Indicações 6#:

Saudações Leitores!
Dá pra acreditar que já é Fevereiro? Férias acabaram, começa a correria, a rotina: trabalho, escola, faculdade... Precisa ter muito pique.
Mas calma aí. Nem pensar em deixar de ler, né? Pensando nisso, muitas pessoas podem não saber o que ler então eu vou indicar um livro que eu li e adorei. É ficção científica das boas... confesso que no começo é complexo porque o leitor tem de se apropriar de termos da linguagem alienígena, mas é super, super, super bom. Ficção científica não é muito o meu gênero, mas dependendo do autor e da história você acaba por se 'apaixonar' então, meu livro indicado é A Hospedeira, de Stephenie Meyer.


Confiram a sinopse do livro:
Em The Host, o planeta Terra passa a ser invadido por um inimigo despercebido. Os humanos são transformados em hospedeiros dos invasores, passam a não ter mais sua própria consciência, enquanto o corpo permanece igual e a vida prossegue sem qualquer mudança aparente. A maior parte da humanidade não consegue resistir.
Quando Melanie, um dos poucos humanos que ainda não haviam sido capturados, é encontrada, ela tem a certeza de que chegou o fim. Peregrina, a alma invasora a quem o corpo de Melanie é entregue, havia sido avisada sobre o desafio de viver no interior de um humano: emoções avassaladoras, excesso de sentidos, diversas recordações presentes. Mas existe uma dificuldade com que Peregrina não contava: a dona anterior do corpo combate a posse da sua mente.
Peregrina esquadrinha os pensamentos de Melanie, na esperança de descobrir o paradeiro da resistência humana. Melanie inunda-lhe a mente com visões do homem por quem está apaixonada - Jared, um sobrevivente humano que vive na clandestinidade. Incapaz de se libertar dos desejos do seu corpo, Peregrina começa a sentir-se atraída pelo homem que tem por missão denunciar. No momento em que uma inimiga em comum, a Buscadora, transforma Peregrina e Melanie em aliadas involuntárias, as duas lançam-se numa busca perigosa e desconhecida do homem que amam.
Eventualmente, Peregrina passa a viver com um grupo de humanos resistentes, encontrando dificuldades para ser aceita e um grande risco de ser assassinada. Porém, algumas das pessoas do local passam a se aproximar dela, incluindo o irmão mais novo de Melanie, Jamie, e um dos residentes locais, Ian O'Shea.

Gosto muito da forma como Meyer escreve, ela encanta o leitor e a história de A Hospedeira é muito criativa e, detalhe, vai virar filme, provavelmente ainda este ano vamos poder assistir a adaptação cinematográfica (vale frisar que não sei ao certo se o lançamento será esse ano).
Quem já leu espero que tenham gostado e quem não leu: leia, vale mesmo a pena.

Camila Márcia

3 comentários:

  1. Acredita que eu nunca li A Hospedeira???? E olha que já o tenho lá em casa há um bom tempo!
    Qualquer dia eu pego e resolvo esse problema.

    Bjs
    Bia
    www.amormisterioesangue.com

    ResponderExcluir
  2. Ai, Mila! Adorei a sinopse. Parece muito interessante. Adoro a Steph, mas dela só li a saga crepúsculo. Tenho que ler A Hospedeira já!

    beijo flor!

    ResponderExcluir
  3. Eu já comecei a ler A Hospedeira, mas parei. Era de uma amiga minha, e ela simplesmente amava o livro e eu não conseguia entender o quão bom ele é. Acabou que eu pedi emprestado, e quando comecei a ler, me espantei. Era uma mistura de mente e de corpo, uma coisa louca, eu mal entendia nada. Juro, juro que tentei ler esse livro, mas eu não consegui. Antigamente não. Acredito que atualmente eu consiga, pois antes lendo livros similares à esses, mesmo o contexto sendo diferente... Na coleção de livros Senhores do Submundo há algo assim também, pessoas imortais que conversam com suas "almas"... É um bom livro, afinal.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!