Resenha: “Presentes da Vida” de Emily Giffin

Saudações Leitores!
Este foi meu primeiro contato com Emily Giffin e me surpreendi bastante, pois não estava esperando me encantar tanto pela escrita dela, já me tornei fã. E não sei se estou ficando cada vez mais boba, mas eu não consegui conter as gargalhadas em algumas situações presentes na história e jamais consegui conter as lágrimas no final do livro, eu chorei muito. Já estou com saudades da Darcy, uma anti-heroína perfeita.


Presentes da Vida, Emily Giffin, São Paulo: Novo Conceito, 2012, 383 pág. (traduzido por Patrícia Dias Reis Frisene)

Lançado originalmente em 2005 com o título “Something Blue”, é um dos livros da autora best-seller, do The New York Times, Emily Giffin, comumente classificados como Chick lit. Emily é autora também dos livros “O Noivo da minha melhor amiga”, “Ame o que é seu”, “Questões do Coração”.
          Presentes da Vida é um livro cujos personagens já apareceram no livro “O Noivo da minha melhor amiga”, entretanto vem trazendo como personagem principal a melhor amiga de Rachel: Darcy. Como seria uma continuação de O Noivo da minha melhor amiga, fiquei na dúvida de deveria ler antes de ler o anterior, mas posso afirmar que nada impede a leitura, pois nos capítulos iniciais Darcy nos coloca a par de alguns fatos que nos fazem compreender muito bem o que ocorreu sem termos lido o livro anterior, portanto não posso nem classificar "Presentes da Vida" como uma continuação da história, mas sim um complemento, tendo em vista que é outra história. Não obstante, acho interessante que quem tiver a oportunidade de ler O Noivo da minha melhor amiga antes deve agarrá-la.
Neste livro, narrado em primeira pessoa, Darcy nos conta sua história: tudo de bom, ruim e chocante que acontece em sua vida. Somos introduzidos diretamente aos fatos: Darcy tinha um noivo lindo e maravilhoso chamado Dex. Darcy traiu seu noivo, Dex, com o amigo do noivo: Marcus. Dex, o noivo, traiu sua noiva, Darcy, com a melhor amiga da noiva: Rachel. Darcy traiu Rachel por sair com Marcus affair de Rachel e Rachel traiu Darcy por sair com seu noivo: Dex. Complexo isso? Vou resumir: todo mundo traiu todo mundo, só que Darcy não entende desse jeito e fica posando de vítima durante quase todo o livro.
"Durante a noite eu repetia como estava feliz por não ter cometido o maior erro da minha vida. Na verdade, eu estava um pouco ansiosa. Não porque eu quisesse casar com Dex. Não porque eu sentisse falta de Rachel. Estava indignada demais para sentir saudades deles. Tinha a ver com o casamento, com a festa que quase acontecera." (p.90)
O problema é que Darcy é a mocinha totalmente distorcida da tradicional, pois ela não se sente culpada por ter traído Dex e Rachel, mas dramaticamente sente-se extremamente ofendida pela traição de Dex e Rachel. Darcy desde... sempre, teve tudo do bom e do melhor: as melhores roupas, os melhores namorados. Entretanto é quase insuperável para ela ter sido traída. Mas o pior não para por aí, pois após trair o noivo com Marcus ela descobre que está gravida. Sem amigos, sem o apoio da família e sem o pai do filho que ela espera, pois ele resolveu não assumi-la. Ela, humilhada e totalmente descontrolada, muda-se para Londres e vai morar com seu melhor amigo de infância: Ethan.
Londres não é fácil, e Darcy terá de aprender muitas coisas para ser uma pessoa melhor: menos egoísta, menos fútil, ser uma melhor amiga, ser mãe. É um processo árduo e o leitor se emocionará com o processo. Com os aprendizados Darcy passa a ser uma pessoa melhor e acaba conhecendo um médico lindo chamado Geoffrey, que é o típico príncipe encantado, mas nem todas as mulheres querem um príncipe tradicional, às vezes as mulheres exóticas, como Darcy, tem outra ideia de como deve ser um príncipe encantado.
"Eu sei que parece loucura, considerando que minha barriga já estava quase do tamanho de uma bola de basquete, mas acho que eu precisava sentir meu bebê chutando para que minha gravidez saísse da teoria e se tornasse mais real. Eu tinha um bebê dentro de mim, uma pessoinha que ia nascer em poucos meses. Eu seria mãe. De alguma forma, eu já era." (p.241)
Essa personagem que a Emily criou é fabulosa, pois o leitor vai acompanhando a mudança drástica que vai se operando em Darcy, e ao final do romance o leitor compreende o real significado da expressão “mudar da água para o vinho”.
Pontos positivos é que Giffin utiliza uma linguagem leve e fluída o que torna a leitura fácil, encantadora e viciante. É insignificante o que vou dizer agora, mas, senti falta de mais descrições de ambiente. Como assim Darcy estava em Londres e não descreveu nada pra gente?
Quero salientar que a frase que vem logo abaixo do título do livro (Nem sempre o que queremos é o que precisamos), chamou-me bastante atenção pela sua profundidade e a autora soube explorar um significado bastante profundo para esta frase no decorrer de toda sua história. Outra coisa que me encantou é que o significado para a capa do livro é descoberto só no final do livro e isso torna a capa ainda mais bonita do que ela já é.
Enfim, minhas indicações deste livro é para quem gosta de Chick lit, quem é fã da autora, que adora romances modernos e encantadores. Contra indicado para quem não gosta de romance. Ops, é possível alguém não gostar de romance?

