Resenha: A Carta Secreta - Lucinda Riley

domingo, junho 30, 2019

A Carta Secreta - Lucinda Riley
A Carta Secreta, Lucinda Riley, São Paulo: Arqueiro, 2019, 480 pág.
Tradução: Fernanda Abreu
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas

Saudações Leitores!
A Carta Secreta (The Love Letter, 2018) escrito por Lucinda Riley, é meu segundo contato com a escritora, cujo primeiro livro que li foi A Casa das Orquídeas e é um dos melhores livros que já li na vida.

A Carta Secreta é um romance que acabou sendo uma grande surpresa para mim, pois, aqui, a escritora se reinventa e entrega um livro com romance, drama, suspense, mistério e muito, muita ação, o que - particularmente - não era algo que esperava. Essa surpresa foi um verdadeiro trunfo e me deixou ainda mais empolgada com a leitura.

A Carta Secreta - Lucinda Riley
"Não iria deixar o passado nem o presente a torturarem. Iria pegar aquele instante e se refugiar no seu prazer e na sua paz pelo máximo de tempo que conseguisse."
Iremos acompanhar alguns personagens: Joanna Haslam, Simon Warburton, Zoe Harrison, Marcus Harrison e Art. Personagens cujas histórias começam separadas, mas que o "destino" faz com que se unam. Em especial vamos ter narrativas que focam em duas perspectivas/personagens: Joanna e Zoe.

Logo no começo do livro Sir James Harrison, tio de Zoe e Marcus morre e em pleno a cerimônia do velório Joanna Haslam, que é jornalista, acaba conhecendo uma velhinha misteriosa e se envolvendo numa teia bastante complexa e perigosa por conta de uma carta secreta que a velhinha lhe enviou.
A Carta Secreta - Lucinda Riley
Entre os dramas particulares e românticos (que não chegam a ser o foco total do livro) vamos acompanhando os mistérios a respeito da carta secreta, as pistas e tramas que há por traz, além do rastro destruidor que a carta deixa, afinal, quem tenta encontrar essa carta acaba muitas vezes perdendo a vida.
"Proteger-se e proteger o coração de novas atribuições era o mais seguro, mas será que era viver de verdade?"
A Carta Secreta - Lucinda Riley
Joanna se vê num intrincado mistério e sua curiosidade fica aguçada por, quem sabe, poder descobrir o segredo do século e dar um furo de reportagem que mudaria toda a sua carreira, entretanto, no meio disso tudo ela se coloca em risco e todos que estão a sua volta podem acabar saindo prejudicados também.

Apesar de ter achado completamente fascinante o enredo e sempre amar a forma como a Lucinda Riley conduz seus livros, bem como o estilo de narrativa da escritora, devo confessar que em vários momentos de A Carta Secreta senti como se a escritora estivesse sendo minuciosa demais e enchendo páginas para dar volume ao livro com detalhes desnecessários que não levavam a nada.
A Carta Secreta - Lucinda Riley
Algumas coisas aconteceram lentamente, e algumas partes tinham detalhes e diálogos demais e, no meu modo de ver, desnecessários. Inclusive o final, achei que a autora se estendeu mais do que o necessário.
"Quando se volta setenta anos no tempo, os fatos e a ficção se misturam."
Porém, em alguns momentos a Lucinda me surpreendia com algo que eu tinha esquecido que ela tinha jogado no livro e colocava o motivo daquilo ter aparecido anteriormente e que tinha passado despercebido por mim e eu ficava de queixo caído sem crer que tinha deixado algo tão óbvio passar.
A Carta Secreta - Lucinda Riley
Outro ponto que me deixou com o pé atrás foi a forma como a escritora fez com que algumas coisas retroagissem, deu uma resolução diferente para aquilo que ela já tinha concluído, de modo que tudo terminou bem para todos o que não deveria ter ocorrido, devido a magnitude do mistério envolvendo todo o livro, não é?

Por outro lado, mesmo com esses pontos que não concordei e nem me agradaram muito, fiquei tão envolvida e encantada que não conseguia soltar o volume e, em alguns momentos, foi impossível conter os palavrões porque Lucinda Riley soltou muitas bombas durante a leitura que me deixavam CHOCADA.
A Carta Secreta - Lucinda Riley
Acho importante ressaltar que a Lucinda Riley não me decepcionou em relação a ambientação histórica e como é visível as pesquisas que teve que fazer para tornar o enredo verossímil mesmo se tratando de ficção.

A cada vez mais admiro a escritora e anseio por ler outros de seus livros. AMEI esta experiência, e o livro já se tornou inesquecível. Definitivamente recomendo.
"Tem uma hora em que as dinastias precisam acabar."
A Carta Secreta - Lucinda Riley

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Muito obrigada pelo Comentário!!!!