é contado pelo cachorrinho vemos a ingenuidade e a perceptividade desse fiel companheiro para perceber que tudo o que eles estão vivendo é uma aventura, mas também de ver que existem muitas dificuldades, principalmente depois que Papai ajuda um garotinho de rua e este mesmo o rouba. 
O Cão que Guarda as Estrelas é um mangá tão emocionante, fofinho e encantador que é impossível não se envolver e querer bem aos personagens, a estória se desenvolve com leveza e mostra que um cachorro se alegra com as pequenas coisas e pode viver de maneira simples e até passar fome com alegria desde que esteja acompanhado de quem ama, além do mais Happy foi fiel até o fim, mesmo após a morte de Papai ele jamais abandonou o corpo dele, não até chegar sua hora também. 

Vale lembrar que O Cão que Guarda as Estrelas ganhou uma adaptação cinematográfica em 2011, no entanto, ainda não assisti, desse modo, não posso "opinar" sobre ela, mas acredito que seja tão boa quanto o mangá. Não tem como ser ruim. 

Para finalizar O Cão que Guarda as Estrelas foi o mangá mais lindo e emocionante que já li na vida e queria que muitas outras pessoas tivessem a oportunidade de lê-lo também. Vale a pena. 

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Eu comprei num sebo, e foi muiiiiiiiiiiiiiiito difícil encontrar, acho que a edição deve ter esgotado.

      xoxo
      Mila F

      Excluir
  2. Respostas
    1. Eu comprei num sebo, e foi muiiiiiiiiiiiiiiito difícil encontrar, acho que a edição deve ter esgotado.

      xoxo
      Mila F

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!