Resenha: "Romance Tóxico" de Heather Demetrios

Romance Tóxico, Heather Demetrios, São Paulo: Seguinte, 2018, 416 pág.
Tradução: Flávia Souto Maior

Saudações Leitores!
Romance Tóxico (Bad Romance, 2017) é o primeiro livro de Heather Demetrios publicado no Brasil e trata-se de um romance cujo tema é extremamente necessário: relacionamentos abusivos. Este volume me impactou bastante e mesmo com o coração já preparado para que o que fosse encontrar, ainda assim, fiquei bastante emocionada.

Grace, nossa narradora personagem, fala do ponto de vista de seu presente acerca de seu passado: de como conheceu, se envolveu e sofreu muito para se libertar de um relacionamento tóxico e perigoso com Gavin.
"Garotas não se apaixonam por cretinos manipuladores que as tratam como merda e as fazem questionar seriamente suas escolhas. Elas se apaixonam por cretinos manipuladores (que as tratam como merda e as fazem questionar seriamente suas escolhas) que elas acham que são príncipes encantados."
Por ser contado da perspectiva do presente, onde Grace está livre desse relacionamento abusivo, a personagem fica narrando sua história e sempre analisando situações e pontuando ações que nos fazem entender os motivos dela ter se apaixonado por Gavin, por outro lado, ela também alerta para várias dessas situações em que ele se via anulada e abusada tanto física e psicologicamente, mas ao mesmo tempo sentindo-se ela a culpada por esse tipo de relação.

A narrativa de Heather Demetrios me surpreendeu bastante, pois ao dar voz a personagem Grace, acaba aproximando o leitor dela, das suas angústias, anseios, medos e desejos. A forma inocente com que ela foi se envolvendo com Gavin e depois sem conseguir se libertar dessa relação quando se sentia sufocada.
"Te entreguei meu coração em uma bandeja de prata, e você o devorou, pedacinho por pedacinho."
Um dos pontos que gostei em Romance Tóxico é que apesar de abordar fortemente sobre o relacionamento romântico e abusivo dos personagens principais, aborda também outros temas, inclusive que relacionamentos abusivos não são encontrados apenas em relação a romance, mas em qualquer tipo de relação com pessoas isso pode acontecer.

Isso é apresentado por Demetrios quando coloca Grace vivendo uma situação extrema de abuso dentro de casa: a negligência da mãe, a agressividade do padastro, o abandono do pai, a responsabilidade pelo irmão mais novo. 
Todos esses pontos são enxergados como marcos na vida de Grace, que tem total noção da relação abusiva que a mãe e o padastro tem e como isso afeta a vida de todos, inclusive da própria Grace, que se torna vítima da mãe e é "torturada" emocional e psicologicamente por ela. 

Contudo, mesmo vendo essa situação insustentável em casa e sabendo que mãe e padastro vivem um relacionamento abusivo, Grace, não consegue enxergar quando entra de cabeça numa relação, também, tóxica e o quanto esse relacionamento está transformando-a e a deixando apagada e triste. Sem perspectivas.
"Meu mundo todo virou do avesso. Há alguns minutos você era meu namorado incrível e agora... nem sei quem você é. Ontem mesmo ficamos brincando com aquela coisa de "Eu te amo mais", "Não, eu te amo mais". Não havia duas pessoas mais apaixonadas do que nós dois naquele momento, tenho certeza. Acho que declaramos empate depois de uma hora, quando já estávamos nus no chão do quarto."
O desenvolvimento da protagonista é sensacional: a forma que ela era extrovertida, sonhadora, objetiva, batalhadora e ao inciar o relacionamento com Gavin, com o passar do tempo, vai se transformando e se tornando uma personagem angustiada, solitária, excluída.

E pensar que todo esse romance aconteceu de forma inusitada, após uma situação complexa e que Grace aproveitou para se aproximar de Gavin sem se dar conta de que aquela aproximação mudaria toda a sua vida, transformaria seus sonhos em pesadelos e seria um relacionamento não apenas tóxico, mas doentio. 
"Às vezes choro e me pergunto como foi possível eu ter sido tão fraca, tão mole, porra. Sem você por perto, finalmente consigo enxergar todos os meios que usou para manter meu coração acorrentado ao seu. A manipulação, o abuso verbal e físico, os jogos mentais. E ainda assim sinto sua falta. Não é foda? Mas, sinto. Sinto falta de ser amada, mesmo que fosse um amor doentio, em estado terminal."
Dói muito ler esse livro, principalmente quando Grace conta tantas coisas lindas e maravilhosas que viveu com Gavin, mas depois ela alerta que ele se tornaria alguém completamente diferente de quem conheceu, de quem ela achou que ele era. Impressionante todo o desenvolvimento.
"Você está construindo um muro ao nosso redor, mantendo longe todo mundo que conheço e amo. Em pouco tempo, vai ficar muito difícil pular esse muro."
Confesso que Romance Tóxico  me deixou bem angustiada, só que ao passo que a angustia batia eu também ficava cheia de esperança por saber que Grace estava contando a sua história após o término do relacionamento, ou seja, ela tinha conseguido se libertar de todo este sofrimento.

Romance Tóxico é um livro extremamente necessário, pois, como Grace, milhares de mulheres não sabem que vivem ou viveram um relacionamento abusivo e ter consciência disso é sempre o primeiro passo para não voltar a viver outro relacionamento assim ,ou mesmo se libertar, caso esteja vivendo em um.
"Quando se é uma garota boba e apaixonada, é quase impossível ver os sinais de alerta. É muito fácil fingir que eles não existem, que tudo é perfeito."
Apesar da vergonha que o tema pode gerar em quem passa ou já passou por algo assim, precisamos falar abertamente sobre o assunto e este livro é um bom gancho para o debate, para as reflexões, para uma luta contra a violência. Tudo que possa suscitar discussões sobre este assunto vale a pena ser lido. Esta é a realidade de milhares de mulheres, uma realidade que destrói suas vidas, sua autoestima, seus sonhos, suas esperanças.

Depois de tudo o que expus, é claro que indico Romance Tóxico.
"Quem quer que você seja, saiba que as coisas ficam melhores. Só é necessário dar o primeiro passo. Você consegue."

1 comentários:

  1. quem nunca passou por algum tipo de relacionamento abusivo que atire a primeira pedra.... achei mt interessante o livro tratar disso além das relações amorosas pq acho que acontece mt em amizades, familia, trabalho etc tbm

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!