Resenha: “Qual Seu Número?” de Karyn Bosnak

Saudações Leitores!
Enfim li "Qual Seu Número?". Esse livro eu recebi em Outubro da Editora Novo Conceito (como vocês podem ver no Chegou Pelo Correio de outubro) e eu estava louca por ele desde que eu li a sinopse de lançamento. Então... Por que demorei a ler? Bem, já tinha outros livros na frente e, também, por causa da usina de trabalhos, apresentações e provas que tive que fazer pra faculdade. Mas agora que li, posto a resenha para vocês e já super indico gente: é muito engraçado. E também, claro, quero agradecer a Novo Conceito pelo livro: obrigada! Tá rolando a promoção dele que se encerra amanhã dia 20/12, mas quem quiser concorrer dá uma passada nesse link: http://bit.ly/pkRncn.


Qual Seu Número?, Karyn Bosnak, São Paulo: Novo Conceito, 2011, 414 pág. (tradução de Ivar Panazzolo Júnior)

        Karyn Bosnak é uma autora americana que já tem dois livros publicados Save Karyn (2003) e 20 Times a Lady (2006), publicado no Brasil pela Editora Novo Conceito sob o título “Qual Seu Número?”, mesmo nome que carrega o filme baseado no livro de Karyn – estrado no Brasil em outubro deste ano (2011).
        Qual Seu Número?, trata-se um livro com um estilo bem peculiar, uma história envolvente e muito engraçada. A história é contada por... “Meu nome é Delilah Darling. Tenho 29 anos. Sou solteira, e, bem... sou uma mulher fácil” (p.1), com um começo nada comum como esse você pode tirar todas as conclusões que quiser tirar, no fundo, no fundo, pode ter certeza, que elas têm cabimento!
        Delilah, uma mulher super descolada e moderna acaba lendo uma reportagem que a deixa muito assustada e a faz refletir em sua vida amorosa. Ela vai fazer 30 anos e está solteira, já teve 20 parceiros e não conseguiu emplacar um relacionamento estável e duradouro com nenhum deles. Para piorar as coisas, sua irmã mais nova vai casar. Isso mesmo a irmã mais nova! Para deixar o conjunto completo, a mãe de Delilah, vendo a constante ‘solidão’ da filha começa a achar que ela não consegue namorado por ser lésbica! Fechando com chave de ouro: Delilah perde o emprego!
        Se você pensa que Qual Seu Número? é uma história normal, com pessoas normais está muito enganado, a história beira ao exótico, ao exagero e a comédia, isso mesmo: rende boas risadas! Você pode perceber isso logo na narradora “Sou uma boa garota de Connecticut que apenas pensa em coisas ruins, não chego a realizá-las.” (p.26). Quando Delilah percebe que seu número de relacionamento está acima da média da tal pesquisa, ela fica arrasada e decide, para não aumentar seu número, ir atrás de todos seus ex-namorados e essa busca quase desesperada, com certeza, rende muitas descobertas, desilusões e aprendizado. Daí você chega a conclusão que, mesmo as maiores loucuras ou coisa sem lógica que o ser humano faz, podem servir para alguns aprendizados fabulosos! Não vou falar mais, vou deixar para vocês lerem, tenho certeza que irão gostar.
        Também quero comentar um pouco sobre a diagramação do livro que é muito boa, sempre no começo dos capítulos tem uma página com recados que Delilah recebe, lista de busca dos ex-namorados e um mapa, é algo bem divertido e faz um sentido enorme para a harmonia do romance. Outro detalhe é que, o livro, apesar de ser grande não se torna enfadonho, muito pelo contrário é viciante (eu não consegui largá-lo enquanto não terminei) e o tamanho da fonte (letra) usada é excelente (tenho horror a livros com letras muito pequenas).
        Em suma, não posso terminar esta resenha sem indicar a leitura de Qual Seu Número?, um livro que aparentemente inocente trás uma boa reflexão para o leitor. Leiam!

Camila Márcia

Ps.: Após ler o livro fiquei louca para assistir a adaptação cinematográfica, acredito que seja muito boa, o livro mesmo deixa quase uma sensação de roteiro de filme através das falas dos personagens, do humor e tal... Ademais, as críticas que já li acerca do filme me deixaram também com vontade de assisti-lo.

10 comentários:

  1. Vi esse filme no cinema e gostei muito!!! Dai surgiu o interesse em ler o livro que imagino ser muito melhor do que a adaptação cinematográfica. Ganhei o livro da Novo Conceito e será a minha próxima leitura depois de ter lido essa resenha.

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos perídos mais
    marcantes da vida. Mais o que o adolescente pensa disso? (sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?
    "Blog de uma adolescente"

    http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

    Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
    Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
    Atenciosamente Tainã Almeida.

    ResponderExcluir
  3. Oi,amore!!
    Que resenha legal,aliás que livro legal!Eu sou louca para lê-lo,mas tinha essa dúvida,achava que por ele ser muito grosso,poderia ser chato,enfadonho.Mas,depois de vc falar que ele não é enfadonho fico mais tranquila.Ele já está na minha de desejados.
    Adorei a resenha.
    Bjs!
    Zilda Mara
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
  4. Quando eu li a do sinopse não fiquei interessada, mas a sua resenha despertou um pouco do meu interesse...

    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. ACABEI de postar a resenha desse livro!
    Hahaha.

    Eu ameeeeeeeeeeeeeei

    ResponderExcluir
  6. Eu li e amei tudo desde de a diagramação ao livro em si, é mega bom mesmo todo mundo tinha que ler.

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Tá Mila, eu vou ter que ler esse livro, apesar de achar muitas páginas 414 e eu ler devagar, mas eu preciso ler...

    bjs
    Amiga!

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Já vi muitas outras menções dele pelo seu blog, como no Chegou Pelo Correio, e o Lançamento. O livro tem uma capa muito sugestiva, e que é a cara de filmes com o tema de comédia romântica. Adoro livros assim, e ainda mais que ele tem uma boa quantidade de páginas, dá pra se aventurar nele por vários dias!

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha!
    Ja vi o filme, mas ainda não li o livro...

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!