Resenha: "Outros Jeitos de Usar a Boca" de Rupi Kaur

Outros Jeitos de Usar a Boca, Rupi Kaur, São Paulo: Planeta, 2017, 208 pág.
Tradução: Ana Guadalupe
Comprar: Amazon, Saraiva

Saudações Leitores!
Assim que vi que a Planeta ia publicar Milk and Honey (2015) que no Brasil recebeu o título de Outros Jeitos de Usar a Boca, surtei demais, pois já tinha visto muitos blogueiros, youtubers e instagramers lá fora comentando sobre o livro e eu o desejei muito por ele trazer temáticas importantes no universo feminino como: amor, feminilidade, perda, abuso e violência contra a mulher. Outros Jeitos de Usar a Boca foi escrito por Rupi Kaur que ganhou bastante destaque ao publicar seu trabalho no instagram e este mesmo trabalho resultou nesse livro INCRÍVEL. Kaur nasceu em Punjab, na Índia e emigrou com seus pais para Toronto, no Canadá ainda criança (com 4 anos).

O trabalho Outros Jeitos de Usar a Boca ele mostra através de palavras uma parte do empoderamento feminino divido em quatro partes que dão ênfase a etapas e processos pelos quais a mulher tende a passar na vida: "A dor", "O Amor", "A Ruptura" e "A Cura". Em cada um dos poemas Rupi Kaur mostra a forma como a mulher é olhada e abusada pela sociedade e culturas, mas também como a própria mulher se olha ou deveria se olhar. Os poemas e pequenos textos poéticos mostram que as mulheres devem se ver como autoras e personagens principais de suas vidas.
O Fato é que ao ler Outros Jeitos de Usar a Boca me fez sentir uma mulher poderosa que, mesmo carregando cicatrizes, não tenho vergonha de mostrá-las e de seguir em frente. Rupi Kaur, mostra que nós, mulheres, devemos aprender a amar nosso próprio sexo, nosso próprio corpo e assim poderemos amar outra pessoa. O Amor próprio nos deixa com a alto-estima elevada e faz um bem danado.
Aqui também temos poemas que denunciam abusos, violências e preconceitos contra as mulheres e mostra que às vezes a cultura pode ser uma jaula invisível ou grilhões quase impossíveis de quebrar, mas que com a luta diária podemos, sim, conseguir nos soltar de tanta prisão, julgamento, preconceito, abuso e violência.
Outra coisa que me chamou muito a atenção em Outros Jeitos de Usar a Boca é a voz feminina, o empoderamento que esse livro promove e a forma de amar e se entregar de uma mulher que deve reconhecer quando lutar e quando seguir adiante, a mulher que não deve ter medo dos tabus como fazer sexo, sentir um orgasmo, seus pelos, sua menstruação. 
Não poderia haver um lançamento mais propício para o Mês das Mulheres como este livro, Outros Jeitos de Usar a Boca, foi um verdadeiro presente poder ler e acompanhar estas páginas. Este é o tipo de livro que faz bem ganhar e dar de presente porque soa como um elogio a todo poder feminino que cada mulher tem. É claro que se tornou um dos meus favoritos e que sempre vou reler. Mais do que indicado, não perca tempo, corra para adquirir um exemplar!

2 comentários:

  1. Comprei esse livro e estou louca para que chegue logo. Vi algumas poesias e fiquei enlouquecida!

    http://www.umavidaemandamento.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brunaaaaaa

      assim que esse livro chegou eu devorei em alguns minutos porque não conseguia soltá-lo nem por um decreto!

      Muiiiiiito bom, tenho certeza absoluta que você fará uma excelente leitura.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!