Filme: Extraordinário

Saudações Leitores!
Achei que seria legal a primeira postagem de 2018, no blog, ser sobre o filme Extraordinário, que assisti poucos dias após sua estréia no Brasil, pois ele tem uma mensagem linda que seria importante ser praticada durante todo o ano a fim de que ele siga iluminado e cheio de bons sentimentos.

Extraordinário
Título Original: Wonder
Direção: Stephen Chbosky
Ano: 2017
Duração: 114 min
Gênero: Drama
País de Origem: Estados Unidos da América

Sinopse: Ausgust Pullman é um garotinho que nasceu com uma desordem craniofacial congênita. Pela primeira vez, ele irá frequentar uma escola regular, como qualquer outra criança. No quinto ano, ele irá precisar se esforçar para conseguir se encaixar em sua nova realidade.

Depois de ter lido Extraordinário (Resenha AQUI), não tinha como não desejar e até ansiar pelo filme, o fato é que por fazer algum tempo que li o volume eu meio que já tinha esquecido alguns detalhes que foram sendo relembrados quando assisti.
Toda a essência do livro esta no filme, que para mim é um dos mais fieis a obra, claro que alguns detalhes ficaram de fora, porque o "espaço" de um filme é bem reduzido para expor tudo o que vem no livro e também há coisas que no filme não ficaria tão interessantes, portanto, houve mudanças, sim, houve coisas que ficaram de fora, sim, no entanto Extraordinário estava todo ali. Foi lindo. Foi emocionante. Eu chorei. Na verdade, o cinema todo chorou (só escutava fungadas por todos os lados!)
A escolha dos atores foi um espetáculo, pois TODOS pareciam que foram feitos para aqueles papéis... souberam expressar e sentir aquilo que representavam, até mesmo os secundários. Estou apaixonada, por esse filme e quero assisti-lo muitas outras vezes, além de incentivar outras pessoas a assistir.
O filme mostra tão claramente que o preconceito, a indiferença e o bullying não deve ser tratado com a mesma moeda, e sim com gentileza, porque se você paga com a mesma moeda você estará semeando ainda mais este problema na sociedade.
Fiquei emocionada com a relação familiar de August, a forma como TODOS tentam amenizar o problema do garoto, como também a irmã vem sofrendo de solidão e abandono por sempre estar em segundo plano, o quanto família, amigos e animais de estimação são importantes na vida das pessoas.
Enquanto assistia Extraordinário na telona fiquei pensando o quanto esse filme é maravilhoso para ser levado para as escolas e discutido, há tanta mensagem, tanto conhecimento e tantos detalhes para serem analisados que se tornaria algo profundo e indispensável numa escola, já que é na escola que muitas pessoas passam por bullying, preconceito e isolamento. 
Saí do cinema com os olhos vermelhos de tanto chorar e me emocionar com o filme, posteriormente, fiquei refletindo sobre a mensagem repassada, a atuação dos atores, o cenário, os pontos favoráveis e contras... Cheguei a conclusão que não vi nenhum ponto contra. 

Extraordinário é um filme necessário para ser assistido pelo papel social que e mensagem que ele reproduz para o nosso cotidiano, para a vida.

6 comentários:

  1. Olá Mila!
    Para mim foi o melhor livro e o melhor filme do ano ❤️
    Uma história emocionante e cheia de ensinamentos que todos deveriam conhecer!
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que fofa! Eu queria ter relido o livro antes de ir ao cinema, mas fiquei feliz com a adaptação, pois foi bem fiel. Gostosa e emocionante de assistir.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir
  2. Achei esse filme uma graça, está no meu top 5 de 2017

    Toca da Lebre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um amor de filme com um tema ótimo para ser trabalho na sociedade.
      Chorei tanto assistindo.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir
  3. Eu não li o livro mas sempre vejo todo mundo falando super bem dele que já estou bem curiosa para conhecer a história. O elenco parece estar muito bom mesmo :)
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é fofo, obviamente a história emociona, mas se for muito criteriosa com narrativas e qualidade do livro, pode ser que não seja um dos mais bem escritos, mas o publico alvo é evidente: crianças e jovens, então... É um excelente livro e o filme é tão emocionante que - no cinema - todo mundo saiu chorando.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!