Lançamento: Fique onde está e então corra... e outros

Saudações Leitores!
Confiram os lançamentos da Companhia das Letras, Paralela e Seguinte. Muita coisa boa chegando às livrarias e, espiem só: tem John Boyne \õ/ todos vibram \õ/

O cachorro amarelo, de Georges Simenon
Este romance leva Maigret até a cidade costeira de Concarneau, na região francesa da Bretanha. Após o assassinato de um mercador de vinhos, o comissário passa a desconfiar de Emma, uma garçonete submissa. A chave para a resposta, contudo, está num misterioso cachorro amarelo que vaga pelas redondezas e costuma repousar aos pés dela.

Mil rosas roubadas, de Silviano Santiago
Misto de memórias, ensaio e ficção, Mil rosas roubadas desafia as classificações de gênero ao reconstituir literariamente a amizade apaixonada entre dois adolescentes, despertada num encontro casual no centro de Belo Horizonte em 1952. Um dos rapazes, Zeca, se tornaria um ferino e influente jornalista cultural, crítico e letrista de música popular; o outro, que sobrevive à morte do amigo e narra a história, um respeitado pesquisador e professor universitário. Os temas do amor, da amizade e da arte, das experiências hedonistas, eróticas e comportamentais, entrelaçam-se com um retrato rico das transformações culturais do país nas últimas seis décadas, a par de uma reflexão constante sobre o próprio ato de escrever e os limites da literatura em sua ânsia de captar a vida como ela foi. Com a tarimba e a erudição habituais, Silviano Santiago, o premiado autor de Nas malhadas da letra, Em liberdade e Stella Manhattan, nos dá aqui seu livro mais ousado e revelador.

A arte francesa da guerra, de Alexis Jenni
Híbrido de aventura e ensaio, o romance de Alexis Jenni investiga a identidade francesa a partir de um retrato detalhado da “guerra de vinte anos” que se estendeu entre a Segunda Guerra Mundial e a independência da Argélia.

Editora Paralela


A vida do livreiro A. J. Fikry, de Gabrielle Zevin
“Livrarias atraem o tipo certo de gente”. É o que descobre A. J. Fikry, dono de uma pequena livraria em Alice Island. O slogan da sua loja é “Nenhum homem é uma ilha; Cada livro é um mundo”. Apesar disso, A. J. se sente sozinho, tudo em sua vida parece ter dado errado. Até que um pacote misterioso aparece na livraria. A entrega inesperada faz A. J. Fikry rever seus objetivos e se perguntar se é possível começar de novo. Aos poucos, A. J. reencontra a felicidade e sua livraria volta a alegrar a pequena Alice Island.

Editora Seguinte


Fique onde está e então corra, de John Boyne
Alfie Summerfield nunca se esqueceu de seu aniversário de cinco anos. Quase nenhum amigo dele pôde ir à festa, e os adultos pareciam preocupados – enquanto alguns tentavam se convencer de que tudo estaria resolvido antes do Natal, sua avó não parava de repetir que eles estavam todos perdidos. Alfie ainda não entendia direito o que estava acontecendo, mas a Primeira Guerra Mundial tinha acabado de começar. Seu pai logo se alistou para o combate, e depois de quatro longos anos Alfie já não recebia mais notícias de seu paradeiro. Até que um dia o garoto descobre uma pista indicando que talvez o pai estivesse mais perto do que ele imaginava. Determinado, Alfie mobilizará todas suas forças para trazê-lo de volta para casa.

0 comentários:

Deixe seu comentário

Muito obrigada pelo Comentário!!!!