Resenha: "Pólvora" de Tico Sta Cruz

Saudações Leitores!
Quando li Tesão eu achei diferente o ponto de vista do erotismo na perspectiva masculina, pois foi na época do BUM dos romances eróticos na perspectivas feminina, então, com o lançamento de Pólvora* eu fiquei bastante curiosa, jamais me preparei para o que encontrei nas páginas deste livro, confiram:
Pólvora, Tico Sta Cruz, Caxias do Sul, RS: Belas-Letras, 2014, 168 pág. 
Ilustrado por Carlinhos Muller

Tico Santa Cruz dispensa apresentações: vocalista do Detonautas e já tem alguns livros publicados, Pólvora, é o livro proibido do escritor (muitas editoras se recusaram a publicá-lo por conter cenas fortes), que primeiramente foi publicando em seu site de forma paulatina, agora os fãs podem conferir cada capítulo na íntegra e de uma vez só.
Em uma palavra o livro é Chocante. Com o já conhecido estilo irreverente de Tico o livro traz muitas cenas de carnificina, sexo e drogas, na realidade a sua imaginação é o limite. Rola de tudo um pouco nesse livro.
Apesar de estar aberta a vários tipos de leituras, porque só lendo posso afirmar se gosto ou não de determinado livro ou gênero, confesso que Pólvora me deixou aflita e angustiada.
Mesmo já conhecendo a escrita de Tico e os palavreados de baixo calão e do dia a dia, ainda não consigo ver essas palavras no papel como algo natural (embora seja), respeito o estilo do autor e a sua forma de utilizar as palavras, mas sou adepta das delicadezas e da sensibilidade, então me surpreendi com a narrativa.
Fiquei chocada com o desencadear dos fatos: tanto sangue, assassinato e outras desgraças a mais sem um motivo aparente a não ser o simples fato de que os personagens: um ex-banqueiro e Lore sejam loucos e movidos a sexo, drogas e sede de sangue.
Mesmo não tendo gostado da história, reconheço que o Tico sabe prender o leitor, porque é impossível não ficar curioso com o desenrolar dos fatos e saber como tanta barbaridade iria terminar. Só por causa deste fato eu segui a leitura.
Pólvora foi um livro que me fez perceber que apesar de gostar de suspense, terror e essas coisas, não fazem meu gênero completamente e cuja narrativa teve um papel fundamental para o meu desagrado, a crueza me deixou desconfortável e até um pouco traumatizada. Hoje, tenho a opinião de que não me arriscaria em uma leitura de Tico Sta Cruz tão cedo.


*Este livro foi cortesia da Editora Belas-Letras, para saber mais sobre ele, clique AQUI.

6 comentários:

  1. Oi Mila!

    Eu sou super fã do Tico e gosto bastante do modo como ele escreve, mesmo contendo TANTOS palavrões e até mesmo as cenas fortes. Sei lá, parece bem mais real para mim, sabe? Ainda não li "Pólvora", mas estou loca para tê-lo em minha coleção.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana,
      Quando li Tesão eu gostei, mas Pólvora me deixou nauseada, foi forte demais para mim... muito sangue, morte e crueldade... fiquei meio chocada. Vou dar um tempinho nas leituras de livros do Tico, preciso esquecer essa experiência.
      Obrigada por visitar e deixar seu comentário, ameih.

      xoxo
      Mila F.
      Mila F.

      Excluir
  2. Desde que li "Pólvora" tenho comentado que é um livro para um público bem específico, justamente por esse estilo cru do Tico Santa Cruz - um cara que sou muito fã, por sinal. Achei algumas falhas até certo ponto inaceitáveis, principalmente nos momentos finais, mas ainda assim curti a leitura de um modo geral. Mas jamais me arriscaria a indicar, apenas para pessoas que realmente tiver certeza de que irão gostar.

    Beijos, Mila.
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rick,

      Obrigada pela visita e comentário, sobre o final, achei realmente tão corrido e meio vago, mas o que me incomodou foi as cenas fortes, sei que é o estilo do escritor, por isso tomei a decisão de dar um tempo nas leituras do Tico.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir
  3. Xiiiiiiiiiiiiii

    Mila, sempre passo bem longe dos livros do Tico, acho que mesmo respeitando a escrita dele, não consigo gostar, acho desnecessário uma porção de coisa. Não rola para mim fico com gastura.
    Agora eu tô em choque porque eu não consigo entender o motivo de você ter lido, por nossos gostos literários serem tão parecidos, não acredito que seja seu estilo... até entendo você ter aprovado o livro Tesão, mas a escrita do Tico é pornográfico demais, muito na lata e faz com que algo que deveria ter sentimento - mesmo sendo instinto - se torne feio e obsceno.

    Abraço.
    Ju.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju,

      De princípio eu realmente achei a leitura do Tico diferente de tudo o que já tinha lido, mas me surpreendi com Pólvora, foi uma leitura que mexeu comigo de uma forma ruim... partes desnecessárias e um desfecho muito corrido. Como disse na resenha Ju, não pretendo ler Tico tão cedo.... nem sei se voltarei a lê-lo. Realmente não faz meu estilo. Embora eu respeite a escrita dele, e respeite quem gostou do livro... não é meu estilo.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!