Resenha: “Incrível” de Sara Benincasa

Saudações Leitores!
Solicitei Incrível* porque achei que seria algo parecido com Gossip Girl, ou um livro juvenil bem interessante, no entanto, as expectativas não foram superadas, embora, também não considere o livro ruim... Ok, vou tentar explicar na resenha abaixo, confiram:
Incrível, Sara Benincasa, São Paulo: Única, 2015, 256 pág.
Traduzido por Alice Klesck

Great (2008) é o título de origem de Incrível escrito por Sara Benincasa. Confesso que não conhecia a escritora até a Única Editora publicar este livro.
Quando recebi Incrível eu o achei um livro bem bonito e atrativo, até mesmo a sinopse parecia ter algo de Gossip Girl, então fiquei curiosa, mas na quando fui me jogar na leitura eu comecei a perceber que apesar do mundo de riqueza e pessoas metidas o livro não tinha propósito algum.
O livro gira em torno das férias de Naomi, que passa ao lado da mãe na High Island onde todas as famílias ricas, famosas e importantes se reúnem para confabulares e fofocarem. Esse é o típico livro adolescente cheio de fofocas e futilidades de famílias ricas, mas apesar de ser um livro raso e bobinho, ele é bem escrito. Isso salva o livro.
Naomi é a adolescente que não se enquadra na vida de luxo da mãe e nem das pessoas que moram na ilha, mas tudo muda durante esse verão quando ela conhece Jacinta, a famosa blogueira de moda e fofocas do site Incrível. Jacinta promove grandes festas, muda um pouco quem Naomi é, tanto que esta passa a não se sentir tão deslocada no meio dos ricos.
Naomi que vive a criticar os riquinhos fúteis e superficiais acaba por conhecer um carinha que vai balançar seu coração, mas será que ele é tão diferente dos outros riquinhos? Incrível não é um livro ruim, mas passa longe de ser uma leitura boa, a história é bem fraquinha, e o pior quando a gente pensa que está melhorando o livro acaba. Isto me deixou um pouco frustrada.
A única salvação de Incrível é ter uma narrativa tão fluida que lemos e nem nos sentimos, mas tirando isso a história não tem muito a acrescentar, tampouco envolver e os personagens não chegam a ser os mais bem estruturados, mas vale a pena a leitura para diversão.


*Esse livro foi cortesia da Editora Única, para saber mais sobre o mesmo, clique AQUI.

0 comentários:

Deixe seu comentário

Muito obrigada pelo Comentário!!!!