Resenha: "Sra. Poe" de Lynn Cullen

Saudações Leitores!
Estava na minha casa quando o carteiro bate com um pacote, ao abrir me deparo com o volume divo de Sra. Poe, foi paixão a primeira vista, daí li os comentários a respeito do livro e me apaixonei, Sra. Poe furou a fila de leitura, agora venho falar mais um pouco para vocês, de antemão: livro divo!

>>> Para saber mais sobre o livro, clique AQUI.


Sra. Poe, Lynn Cullen, Rio de Janeiro: Bertand Brasil, 2016, 400 pág.
Traduzido por: Maria de Fátima Oliva do Coutto

Sra. Poe escrito por Lynn  Culler, foi um livro que encantou pela capa aparentemente simples, mas apaixonante, então, foi amor à primeira vista e, de fato, pulou a fila de leituras!

De início, Sra. Poe, começou bem normal, tanto que cheguei a pensar que não valeria a pena ter pulado a fila de leitura, no entanto, depois de algumas páginas peguei gosto e fiquei absolutamente viciada, logo Lynn Cullen criou uma narrativa surpreendente com uma atmosfera gótica e cheia de tensões e mistérios.


Lynn Cullen escolheu a dedo um dos poetas mais misteriosos de sua geração: Edgar Allan Poe e começou a contar sua história de crescimento e decadência, abordando fatos tão pessoais que são suposições ainda levantadas por estudiosos: o Sr. Poe teve ou não um relacionamento com a também poeta Frances Osgood? Poe, traiu ou não sua esposa Virgina Poe (a Sra. Poe)? No livro temos bem determinado sua situação amorosa, e a forma como se desenrola é, definitivamente, envolvente.

Em algumas partes de minha leitura fiquei super encucada com os mistérios envolvendo Poe e a Sra. Poe, as atitudes de Virgínia eram assustadoras e ao mesmo tempo infantis, Frances também me pareceu fraca por se entregar a uma paixão proibida, mas quem vive escrevendo poesia, quer viver uma situação poética.


Lynn Cullen sabe manter a atmosfera gótica e os mistérios e suposições até o último ponto, e confesso que a cada página eu ficava apavorada com o que poderia ou não acontecer, durante toda a minha leitura eu fiquei com a impressão de que algo terrível sempre estava próximo de acontecer e que poderia acontecer em qualquer momento. Isso me deixava ainda mais instigada a ler.

O fato é que mergulhei profundamente no livro e só descansei quando virei a última página, simplesmente não conseguia soltá-lo de tão viciante que era o enredo e a forma de narrar. Tem elementos com grande potencial para envolver todos os tipos de leitores.


2 comentários:

  1. Não conhecia, mas me interessei. Gostei de saber de todo esse mistério... dá aquela sensação de embora sendo ficção parecer estarmos lendo fatos reais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos,

      Esse livro é muito bom, prende o leitor do começo ao fim.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!