Resenha: “A Aprendiz – A Trilogia do Mago Negro (Livro 2)” de Trudi Canavan

Saudações Leitores!
Quando li O Clã dos Magos, primeiro livro d'A Trilogia do Mago Negro, gostei bastante, mas não tem comparação: agora que li A Aprendiz, definitivamente, me rendi a trilogia e tenho até medo de afirmar, mas estou com grandes expectativas para o último livro: O Lorde Supremo. Muita coisa aconteceu nesse segundo volume e espero que gostem da resenha. Lembrando que, por se tratar de uma trilogia, esta resenha tem spoiler do livro anterior.


A Aprendiz, Trudi Canavan, Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2012, 544 pág.
Traduzido por Frank de Oliveira, Júlio Monteiro de Oliveira

The Novice (2004) foi publicado no Brasil com o título A Aprendiz, escrito pela australiana Trudi Canavan, é o segundo volume d’A Trilogia do Mago Negro, compostas pelos livros O Clã dos Magos, A Aprendiz e O Lorde Supremo.
Nesse segundo volume da trilogia, continuamos acompanhando Sonea, agora integrando do Clã dos Magos e iniciando sua vida Universitária aos cuidados de seu guardião Lode Rothen. Entretanto, depois das descobertas a respeito do Lorde Supremo no livro anterior nem tudo serão flores para a vida de Sonea, Lorde Rothen e Administrador Lorlen. Para completar, Sonea, por ser uma favelada sofre preconceito por conta dos outros aprendizes que se acham superiores por fazerem parte das Casas.
Sonea é perseguida por seus companheiros de turma e praticamente torturada todos os dias, mas seu orgulho a impede de revidar ou de tentar usar seus poderes para se vingar deles. Mas os fatos vão acontecendo, em alguns momentos de forma bem lenta e em outros de forma rápida, e logo o Lorde Supremo Akkarin, descobre que suspeitam que ele pratica magia negra, acaba tomando a guarda de Sonea para si, a fim de manter Lorlen, Rothen e Sonea amarrados numa teia de chantagem: qualquer passo em falso algum ente querido pode sofrer as consequências. Sonea está devastada: tem medo dos outros aprendizes e tem medo de seu guardião.

"_ O que você diz e o que você faz são coisas diferentes. Você sabe disso. Apenas porque você roubou sem necessidade muito tempo atrás, não significa que fará isso agora. Se você tivesse algum tipo de hábito irresistível por roubar, nós teríamos tido indícios disso há mais tempo. Você deve negar, clara e veementemente, mesmo que pense que ninguém acreditará em você." (p.208)

Nesse ínterim, como Dannyl foi nomeado Segundo Embaixador de Elyne, ele parte para esta terra aliada para cumprir sua nova função, mas acaba por pesquisar sobre magia antiga ao lado de Tayend. Então como todos os personagens que nos cativaram no primeiro volume da série estão separados, a autora, Trudi Canavan, entremeia várias narrativas: de Sonea, de Lorlen, de Rothen, de Dannyl e portanto ficamos sabendo de tudo o que se sucede com todos estes personagens, além de conhecer novos personagens.
Um dos personagens que me cativou logo que apareceu foi o filho de Rothen, Darrien, simpático e muito esperto, com certeza, terá um maior destaque no próximo e último volume da trilogia [assim espero]. Tayend, assistente de Dannyl, também chama atenção por suas peculiaridades e me cativou bastante essas peculiaridades, pois foi inusitada no livro, mas que surpreende pela simplicidade com que foi narrada.
Sem dúvida, Trudi Canavan, evolui bastante em sua escrita e escreveu uma trilogia que instiga o leitor a prosseguir com os livros. Embora esse segundo volume não tenha muita ação, pois apesar de alternar as narrativas entre os personagens, o foco é sempre em Sonea que esta estudando magia, ele é bem informativo e agradável, traz mistério e muitas descobertas que serão importantes para a continuação.

