Resenha: “Bruxos e Bruxas” de James Patterson e Gabrielle Charbonnet

Saudações Leitores!
Não sei exatamente como me expressar em relação a esse livro, pois ele ficou naquela situação: em cima do muro, entre o gostei e o não gostei. Ok, o livro não é ruim, mas não foi o que eu esperava. Entretanto, quero agradecer demasiadamente a Novo Conceito por me enviar o exemplar para a resenha e sorteio! Sem mais delongas, leiam a resenha e comentem!


Bruxos e Bruxas, James Patterson e Gabrielle Charbonnet, Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2013, 288 pág. Traduzido por Ana Paula Corradini

Originalmente em 2009 foi publicado o primeiro livro da série Witch & Wizard que recentemente foi publicado pela Editora Novo Conceito com o título: Bruxos e Bruxas. O primeiro livro da série juvenil encabeçada por James Patterson foi escrito com Gabrielle Charbonnet, em seu país de origem a série já conta com quatro volumes, todos escritos por Patterson e um co-autor : Witch and Wizard Livro 2: The Gift (2010, escrito com Ned Rust); Witch and Wizard Livro 3: The Fire (2011, Escrito com Jill Dembowski); Witch and Wizard Livro 4: The Kiss (2013, Escrito com Jill Dembowski). Patterson dispensa apresentação por ser já muito conhecido por seus livros de suspenses, romances e séries.
O enredo de Bruxos e Bruxas tinha tudo para dar certo: o mundo passou por uma mudança política enorme e agora quem comanda tudo é a Nova Ordem, cuja maior autoridade é O Único que é O Único, e nesse novo ‘governo’ todas as crianças e jovens são considerados ameaças e acusados de praticarem bruxaria e terem que morrer por causa desse crime.
Entretanto, a história é narrada hora por Wisteria Allgood (Wisty) e hora por seu irmão Whitford Allgood (Whit) que no meio da noite são levados de sua casa, de seus pais, são acusados de bruxaria e condenados a morte. Wisty tem 15 anos e é uma adolescente sarcástica. Whit, seu irmão mais velho está prestes a completar 18 anos e com o coração partido por conta do sumiço de sua namorada Célia.
Nessa história somos apresentados a Nova Ordem entramos em contato com Bruxos e Bruxas, Fantasma, uma Subdimensão, a Terra das Sombras, Meias-Luzes e várias coisas bizarras, mas a história não convence, não por falta de ação, mas por conta dos personagens que se mostram alienados ao que está realmente acontecendo com o mundo, aparentemente a Nova Ordem toma conta do mundo e eles só escutaram rumores e ainda não deram atenção o suficiente para saberem o que estava acontecendo. Wisty e Whit também acabam de descobrir que são bruxos e levam na esportiva e não ficam remoendo o fato e tentando perceber o porquê os pais mentiram para eles ou algo do gênero. Ou ainda os dois irmãos acabam lidando muito bem com os fatos sobrenaturais e sua condenação e até fazem inúmeras piadinhas a esse respeito. Realmente é muito normal o mundo virar de ponta cabeça, ser um bruxo/bruxa e estar condenado a morte! Normal de mais haha.
O sarcasmo e a ironia estão presentes em todo o livro e não vou dizer que a leitura é chata, pois não é, mas que é possível que não seja o que muitos esperam. Os personagens secundários também não chegam a convencer e neste primeiro livro da série não temos muitas explicações de quase nada. Não obstante, o enredo e a premissa da história tem tudo para dar certo nos próximos livros.
Quem tem costume de ler James Patterson pode se assustar ao ler Bruxos e Bruxas, pois pelo que já li em inúmeras resenhas esta série é muito diferente do estilo tão conhecido do autor. Simplesmente Patterson criou uma série infantojuvenil, não considero esse livro tão juvenil assim, pois ele não convence, os diálogos são um pouco forçados demais e quando os lia tinha a ligeira impressão de que parecia uma encenação de uma peça ruim.
Não estou criticando o autor, James Patterson, mas o livro, pois acredito que, independente do público alvo, uma ficção tem que convencer o leitor e se de fato ela convence vai agradar a todos os públicos, o que não é o caso desse livro que provavelmente só agrada(rá) a adolescentes. Fico apenas na torcida para que nos próximos volumes a história melhore e os personagens se tornem um pouco mais cativantes.
Quero salientar também que o livro está com uma capa e diagramação muito bonita e foi bastante divulgado nas redes sociais o que provavelmente fez com que muita gente elevasse a 100% as expectativas perante a leitura e isso pode não ser muito bom, neste caso...


