A Extraordinária Jornada do Faquir (Filme)

Saudações Leitores!
Não existem muitos filmes que julgo ruins, mas este filme foi um desastre. Fico me questionando o porquê de eu ter decidido assisti-lo. Foi uma quase total perda de tempo.

A Extraordinária Jornada do Faquir
Título Original: The Extraordinary Journey of the Fakir
Direção: Ken Scott
Duração: 92 min
Gênero: Drama
Ano: 2018
Países de Origem: Bélgica, Estados Unidos, França, Índia,  Singapura
SINOPSE: A figura de um faquir está associada à meditação, ao treinamento e à magia. Mas, no caso de Ajatashatru Ahvaka Singh, é mais provável que o público se depare com truques e trapaças. A última de suas artimanhas foi convencer sua aldeia a pagar por uma viagem a França para adquirir a Cama de pregos, um modelo de cama de pregos vendida pela Ikea. Só que ele não contava em ficar preso dentro de um dos armários da loja. Nem que o móvel seria despachado para outro país. Assim, o faquir e seu turbante partem para uma aventura, ainda que involuntária, pelo mundo, fazendo uma horda de inimigos, alguns amigos e aprontando muitas confusões pelo caminho.
SHOW DE BIZARRICE
Ou eu não sabia ou esqueci completamente que o livro A Extraordinária Viagem do Faquir que Ficou Preso em uma Armário Ikea tinha sido adaptado, mas passeando por um App de filmes me deparei com este filme e li a sinopse e veio a luz: Eu li esse livro! Então, estava sem fazer nada e resolvi assistir.

Estou me perguntando o motivo de eu ter ido assistir, já que lembro que quando li o livro achei super bizarro e esquisito, mas acho que fiquei esperançosa para que o filme me surpreendesse de algum modo.

Não aconteceu. O filme é tão bizarro quanto o livro, só que com algumas alterações, algumas modificações para tornar o filme mais comercial, no entanto, nem essas partes modificadas salvou minha experiência ao assistir.
É UMA MISTUREBA DE ESTILOS QUE NÃO TEM UM RESULTADO AGRADÁVEL
A Extraordinária Jornada do Faquir sofreu uma modificação bem grande no roteiro, mas tal como o livro apresentou partes dramáticas, misturadas com comédia e uma surpreendente parte com musical.

O que mais me assustou ao assistir ao filme, foi que a sinopse não tinha NADA a ver com o que foi  mostrado no filme, mas tinha muito a ver com o que li no livro. Então, de antemão já digo: ignorem a sinopse do filme, não tem nada disso, ele vai para a França por outro motivo e muitas das coisas que ele vive lá, não faz parte do que tem no livro.
CHATO, CANSATIVO, LENTO
Não gostei, achei tão chato, cansativo e me deu sono. Fico me perguntando como 92 min de filme pareceram durar 10000000 min. Pensei seriamente em parar de assistir, mas eu já tinha começado e, como queria assistir a um filme por semana, se eu parasse na metade não iria começar outro filme e descumpriria minha meta, então... aos trampos e barrancos eu segui assistindo e morrendo entediada.

Sou incapaz de recomendar algo tão chato assim. Na verdade, acho que é uma nota de utilidade pública não recomendar esse filme, pois, não desejo para ninguém esses 92 min de puro tédio.

0 comentários:

Deixe seu comentário

Muito obrigada pelo Comentário!!!!