Resenha: "Twilight - The Graphic Novel - Collector's Edition" de Stephenie Meyer e Young Kim

Twilight: The Graphic Novel - Collector's Edition, Stephenie Meyer e Young Kim, New York: Yen Press, 2012, 464 pág.

Saudações Leitores!
Twilight (Crepúsculo) mudou minha forma de ver os livros e os tornou além de um prazer, um vício. Portanto, desde que a Graphic Novel da série foi publicada fiquei bastante curiosa e ansiosa, mas não tinha meu exemplar, portanto, não tinha lido ainda. Os anos foram passando e, enfim, consegui comprar a versão em inglês e amei, amei, amei. É emocionalmente reviver um sentimento de leitura tão boa. 
Essa versão de Twilight é o primeiro volume da saga completo, uma edição para colecionadores, já que o primeiro livro também foi disponibilizado em dois volumes.

Achei as ilustrações absolutamente coerentes com a descrição dos personagens, inclusive. Edward aparenta mesmo ter apenas 17 anos, embora tenha mais de 100 anos de experiência com esta idade. Bela não pareceu tão desengonçada, pelo contrário, achei-a até estilosa. A família Cullen também foi desenhada de forma que as expressões dos desenhos condiziam com as encontradas na narrativa do romance.
A edição da Yen Press também está primorosa, e não consegui achar nenhum defeito. Perfeita. Queria tanto que a editora fizesse uma edição colecionador para a Graphic Novel do segundo livro, isto é, um único livro contendo os dois volumes de New Moon. Sonho. 

Quero explicar porque não estou contando sobre o enredo do livro, mas acredito que a maioria conhece a estória já que ou devem ter lido os romances ou assistido aos filmes, portanto, não vejo necessidade em me aprofundar sobre o enredo e acredito que fica mais interessante fazer uma simples crítica sobre a edição e o que se esperar da Graphic Novel.
Para quem acha que Graphic Novel não são explicadinhas, neste caso, aqui, está enganado, pois dá para acompanhar todos os acontecimentos de Twilight muito bem e os diálogos se tornaram fantásticos quando associados as ilustrações. Trabalho genial. Além disso, por ser uma Graphic Novel a leitura acontece de forma bem fluida e rápida.

Sobre as ilustrações de Young Kim, o traço e as cores utilizadas pela artista tornaram o livro ainda mais bonito, sentimental e expressivo, além disso o traço das ilustrações no estilo mangá tornaram a obra algo muito mais eclética e diversificada. Não poderia ser melhor, poderia? Não creio.
Para finalizar, Twilight, já tinha todo uma carga sentimental para mim e com essa Graphic Novel esse sentimentalismo se tornou ainda maior e importante. Podem passar vários anos, mas essa Saga sempre terá um espaço cativo no meu coração. 

0 comentários:

Deixe seu comentário

Muito obrigada pelo Comentário!!!!