Resenha: "Escrevi isso pra você" de Iain S. Thomas

Escrevi isso pra você - poemas, Iain S. Thomas, Rio de Janeiro: Sextante, 2018, 208 pág
Tradução: Ana Guadalupe
COMPRAR: Amazon

Saudações Leitores!
Escrevi Isso pra Você (I Wrote This For You) foi recentemente publicado no Brasil e escrito pelo artista de novas mídias e autor de diversos livros: Iain S. Thomas.

Para mim, ter em mãos este livro foi uma surpresa incrível e após a leitura deliciosa que tive é difícil encontrar palavras para descrever meus sentimentos e toda a experiência literária. Será que o primeiro contato que temos com um escritor é algo fundamental para o amarmos perdidamente e desejarmos ler TODOS os seus livros e até bula de remédio caso sejam escritas por ele?
Sempre achei que, em nosso tempo moderno, onde tudo acontece de forma tão rápida o amor não pudesse mais ser reinventado, porque parecia tão igual a todas as outras coisas a nossa volta: rápido demais, passageiro e com tendência a se tornar obsoleto, mas é incrível ver como esse sentimento ganha mais poder e resistência a cada dia e ainda existem muitas palavras a serem ditas sobre ele. Foi exatamente isso com que me deparei em Escrevi Isso pra Você.

Nesse livro de poemas modernos e fotografia (duas coisas que me agradam bastante quando usadas juntas - pois há poesia em cada situação rotineira ou passageira da vida) o tema principal é este sentimento, que mesmo tão falado, tão escrito é ainda raro e especial... O amor é o grande mistério e a solução para vários problemas em nossa sociedade.
É claro que em Escrevi Isso pra Você encontramos mais ênfase no amor passional, nas relações amorosas em que nos entregamos e gostaríamos, sim, de ser correspondidos, inteira ou parcialmente amados de volta. O livro vem todo cheio de poemas que nos remetem aos começos, meios e fins de relacionamentos. O que faz com que haja, de fato, uma identificação do leitor. Todo mundo já amou, foi amado ou já partiu o coração de alguém, não é mesmo?

Escrevi Isso pra Você  traz uma forma tão intensa e real do amor, sem aquelas fantasias e sonhos típicos da adolescência ou tão arraigados em contos de fadas, sabe? Aqui, os sentimentos expressos nas palavras são reais, mais pé no chão, quase dá para sentir, e com certeza já o sentimos, pois em quase todas as páginas iremos nos identificar.
Senti algo real, intenso, doloroso, sentimental, perene, calmo, com chamas, com química e sei que existe, sei que é possível e sei que amar, ser ou não correspondido é sempre muito transformador. Esse livro é transformador e incrível. É muito difícil de falar de algo que me tocou tão profundamente.

Claro que indico Escrevi Isso pra Você e mais, tenho real certeza de que o volume vai agradar aos fãs de Rupi Kaur, Ryane Leão e Amanda Lovelance. Além disso, o toque especial deste livro é que ele é escrito por um homem, então mostra que homens tem sentimentos, sim, são bonitos e intensos. Para completar, este é um livro que não fere as mulheres. Tenho visto alguns textos poéticos, por vezes tão ofensivos às mulheres que, quando encontro algo tão bonito e justo, vale a pena compartilhar.
Para finalizar, quero salientar a qualidade incrível dessa edição da Editora Sextante, sabem aqueles livros que além de coloridos, tem as páginas naquelas papeis fotográficos? Eu simplesmente não resisto a tamanho cuidado e detalhes lindos.

Esse livro, poderia ter passado despercido por mim, mas fico demasiadamente feliz por este volume ter me encontrado. Será que poderei esperar mais um livro do autor em breve nas terras tupiniquins? Espero que, sim.

0 comentários:

Deixe seu comentário

Muito obrigada pelo Comentário!!!!