"Havia ocorrido para ela então que o destino do Clã descansava em suas mãos. Ela, uma mera garota favelada. No entanto, esse poder súbito sobre o destino do Clã não lhe deu nenhum prazer. Em vez disso, ela se sentiu mal, cheia de frustração e medo." (p.301)

Trudi dividiu o livro em duas partes, a primeira foi um pouco lenta – tal como aconteceu em O Clã dos Magos – mas, na segunda parte do livro a história começa a se desenvolver mais rapidamente. Em A Aprendiz teve também as informações adicionais no final do livro como um glossário com palavras desse mundo novo criado pela autora, mapas e gírias dos favelados. Também gostei bastante da tradução do livro, que no primeiro me incomodou um pouco e, em relação a revisão, devo afirmar que ela foi bem mais cuidada.
E o final de A Aprendiz foi de tirar o fôlego de qualquer leitor e fazê-lo desejar ler o quanto antes O Lorde Supremo, pois tenho certeza que o último livro reserva grandes surpresas e emoções. Já que Trudi Canavan já se mostrou ser mestre em surpreender seus leitores. Este é um daqueles livros indicado para todos os tipos de leitores em especial para os fãs de fantasia!

Camila Márcia

7 comentários:

  1. Oi Mila! :)
    Essa trilogia ainda está me chamando e a cada vez que eu vejo uma resenha empolgada como a sua, fico querendo começar tipo, PRA AGORA, mesmo sem tempo para tanto. :x
    O que eu acho ruim é que muita gente, assim como você, disse que o primeiro livro começa lento (e agora descobri que o segundo também) e isso me desanima, sabe? To saindo de uma ressaca daquelas, preciso de livros que me prendam de cara.
    Acho que vou reservar essas leituras para as minhas férias de uma semana que ainda estão mais longe do que eu quero! haha

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  2. Olá Camila!
    Também gostei muito do primeiro livro e me condoí muito com a pobre Sonea. Estou muito ansiosa pelo desenrolar, e sabendo que o Mago vai tentar manipular a coitada, dá uma dó. Vou tentar colocar logo nas metas.

    Beijos
    Tesouro Literário

    ResponderExcluir
  3. Acredita que ainda não tinha visto esse livro pela blogosfera?
    Achei bem interessante :)

    ResponderExcluir
  4. Mila, você bem sabe como eu gosto dessa trilogia. E mais uma vez fico feliz de saber que você também está gostando.
    Eu achei a primeira parte de O Clã dos Magos um pouco chata, afinal, ficava apenas naquela perseguição, mas eu não consegui encontrar nada que prejudicasse a leitura a partir desse segundo livro. É realmente incrível cada capítulo; cada ensinamento; cada relação.
    Aliás, o Darrien é realmente muito simpático.

    Espero que você também goste de O Lorde Supremo.
    Beijos
    Ricardo - www.blogovershock.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Camila! Menina, pára tudo... Que blog lindo esse seu!!! Primeira vez que venho e to de queixo caído, muito lindo, parabéns. Em relação ao livro ainda não li nada dessa trilogia, to um pouco indecisa, muitos gostam outros nem tanto, então vou levando até chegar o momento. Sem contar que os livros são ENORMES, rsrsrs! Sua resenha me deixou curiosa, vou ver se me decido. Beijos...

    Ps: você ficou satisfeita com o trabalho da menina que fez o teu blog, a Thais Rodrigues? Gostaria de saber porque o meu faz um ano esse ano e to querendo encomendar um layout pra dar uma cara nova. Agradeço muito se puder me responder.

    www.cabanadoslivros.com.br

    ResponderExcluir
  6. Li o primeiro livro da série e gostei muito. Estou bastante ansioso para ler A Aprendiz e o último livro. Essa saga é muito boa!

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  7. Passando para dizer que tem novidade no blog =D

    (desculpa copicola)

    Bjinhos

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!