Resenha: “Um Olhar de Amor” de Bella Andre

Saudações Leitores!
Rendi-me a moda erótica. Quem me acompanha pelo twitter (@camila_marcia) sabe o quanto eu estava me sentindo démodé por ainda não ter lido nenhum dos romances eróticos que estão na moda, sei lá, ver todo mundo falando e resenhando e eu sem poder dar minha opinião por não ter lido me deixava brochada, rsrsrs. Enfim, a Novo Conceito me enviou um exemplar de Um Olhar de Amor e eu pude relembrar dos tempos eu que eu lia muito romances de banca com esse estilo. Sei que minha resenha vai de encontro com muita opinião que tenho lido pela blogosfera, mas me sinto feliz pelo que escrevi nela e espero que aceitem minha opinião, mesmo que não concordem com ela.


Um Olhar de Amor. Bella Andre, Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2012, 256 pág.
Tradução de Bárbara Menezes

The Look of Love, foi publicado no Brasil com o título Um Olhar de Amor, e se trata do primeiro de uma série de romances eróticos da escritora Bella Andre.
Quem acompanha os lançamentos literários percebeu o quanto os romances eróticos estão na moda, tudo isso a partir da exploração de marketing que as editoras têm dedicado a esse estilo. É claro que todas elas querem ter uma participação nesse mercado de livros eróticos e Um Olhar de Amor foi a escolha da Novo Conceito.
Como todo livro erótico, neste temos a presença de um amor intenso [que acontece um pouco rápido demais, mas...], declarações fofas e cenas picantes. Até aí tudo bem, porque são fatos extremamente importantes num livro erótico, mas o que muitas vezes os escritores negligenciam é colocar as características de um romance erótico dentro de um enredo interessante, bem construído. Isso, infelizmente, aconteceu com Um Olhar de Amor, o enredo não teve originalidade e caminhou ao lado das coisas mais comuns da vida.
Admito que no começo do livro eu estava empolgadíssima, porque ele realmente começou muito bem, apresentou a família Sullivan composta de oito irmãos: Zach, Gabe, Smith, Marcus, Lori, Sophi e Chase (a autora escreveu livros eróticos para todos os irmãos). Este livro, em especial, conta a história de Chase Sullivan, um fotógrafo gostosão lindo de viver e muito, muito, muito romântico. Apresentou Chloe Peterson, uma misteriosa mulher no meio da estrada, indefesa e com um apetite sexual devassador (rsrsrs), as primeiras cenas do livro são realmente inusitadas e curiosas, predem e instigam, mas o desenrolar da história e o enredo fraco faz com que o livro vá perdendo seu brilho e começa a desencantar, ficando maçante e até cansativo.
Definitivamente Um Olhar de Amor, começou bem e eu fiquei empolgada com a leitura, mas antes de chegar à metade do livro ele já tinha caído [pulado de um precipício] no meu conceito e ele beirou ao monótono, enfadonho, repetitivo, frustrante, com enredo mais do que clichê que me incomodou.
O fato de o casal ter se apaixonado louca e repentinamente rápido demais nem me incomodou muito, pois acho bem possível e também porque é um romance erótico e isso tem que acontecer rapidamente: não se perde tempo nas preliminares! Mas a falta de diversidade e a repetição dos momentos íntimos muitas vezes com as mesmas palavrinhas [ctrl+c ctrl+v?] me deixou frustrada. Já li muito Sabrina, Bianca e Momentos Íntimos, romances de banca, mas sinceramente Um Olhar de Amor não chegou nem perto deles, mesmo tão bem revisado e diagramado.
Falando em diagramação... Achei essa capa muito fofa, fofa e ingênua até demais para um romance erótico, mas tem a ver com a história que passa toda uma áurea de conto de fadas sensual, moderno e nada inocente. De qualquer maneira, a capa é linda, mesmo não combinando com o tipo de livro.
Em resumo, não gostei muito do livro, eu esperava bem mais, entretanto, devo admitir que fiquei loucamente apaixonada pelo Chase, ele é o salvador do livro! [porque a Chloe, Jesus-Maria-José, é uma protagonista irritante] Foi por ele que continuei a leitura e por ele eu seria capaz de reler Um Olhar de Amor.
Confissão de leitora: estou bastante curiosa pela próxima história que será a de Marcus Sullivan e se chamará Por Um Momento Apenas (lançado esse mês de novembro pela NC), pois nas poucas partes em que Marcus apareceu já me fez suspirar e me deixou bastante intrigada. Será possível uma pessoa/leitora se apaixonar por todos os irmãos de uma mesma família? Bem, vou descobrir...
A indicação desse livro fica em aberto para todos os maiores de dezoito anos. Quem curte romance erótico e não se importa de ler enredos cliclês pode apreciar esse romance, sobretudo, se não criar expectativas.

Camila Márcia

7 comentários:

  1. tinha este medo! de tantas resenhas positivas que vi, acho que vou acabar me decepcionando :(
    tbm acho esta capa super ingênua para um romance erótico :S
    pretendo ler ele logo, assim tirarei minhas próprias conclusões! :D

    ResponderExcluir
  2. Quando recebi esse livro tive muito medo de iniciar a leitura e me arrepender. Imaginei que poderia ser só sexo e sem qualquer tipo de história. Até agora as opiniões se dividiram quanto a isso, mas a maioria disse que é bem clichê :x
    Será minha próxima leitura (já que o próximo livro já será lançado), e como não li nada do tipo, nem mesmo romances de banca, espero que não seja totalmente cansativa.

    Ótima resenha, Mila!
    Beijos
    Ricardo - www.blogovershock.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não obrigada, essa modinha de romances eróticos tô passando longe.

    ResponderExcluir
  4. Eu fico imaginando, que irmãos essa familia tem, cadê a família igual essa aqui na casa ao lado? haha
    Adorei a sua resenha Cami, achei bem legal o que você disse, também acho que o romance foi bem rápido, afinal 5 dias e eles já estão quase casando, não percebi as repetições, mas acho que é porque eu estava num momento, preciso ler algo fofo (apesar de erótico) que nem me liguei muito haha

    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
  5. Acho que a maioria dos eróticos tem esta coisa imediatista mesmo, pq vc estava em busca de uma história, mas quem compra por ser erótico, quer logo ver-ler a coisa, sabe?

    Acho que esta necessidade de ficar narrando sexo, sexo, sexo, sexo o tempo todo, deixa a coisa repetitiva mesmo, seria bom se contasse com alguns intervalos de desenvolvimento e tal...

    Ainda não li nenhum desta série, mas vou ler, pq gosto de romances (e eróticos u_u), mas não espero muita coisa mesmo rs.
    No começo empolgante, mas depois monótono - não vou esquecer disso!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Eita Mila, pena que não curtiu muito, mas eu gostei ó. Ficou repetido mesmo, mas foi legal ler.

    ResponderExcluir
  7. Tenho muita curiosidade de ler, já li resenhas negativas e positivas desse livro. Acho que as opiniões estão divididas, então não deve ser tão ruim, por isso vou ler. Assim que puder eu compro.

    bj

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!