Resenha: "A Indomável Sofia" de Georgette Heyer

Saudações Leitores!
A Indomável Sofia caiu como uma luva, pois era exatamente o livro leve, engraçado, irônico que eu precisava no momento e isso me fez amar essa leitura, que, aliás foi cortesia da Editora Record! Saiba mais sobre o livro AQUI.


A Indomável Sofia, Georgette Heyer, Rio de Janeiro: Record, 2016, 406 pág.
Traduzido por Neide Câmera Loureiro

The Grand Sophy (1950) é um romance histórico escrito pela romancista inglesa Georgete Heyer (1902-1974) que era bastante popular, muito embora fosse esquecida pela crítica. O fato é que até receber o exemplar de A Indomável Sofia não conhecia essa escritora - para ser bem honesta: nunca tinha ouvido falar, logo também não sou leitora de carteirinha de romances históricos.

Consegui apreciar bastante A Indomável Sofia, é um livro clichê, pois logo que começamos já sabemos aonde a história vai nos levar, mas há muitos fatos engraçadíssimos que dão a obra uma característica encantadora e envolvente. Impossível é não se divertir com esse romance em mãos.



Sobre o enredo temos Sofia filha de Sir Horace que, viúvo, indo fazer uma viagem para o Brasil, pede o imenso favor a sua irmão Lady Ombersley de ficar com sua filha por tempo indeterminado, no entanto o pai é todo elogios para com a filha, dizendo que ela é calma, sabe se cuidar e que não dará nenhuma preocupação e despesa à família.

Sir Horace é muito otimista, pois na verdade Sofia é como um furacão. onde passa deixa uma infinidade de destroços: estabanada, opiniosa, corajosa, teimosa, ela não liga para a opinião alheia e quer comandar sua vida sozinha. Isso vai ser um problema muito grande, pois seu primo Charles Rivenhall não gosta das atitudes dela, já que considera que mulher tem que ser recatada e conviver reservada e não uma vida de leviandade - como ele diz.


Em A Indomável Sofia temos vários romances bastante divertidos, que tomam mais "espaços" que o da própria Sofia, pois a personagem principal procura ajudar e solucionar todos os problemas amorosos dos outros ao invés do seu. Ela bola tramas e jogos inteligentíssimos que embora sejam um pouco fora do comum para a época tem resultados bem esperados.

Além disso com seu jeito inteligente e carismático Sofia conquista muitas pessoas e consegue exatamente o que quer e quando quer. Ela é extremamente engraçada e embora seja um contraste muito grande em relação a Charles, os dois se entendem mesmo quando estão brigando.


Para ser bem honesta, nunca tinha lido um romance histórico que me fizesse admirar tanto uma personagem feminina como este, Sofia é o exemplo de tudo o que não deveria ser naquela época, mas que prova que ela lutava contra as convenções sociais e a mudança do status feminino na sociedade, além do mais ela é super bem humorada, não tem tempo ruim para essa moça. A personagem brilhou durante todo o livro!

Estou encantada com o livro e acho uma leitura indicada para quem quer algo leve e despretensioso, sobretudo, após leituras pesadas. Aliás, quem é fã de romances históricos, acredito que esta é uma leitura imperdível. 


2 comentários:

  1. Oi Mila, tudo bem? Gosto muito desse tipo de gênero literário e mesmo sendo fã, é a primeira vez que me deparo com essa autora. A forma como você descreveu o livro na resenha me deixou interessada na trama. Já vou adicionar à minha lista de leitura.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Priscila

      Pois é, e é uma escritora bastante conhecida... O livro é realmente bom, fiquei encantada!

      xoxo
      Mila F.

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!