Camila Márcia

16 comentários:

  1. Eu to super emplogada, ganhei esse livro em um promo quando ele chegar quero correr e ler sem parar, tava doida pelo livro. Pelas resenhas que tenho lido sobre esse livro so posso dizer uma coisa: emily vai arrasar de novo!!! a darcy é uma personagem complexa e mimada que vc pega uma raiva dela no primeiro livro so pra depois se encantar com as sua virada de vida e de personalidade tambem pois ela deixa de ser uma mulher mimada e meio egoista e se torna uma pessoa melhor para ela e para os outros, ao meu ver vai ser uma leitura emocionante e ao mesmo tempo edificadora pra quem le

    ResponderExcluir
  2. Novamente uma resenha muito boa. É gratificante ver a evolução do personagem essa Darcy parece ser um tipo interessante para analisar, como dizem "as pessoas mudam, as pessoas crescem" então aredito que a marternidade de Darcy foi crucial para seu crescimento.
    Abraços Mila.

    ResponderExcluir
  3. Acho que nem preciso dizer que estou louca pra ler, Chick Lit são meus livros preferidos e a Emily é diva... os livros delas são muito viciantes. Darcy, Darcy... a garota mimada e rica que precisa perder tudo para depois ganhar aquilo que realmente importa!

    ResponderExcluir
  4. Adorei este livro!

    Quando recebi Presentes da Vida resolvi que leria O Noivo da Minha Melhor Amiga antes, pois, mesmo que não seja exatamente uma continuação eu gostaria de ter uma visão ampla de tudo. Confesso que detestei! A Rachel é uma chata, o Dex um estúpido e mesmo que a Darcy seja completamente errada não acho que ela merecia. Em presentes da vida eu consegui me sentir mais presa a estória, e mesmo a Darcy sendo uma patricinha egocêntrica, me conquistou como personagem. Adorei realmente este leitura. Ótima resenha.

    Beijos

    Amigas entre Livros

    ResponderExcluir
  5. Lindo!Ai,ai. Minha estante da minha sala que ainda não construi.rs. Quero meus livrinhos.rsrs. Esse livro parece show.