Camila Márcia

16 comentários:

  1. Amei a resenha, eu também fiquei super em cima do muro, acho que a editora fez muito marketing sendo que o livro não supriu as expectativas, ai fico querendo ler o livro 2 pra saber se vai mudar pra melhor , mas não quero com medo de ser como o 1, mas acho que eu consegui pegar a linha de pensamento dos autores que era muito a proposta
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Ai, Camila, já li tantas resenhas negativas desse livro que posso até me surpreender hahaha. Mas o Renato (lá do blog) já tinha falado mesmo que os diálogos são muito forçados e morro de medo disso, pois eu adoro dinamismo na hora de ler, sabe? Eu tenho que entrar na história mesmo...
    Eu achava que seria um livro espetacular mesmo, até pelo marketing que fizeram, mas poucas pessoas (só vi uma, na verdade) gostaram.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. A cada resenha que leio fico menos ansioso para a leitura, entende? Rs.
    A capa também não ajuda em nada! Muito feia!
    Abraço,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  4. Fizeram um marketing incrivelmente explosivo sobre o livro para que vários leitores tenham essa reação sobre o mesmo? Até desanimei um pouco, porque esperava muito que ele correspondesse com todas as minhas expectativas.

    Adorei a resenha, obrigado por me passar uma visão real do livro.
    Abraços,
    http://cacandolivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, ainda não sei se vou ler de imediato esse livro. já li resenhas sobre ele e muitos dizem que ele promete muito mas deixa a desejar, e pelo que li aqui também. Queria muito ler Bruxos e Bruxas, mas vou aguardar mais um pouco. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha, apesar de que me frustrou um pouco. Não tinha lido resenha nenhuma sobre o livro, mas já tinha lido a snopse e minhas expectativas eram altíssimas =[ De qualquer forma gostaria muito de ler Bruxos e Bruxas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Desde que vi esse livro pela primeira vez, fiquei muito curiosa pra ler mesmo sem saber a sinopse... Essa resenha me desanimou um pouco, o que é bom, porque odeio começar a ler um livro com muita expectativa...

    ResponderExcluir
  8. Apesar de saber de antemão que a história pode prometer mais do que cumprir, acredito no valor da leitura e que nunca é em vão. Gostaria muito de conferir esse exemplar, pois o tema me agrada muito.
    Adorei a apresentação do livro.
    Obrigada pela resenha! Sempre muito bem escrita.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. SEGUIDORA: ANDRESSA NUNES

    Resenha bem elaborada, destacando pontos importantes do livro, despertando o interesse dos leitores.

    ResponderExcluir
  10. Vi toda a divulgação que a Novo Conceito fez com esse livro, e desde ela, fiquei bem curioso pra ler. Gosto de distopias, de sobrenatural, e do James Patterson. Então, para mim, seria uma mistura perfeita., Pena que ficou um pouco à desejar. Mesmo assim, espero ter a oportunidade de ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. Estou com um pé atras com esse livro, sabe quando que uma coisa as nao sabe se deve ou nao, pois é a minha relaçao com esse livro. estou muito curiosa por conta da imensa divulgação que a editora fez encima deste livro, porem nao se se ele é realmente bom. Achei a diagramação e o kit dele lindo.

    ResponderExcluir
  12. Estou mega ansiosa para ler esse
    livro, nunca li nada do James, mas o marketing desse livro
    foi tão forte que desejo lê-lo apesar de algumas críticas que tenho lido
    sei que essa expectativa em excesso não é legal, mas eu não posso evitar

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Gostei muito da resenha, to louco pra ler esse livro, uma menina la da sala tem, e ela vai me emprestar u.u
    Parabéns pelo blog :D

    ResponderExcluir
  14. Nunca li nada do autor, mais alou de bruxos é comigo mesmo .. Ainda mais quando tem aventura no meio, fiquei super curiosa e já comecei a especular o final kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  15. Olha não sou muito fã deste tipo de leitura...........confesso!
    Mas despertou a vontade de ler para entender melhor os fatos, personagens e, supostamente adquirir um fanatismo ou não por este gênero literário.
    Como você mesma falou, no começo é uma leitura chata......mas, que livro que não é chato, principalmente quando você inicia a leitura e, começa a interagir com a história?
    Vou sim descobrir a leitura deste livro, que por sinal no meu ver, a capa não chama muito atenção.

    ResponderExcluir
  16. SEGUIDOR: WILLIAN

    Livro bastante esperado, mas pelo que li em algumas resenhas e comentários , deixou um pouco a desejar, mas ainda parece ser uma boa leitura.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!