Resenha: "A Guardiã do Tempo (Timeless, Livro 2)" de Alexandra Monir

A Guardiã do Tempo (Timeless, Livro 2), Alexandra Monir, São Paulo: Jangada, 2016, 240 pág.
Tradução: Martha Argel e Humberto Moura Neto
COMPRAR: Amazon, Saraiva

Saudações Leitores!
A Guardiã do Tempo (Timekeeper) é o segundo de Timeless, uma duologia escrita pela norte americana Alexandra Monir antecedido por Muito Além do Tempo. Ao contrário do primeiro volume, onde senti que o foco era o romance entre a protagonista e o crush, este segundo volume vem com muita mais ação pois temos intrigas, traição, segredos, revelações e, claro, viagens no tempo! Detalhe: por ser uma continuação, essa resenha vai ter spoiler, sim, portanto, se você não está disposto(a) é melhor para por aqui.

Esse livro continua exatamente de onde Muito Além do Tempo parou, sabe aquele final que deixa o leitor looooouco pela continuação, pois é. Eu estava pirando e enfartando para ler, tanto que não pensei duas vezes quando tive A Guardiã do Tempo em mãos, mas vejam bem que tapa na cara a Alexandra Monir me deu: quando finalmente Philip Walker aparece no mesmo tempo/época (2010)  e sala de aula que Michele Windsor ele simplesmente não se lembra dela. What? Why? Why? eu juro que pensei em um monte de palavrão, mas é obvio que tudo isso vai ser desenrolado durante o livro.
Em A Guardiã do Tempo a escritora conseguiu expor e explicar TODOS os fios que ficaram soltos no primeiro volume: porque ninguém conseguia ver a Michele quando ela viajava no tempo, porque ela podia fazer essas viagens, qual o lance da chave e explicou também como se davam essas viagens no tempo, então tudo certo, não esperei em vão por estas explicações já que elas, de fato, aconteceram.

Senti também que a escritora deu uma amadurecida na narrativa, conseguiu trabalhar melhor com as palavras e com seus personagens, além disso criou um enredo e uma história por trás das viagens no tempo e por trás da família Windsor e deu um fechamento bacana ao conjunto. Aliás, eu acredito que Timeless já deu o que tinha que dá, não sei se há um terceiro livro, mas se houver ou vier a haver considero completamente desnecessário, pois a história fechou com chave de ouro, se for criar algo mais, com certeza, corre o risco de dar muito errado. 
A Guardiã do Tempo é uma leitura encantadora e dá para ler super rápido, flui agradavelmente, embora deva alertá-los que é um livro sobre viagem no tempo para um público mais teen, isso dá para perceber pela linguagem e a falta de aprofundamento em detalhes históricos de cada época etc., no entanto um dos pontos maravilhosamente trabalhados no livro é a trilha sonora e acredito que isso se deve pelo fato da própria autora ser cantora e compositora e criou a playlist do seu livro, não é incrível? 

0 comentários:

Deixe seu comentário

Muito obrigada pelo Comentário!!!!