Resenha: “A Maldição do Wendigo” de Rick Yancey

Saudações Leitores!
Há um tempo atrás li o livro O Monstrologista, publicado pela Farol Literário, na época eu não tinha ideia de que ele fazia parte de uma trilogia, mas quando o li fiquei completamente aterrorizada e encantada com o livro, ficava me questionando o quanto o autor era impressionantemente capaz de colocar tanto terror em páginas de um livro, até então nunca tinha lido um livro que me desse tanto medo. Então, é claro que não deu em outra, fiquei louca para ler a continuação e comprei esse segundo volume, agora que o li vocês podem conferir o que achei, espero que gostem da resenha.


A Maldição do Wendigo, Rick Yancey, São Paulo: Farol Literário, 2012, 480 pág.
Traduzido por Ana Carolina Mesquita

The Curse of Wendigo (2010) ou como foi publicado no Brasil: A Maldição do Wendigo é o segundo volume da trilogia O Monstrologista, escrita pelo americano Rick Yancey. O primeiro livro, O Monstrologista, dá inicio a uma história de horror e suspense extremamente maravilhosa.
O enredo desse livro segue a linha do primeiro volume da trilogia, inicia-se com Rick Yancey fazendo o tradicional suspense em afirmar que a história que ele narrará faz parte dos diários, do século XIX, de Will Henry e que mesmo achando surpreendente a história não sabe dizer se ela é real ou fictícia.
A narrativa começa com o mesmo cenário já conhecido: a velha mansão de Pellinore Warthrop, quando numa tarde chuvosa Muriel chega a residência do monstrologista e lhe pede socorro, que encontre seu marido John Chanler – um dos melhores amigos de Warthrop – que está desaparecido em Rat Portage após ter ido atrás do que chamam Wendigo.

"É chamado de Atcen... Djenu... Outiko... Vindiko. Possui uma dúzia de nomes em uma dúzia de terras, e é mais antigo que as montanhas, Will Henry. Come, e quanto mais come, mais faminto se torna. Tem fome mesmo enquanto se empanturra.É a fome que não se sacia.Na língua dos algonquinos, seu nome significa, literalmente, "aquele que devora toda a humanidade"."(p.35)

O dr. Warthrop muito cético, esnoba Muriel, sua ex-noiva, e ignora a atitude de John Chanler, pois acha inadmissível um autêntico monstrologista ir atrás de um mito, pois segundo o doutor, o Wendigo não existe. Não obstante, Warthrop acaba saindo em busca de seu amigo e leva Will Henry consigo, obviamente que na viagem em busca de Chanler coisas estranhas e assustadoras acontecem, mas nada se compara ao que está pela frente, ao encontrarem Chanler num estado degradante e que os nativos de Rat Portage afirmam estar possuído pelo Wendigo.

"Nós nos esforçamos nos lugares públicos para afastar a morte de lado, para destinar-lhe um canto poeirento, mas na natureza ela está sempre presente. Os membros sensuais e entrelaçados do predador e da presa, o grito de morte orgásmico, o espasmódico fluxo de sangue derradeiro, até mesmo a inseminação inaudível da terra pela árvore caída e pela folha despedaçada; estas são as carícias da amante da vida, da outra indispensável." (p.140-141).

Tudo fica assustador e gira um suspense enorme para o leitor descobrir se o Wendigo é um monstro real ou um mito como o dr. Warthrop insiste em afirmar, enquanto isso, todos, absolutamente todos correm perigo e é assustador e brutal ver os personagens irem pouco a pouco morrendo e você fica sem saber realmente o que Chanler se tornou: ficou louco ou realmente tornou-se um Wendigo? Garanto que, no final do livro, você – leitor – se surpreende como o desfecho que, para uns pode ser irritante e para outros, fabuloso, para mim, Rick Yancey continua magnificamente fabuloso em sua forma de narrar. 
Em suma, se você curte livros de terror deve com certeza ler A Maldição de Wendigo, esse é um daqueles livros que ficariam ótimos se adaptados cinematograficamente. Que venha A Ilha de Sangue, terceiro e último volume da trilogia!!!

Camila Márcia

4 comentários:

  1. Me despertou interesse em ler a trilogia!!! abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rogério?!
      Fico feliz que a resenha tenha lhe despertado interesse, essa é a intenção.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir
  2. Adorei a resenha ^^
    Lá no blog tem inspiração de looks com regatas cavadas,tá bem bacana,vem ver?
    http://espacoteencomanaliasantos.blogspot.com.br/2013/11/galeria-do-rock-regatas-cavadas.html
    Beiijos ♥

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!