Resenha: A Pequena Livraria dos Sonhos - de Jenny Colgan

segunda-feira, julho 01, 2019

A pequena livraria dos sonhos - Jenny Colgan
A Pequena Livraria dos Sonhos, Jenny Colgan, São Paulo: Arqueiro, 2019, 304 pág.
Tradução: Thaís Paiva
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas

Saudações Leitores!
A Pequena Livraria dos Sonhos (The little shop of happy ever after) escrito pela inglesa Jenny Colgan, foi exatamente aquela experiência de leitura que apareceu na hora certa, a propósito, também foi meu primeiro contato com a escritora.

O livro é uma mistura de chick-lit, com uma boa dose de drama, vários situações que deixam uma mensagem importante e, para completar: ambientando na chuvosa Escócia. Caso isso não seja suficiente, ainda temos uma leitura recheada de amor por livros e sonhos.
"Algumas pessoas passam a vida inteira sem conseguir tomar muitas decisões, sem querer se comprometer, sempre com medo das consequências de tentar algo novo. É claro que essa própria postura é, em si, uma decisão. Sempre chegamos a algum lugar, por resultado do nosso esforço ou pela falta dele."
A pequena livraria dos sonhos - Jenny Colgan
Minha experiência lendo A Pequena Livraria dos Sonhos não poderia ter sido mais positiva e ao concluir o livro fiquei com um quentinho no coração e desejando viver algo semelhante ao que a protagonista, Nina, viveu.

No volume vamos acompanhar uma personagem chamada Nina que está bem acomodada com sua vida, mesmo que não completamente feliz e realizada (super me identifiquei com isso), mas vai ver seu mundo virar de cabeça para baixo, porque a biblioteca que trabalha está fechando - como muitas outras - e ela está a ponto de perder o emprego que ama: trabalhar com livros é o que dá razão a sua vida.
"Ela, por sua vez, recorria aos livros sempre que perigava se confrontar com a realidade - ou melhor, com seus aspectos mais sombrios. Quando ficava triste, os livros eram seu consolo; quando se sentia só, eram eles seus amigos. Eram eles que cuidavam do seu coração partido e a encorajavam a manter a esperança quando estava na pior."
A pequena livraria dos sonhos - Jenny Colgan
Ela começa a passar por uma série de crises existenciais que, acreditem, nos fazem refletir também sobre nossos caminhos, e percebe que sempre teve o sonho de abrir uma livraria móvel onde pudesse ir aonde as pessoas precisassem de livros.
"A sua expressão quando está lendo da van, quase sem se mexer, com os pés para cima e o rosto pleno de felicidade, e eu não sei para onde você voa, mas sei que é para muito longe, para uma parte da sua mente que eu nunca vou conseguir alcançar..."
Tendo o apoio de alguns amigos ela vai em busca desse sonho e, aparentemente, quando tudo parecia dar errado, passa a dar tudo certo, mas claro, não sem algumas atrapalhadas, amores frustrados, encontros e desencontros.
A pequena livraria dos sonhos - Jenny Colgan
Nina sofreu uma verdadeira transformação desde o primeiro capítulo e foi tão incrível ver o amadurecimento da personagem e comprar com o crescimento que qualquer pessoa pode viver caso se permita.
"O importante é fazer alguma coisa. Se cometer um erro, é só concertar. Mas se você não fizer nada, nunca terá nada para consertar. E a sua vida pode acabar virando um arrependimento sem fim."
Nina se transformou de uma personagem tímida, insegura, medrosa, que vivia apenas com a cara enfiada nos livros, sonhando com aquelas aventuras que lia, com aqueles romances da ficção e acabava deixando passar tudo a sua volta: seus romances, suas aventuras reais, acabou aprendendo muita coisa e enxergando muita coisa quando correu atrás do sonho, mudou da Inglaterra para a Escócia e se deixou apaixonar por um homem aparentemente rabugento chamado Lennox (que é um amor, diga-se de passagem).
A pequena livraria dos sonhos - Jenny Colgan
Há tempos eu não lia um livro como A Pequena Livraria dos Sonhos, aparentemente despretensioso, fluido, com partes curtas e que ao final deixa uma mensagem tão profunda que marca o leitor enormemente. Para completar, os personagens são absolutamente cativantes e envolventes, tornando-se impossível não se apegar a eles.

Sim, amei A Pequena Livraria dos Sonhos e fica impossível não recomendar uma leitura tão fofa e tão acolhedora assim... No fundo, tem livros que abraçam nos abraçam e nos tocam quando menos esperamos, não é mesmo?
"O problema das coisas boas é que, muitas vezes, elas se disfarçam de coisas horríveis."
A pequena livraria dos sonhos - Jenny Colgan

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Muito obrigada pelo Comentário!!!!