Resenha: “Fragmentada - Slated Livro 2” de Teri Terry

Saudações Leitores!
Quando li Reiniciados, primeiro livro da trilogia Slated, gostei bastante, tanto que ansiei por ler Fragmentada* e embora soubesse que iria gostar eu simplesmente me surpreendi, porque eu não gostei, apenas, eu amei. Resumidamente: não conseguia soltar o exemplar! Leia os comentários que teci na resenha abaixo e espero que sintam-se seduzidos a conhecer a trilogia:

Fragmentada, Teri Terry, São Paulo: Farol Literário, 2013, 424 pág.
Traduzido por Flávia Côrtes

Fractured (2013) é o segundo volume da trilogia Slated escrita por Teri Terry, cujo livro Reiniciados é o primeiro livro da trilogia.
Novamente a história é narrada em primeira pessoa, por Kyla, e começa exatamente onde terminou o livro anterior, ou seja, para ler Fragmentada é necessário ter lido ou conhecer os fatos de Reiniciados, caso contrário ficará meio perdido. Neste segundo volume a narrativa começa em ritmo bem mais eletrizante do que no livro anterior e o ritmo não desvanece ou diminui, durante todas as 424 páginas da obra nos deparamos com mistérios, medos, incerteza e aquela sensação de que sempre está para acontecer alguma coisa muito séria.

"O medo que ainda resta em mim após o sonho se converte em frustração, depois em raiva. Dou um soco no colchão. Por que não consigo lembrar o que realmente aconteceu, agora que tenho todas essas outras lembranças de volta? Por quê?" (p.141)

Desse modo, fica quase impossível no principio da narrativa não se apegar com unhas e dentes ao livro e imaginar muitas teorias a respeito do que é verdadeiro ou falso. Estamos tão perdidos quanto Kyla, pois o que sabemos é pela visão de Kyla e, como sabemos, ela não tem memórias: ela foi reiniciada.
Após os acontecimentos do livro anterior e da luta de Kyla com Wayne, o Nivo de Kyla não funciona mais e essa luta foi o gatilho para recuperar algumas partes das lembranças de Kyla, mas ela está confusa e insegura a respeito de quem é e quem foi, aparentemente há três versões dela: Kyla, a reiniciada; Lucy, a garota dos sonhos e Chuva, integrante da R.U. Livre.
Com a entrada do personagem Nico já no finalzinho de Reiniciados, que é o chefe do grupo de Terrorista, ou melhor, R.U. Livre as coisas ficam mais ágeis e misteriosas. Em Fragmentada todos os personagens guardam segredos e muita coisa do passado virá à tona. Para Kyla é importante guardar todas essas informações para que possa chegar ao seu verdadeiro eu. Kyla lembra-se através de visões de seu passado como Chuva e há sonhos – que não deveriam existir – sobre quando ela era Lucy. A memória de Kyla foi fragmentada, destruída, reconstruída e agora, neste volume, ela tentará descobrir quem é, juntar os fios soltos de suas recordações e sonhos para ver em quem pode confiar.

"Memórias podem ser fragmentadas, encobertas por medo e negação, e trancadas atrás de uma parede." (p.07)

Kyla é uma personagem com muito potencial, o mundo desabando e cheia de inseguranças, mas ela mantém sua força inabalável e tenta encontrar soluções. Kyla é esperta, só teve uma coisa que me irritou nela: o fato dela confiar em alguém que ela tem medo. Ter medo de alguém, sentir os pelos arrepiarem não é motivo o suficiente para se afastar e desconfiar dessa pessoa? Sei que é difícil para ela decidir em quem confiar, principalmente porque ela está diante de fortes emoções sempre: Dr. Lysander e suas perguntas estranhas, Ben desaparecido, um incêndio, sua mãe filha de um referencial para os Lordeiros e seu pai doce e ao mesmo tempo assustador.
Fragmentada é um livro eletrizante do começo ao fim, ao começar é quase impossível largar até chegar a última página, novos personagens como o Lordeiro Coulson, Dr. Craig, Katran são fundamentais para atrair-nos ao mundo dessa trilogia e percebermos os jogos políticos e as manipulações psicológicas.

"Por muito tempo fui empurrada para um lado, depois para o outro, entre quem eu era e quem eu sou. Mas quem eu quero ser?
Quem eu sou agora e o que eu faço, agora, será decidido por mim, e apenas por mim." (p. 369)

Em minha opinião, após me apaixonar por Reiniciados e começar a ler Fragmentada a paixão virou amor. O segundo volume superou Reiniciados e, certamente, a continuação tem tudo para ser ainda melhor. Todas as ideias e a trama foi costurada e encaminhada para um ponto auge de muito suspense, emoção e dúvida. Simplesmente fantástico e o fim do livro... UAU, dá um gancho para o próximo livro e nos faz perder o fôlego.
Gostaria muito de indicar esse livro para todos, é uma leitura fabulosa e que irá agradar muito a quem gosta de distopias ou não, a trama é intensa, costurada e original. A personagem é forte e não tem mimimis. A narrativa de Teri Terry é encantadora e cativante. Aventure-se!

Camila Márcia

 * Este livro foi cortesia da Farol Literário

8 comentários:

  1. Oi,Mila!
    Nossa!! Eu amo essa série. É uma das poucas distopias que me agradam. Teri arrasou nesse livro. Uma trama envolvente e eletrizante mesmo. Estou muito ansiosa pelo terceiro volume. Amei a resenha!

    Bjs!
    Zilda Peixoto
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Zilda!!!!!!!
      Flor eu simplesmente fiquei eufórica com esse livro só consegui descansar quando terminei de ler... eu simplesmente não largava o exemplar... achei Reiniciados bom, mas Fragmentada foi ótimo e eletrizante, cheio de ação e descobertas e mistérios e puxa estou com a cabeça às voltas repleta de teorias sobre a Dr. Lysander a RU Livre, o Ben e o rumo que a Kyla decidiu seguir... não posso negar que estou com altas expectativas e muito ansiosa pelo próximo exemplar!!!

      xoxo
      Mila F.

      Excluir
  2. Mila, desde quando li sua resenha de Reiniciados morro de curiosidade de acompanhar essa trilogia e agora com toda essa euforia com Fragmentada não tem como eu não desejar... Preciso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju, não deixe de ler essa trilogia ela é TDB \õ/

      xoxo
      Mila F.

      Excluir
  3. Mila eu tô eufórica com sua resenha, preciso desse livro pra ontemm....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. \õ/ Que bom que deixei você curiosa, esse livro é verdadeiramente bom... confira!

      xoxo
      Mila F.

      Excluir
  4. O que são essas capas?! São tão lindas e instigantes! Mesmo que a historia não seja boa, as capas valem a pena! *-*
    Fiquei ainda mais curiosa pra ler!!!

    Bjs Ca :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia,

      temo que não é só as capas que valem a pena, o livro todo vale. Uma distopia maravilhosa!

      xoxo
      Mila F.

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!