Resenha: "Querido John" de Nicholas Sparks

Querido John, Nicholas Sparks, Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2010, 288 pág.
Tradução: Patricia de Cia
COMPRAR: Amazon

Saudações Leitores!
Dear John (2006) no Brasil Querido John é um dos mais aclamados romances dos norte americano Nicholas Sparks e, provavelmente, você já leu este livro, ou ouviu falar dele, ou mesmo assistiu a adaptação cinematográfica do mesmo com a atriz Amanda Seyfried e o crush da vida Channing Tatum.

Apesar desse livro ser famoso em vários países e de ter sido publicado no Brasil há vários anos ainda não tinha lido porque não tinha uma real empolgação de ler um livro onde eu  já sabia o que aconteceria, pois assisti ao filme pelo menos umas 7 vezes! Mas, puxa, sou fã do Nicholas Sparks, então precisava ler os seus romances mais famosos, não é mesmo? Além disso coloquei esse livro como um das minhas Metas de 2018, justamente para não adiar a leitura por mais um ano.
"Eu me apaixonei por ela enquanto estávamos juntos, e me apaixonei ainda mais nos anos em que ficamos separados. Nossa história tem três partes: um começo, um meio e um fim. Embora seja assim que todas as histórias se desenrolam, ainda não consigo acreditar que a nossa não durará para sempre."
Então, como foi a experiência de ler Querido John? Já fui sabendo o que encontraria e de fato foi o que encontrei, só que, com muito mais riqueza de detalhes e isso realmente tornou a leitura bem nova para mim, ao contrário do que imaginei, tem várias partes diferentes do filme e muitas são bem mais explicadas no livro, de forma que eu consegui - finalmente - me conformar com o final.
"Embora soubesse que ela me amava e se importava comigo, de repente entendi que, às vezes, nem mesmo amor e carinho são suficientes. Eles eram os tijolos de concreto do nosso relacionamento, mas também eram instáveis sem argamassa do tempo compartilhado, do tempo sem a ameaça da separação iminente que pairava sobre nós."
Uma das coisas que sempre me destruíram em relação ao filme foi John não terminar no final com Savannah,  pois o filme me fez torcer loucamente pelos dois, mas no livro a gente simplesmente entende todos os fatores e aceita que o final foi realmente como tinha de ser. E que foi ótimo! Que bizarro eu falar assim, mas é a verdade, o livro podemos nos conectar muito mais com a estória e entender as motivações e condições do relacionamento de John e Savannah, e se formos bem sinceros sempre foi conturbado e difícil, ambos eram muito diferentes um do outro.
"Pode ser moedas, esportes, política, cavalos, música ou fé... as pessoas mais tristes que já conheci na vida são as que não se importam profundamente com nada. Paixão e satisfação caminham lado a lado. Sem elas, qualquer felicidade é apenas temporária, porque não há o que a faça durar. Adoraria ouvir seu pai falar sobre moedas, porque seria ver alguém em seu melhor momento, e descobrir que a felicidade geralmente é contagiosa."
Continuo amando os livros do Nicholas Sparks, mesmo existindo quem deteste os livros do escritor eu só consigo amá-lo cada vez mais a cada livro que leio. São romances água-com-áçucar como são conhecidos? Sim, mas é bem mais do que isso trazem assuntos importantes como relacionamentos amorosos, entre pais filhos e de amizade, reflexões acerca de perdas e lutas, além de uma troca de experiência, sabe? É tudo muito sensível e sutil, mas está presente, sim, em suas obras.

Por fim, se você ainda não deu uma oportunidade a Querido John, pense com carinho nessa possibilidade, ok? Contudo, tenho quase certeza que são poucas as pessoas que ainda não conhecem esta história (eu era a única alienígena que não tinha lido?), não é mesmo? Fica aqui esta dúvida/pergunta.
"Mesmo que você não queira ouvir, quero que você saiba que sempre será parte de mim. No tempo que passamos juntos, você conquistou um lugar especial no meu coração, que eu vou levar comigo para sempre e ninguém pode substituir. Você é um herói e um cavalheiro, você é gentil e honesto, mas, acima de tudo, você é o primeiro homem que amei verdadeiramente. E não importa o que o futuro traga, você sempre será, e sei que minha vida é melhor por causa disso."

1 comentários:

  1. Caramba! Como você falou eu não queria ler o livro já que conheço a história, pra que ne? Mas depois da sua resenha deu vontade de se aventurar e ler! Ótima resenha!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!