    ResponderExcluir
  6. desde que li questões do coração desta autora estou com vontade de ler presentes da vida.
    deve ser lindo mesmo
    e em questões do coração eu já chorei litros, este deve ser mais emocionante ainda ;~~

    ResponderExcluir
  7. Olá, Mila.
    Demorei a decidir se deveria ler o O Noivo da Minha Melhor Amiga antes de ler Presentes da Vida, mas decidi não esperar, afinal, assisti o filme e já conheço a história. Aliás, o filme é bem bacana :)
    Sobre sua resenha, já imaginava que fosse uma história leve e engraçada. Aliás, acho que a Darcy uma personagem bem bacana, só não imaginava essa mudança da água para o vinho.
    Esse será o próximo livro da NC que vou ler :) Ah, aproveito pra dizer que Cruzando o Caminho do Sol é FANTÁSTICO.

    Beijos
    Ricardo - www.overshock.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Aiii adoro suas resenhas, são sempre bem explicadinhas! Tipo esse é o próximo livro que lerei da N.C e agora estou mais ansiosa ainda! Adoroooo! Escrita fácil é tudo que mais é gostosa demais de ler!Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ótima resenha, comprei esse livro e chegou essa semana. Estou super ansiosa pra ler pois parece um romance encantador. Também vai ser meu primeiro contato com Emily Griffin.

    bjs
    http://www.just-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Menina a traição aí é muito feia hein, a amizade não tem valor nenhum. Eu ainda não li nenhum livro da Emily apesar de ter um aqui em casa, mas nunca consigo chegar até ele com o tamanho da pilha. Nossa nunca ninguém comentou sobre sobre o significado da capa, fiquei muito curiosa. E vou continuar, porque estou numa luta...não vou mais comprar livros até ler os que tenho aqui...resumindo...só se eu ganhá-lo rsrsrs. Beijos

    http://leiturasdepaty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Entre os três livros da Emilly - Questões do Coração, Ame o que é Seu e Presentes da Vida -, esse é o que menos tenho vontade de ler. Não por não me interessar, mas porque acho os outros dois mais bonitos, e as resenhas me chamaram bastante a atenção. Quando der, comprarei os dois, se eu gostar realmente, então comprarei esse. Eu, sinceramente, gostei bastante das resenhas desse livro, indicação não me falta. Creio, pelo que pude notar, que a Emilly tem uma escrita quem flui muito bem, e leve - como a maioria diz. Adrei a sua resenha, e realmente: "Quem não gosta, mesmo que apenas às vezes, de um romance?" :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. O próximo que vou ler é Questões do Coração, depois lerei esse.

    ResponderExcluir
  13. Mila,
    Você está esperando o que para ler "O noivo da minha melhor amiga"? É um livro encantador da primeira à última página! Eu amei tanto, senti todo tipo de emoção ao ler: sorri, chorei, tive vontade de matar a Emilly, enfim.
    Depois tive a oportunidade de ler "Questões do Coração", que possui uma história MUITO complexa. Depois que fechei o livro passei uma noite inteira pensando se eu tinha aceitado/gostado do final ou não. E aí sim, eu entendi como as questões do coração são realmente complicadas.

    A Emilly se tornou a minha escritora favorita de Chick-lit. Ela é incrível.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha e a capa do livro!

    ResponderExcluir
  15. Olá, Camila!
    Primeiramente, parabéns por sua resenha, querida!

    Já li “Ame o que é seu” e “Questões do Coração” e curti bastante. Ainda não li "O Noivo da Minha Melhor Amiga," mas já assisti ao filme, então, tenho uma noção do que o livro traz. Não vejo a hora de ler "Presentes da Vida." Já li muitas resenhas sobre ele e fiquei mais curiosa ainda para constatar essa mudança drástica na vida da Darcy. Eu, assim como muitos leitores, a detestava! rsrs. Estou super a fim de conhecer esta nova Darcy que a Emily Giffin nos presenteia.

    Beeijo
    @BrinaSophie

    ResponderExcluir
  16. Esse livro é ótimo, a história parece ser envolvente, muito curiosa... fiquei com vontade de conhecer essa louca da Darcy, acho que vai me render muitas risada!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!