Filme: Um Homem de Sorte

Saudações Leitores!
Desde o lançamento do livro que queria assistir ao filme, mas também tinha decidido que só iria assistir quando lesse e enfim, depois de algum tempo que li, assisti e vim aqui falar minha impressão para vocês, quero deixar claro que não sou uma crítica de cinema, apenas curto, ou não, alguns filmes então, venho aqui e falo pra vocês a Minha opinião.



Título Original: The Lucky One
Gênero: Drama
Direção: Scott Hicks
Roteiro: Nicholas Sparks, Will Fetters
Produtores: Alison Greenspan, Bruce Berman (I), Denise Di Novi, Kerry Heysen, Kevin McCormick, Ravi D. Mehta
Ano: 2012

Sinopse: Um fuzileiro naval norte-americano (Efron) encontra no meio do deserto iraquiano a foto de uma mulher que nunca conheceu e começa a ter uma sorte surpreendente. Após sobreviver três campanhas no Iraque, Logan Thibault retorna à Carolina do Sul decidido a encontrar a misteriosa mulher da fotografia, que se tornou um verdadeiro talismã de sorte para ele.



MINHA OPINIÃO
Tenho alguns pontos a salientar, mas antes quero deixar claro que gostei bastante da adaptação cinematográfica do livro (resenha do livro AQUI), pois a considerei muito fiel ao livro, na verdade eu até chego a pensar que o próprio Nicholas Sparks já escreve seus livros de forma que sejam fáceis serem adaptados para o cinema, quem lê Sparks deve saber o que o que estou dizendo faz sentido.
Achei uma produção simples, a fotografia do filme é muito boa e até gostei das atuações, mas infelizmente tenho que dizer que o Zac não me convenceu, puxa ele não parecia em nada com um homem que saiu traumatizado depois de ter vivido horrores na guerra, ele mais parecia um modelo na capa de uma revista famosa. Contudo, é claro, que a atuação dele foi boa e é muito bom ver um homem lindo daquele na tela, mas só estou dizendo que ele não passou a impressão de um homem maduro.
Também fiquei chateada por terem cortado partes bacanas sobre o amigo do Logan. E acrescentado algumas cenas que considerei desnecessárias. É, algumas partes legais ficaram de fora, mas isso não prejudicou o desenrolar da história, a essência e a linearidade dos acontecimentos foram as mesmas do livro.
Então era mais ou menos isso o que eu tinha para dizer do filme em relação ao livro, mas também quero dar pitaco em outra coisa: por haver algumas mudanças na adaptação, acho bacana conferirem os dois (livro e filme), pois sempre haverá surpresas no desenrolar da história embora o final seja o mesmo.

Camila Márcia

2 comentários:

  1. Ai...quero muito ver o filme. Li o livro e amei. Só que concordo com vocês, o ZAC não tem nada haver com o personagem do livro, quando li imaginei completamente diferente.
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. aiii,estou louca para ler e para ver o filme *-*
    adoro os livros do nicholas ;~~

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!