Resenha: “O Livro do Amor” de Ariane Freitas e Jessica Grecco

Saudações Leitores!
Quando eu soube de O Livro do Amor fiquei eufórica para tê-lo, porque eu sempre acompanho a página da Ariane Freitas e Jessica Grecco e amo as coisas que elas postam, sempre tão delicadas e fofinhas, então não pensei duas vezes em comprar o livro, mas... tem um mais e eu conto pra vocês nas linhas abaixo:

O Livro do Amor – Indiretas para quem a gente ama, Ariane Freitas e Jessica Grecco, Belo Horizonte: Gutenberg, 2015, 96 pág.
Ilustrado por Ariane Freitas


Quem conhece a página Indiretas do Bem no Facebook, provavelmente já deve ter ouvido falar de O Livro do Amor, porque é das mesmas 'donas' da página: Ariana Freitas e Jessica Grecco que também são autoras de O Livro do Bem.


O que falar desse livro? Eu nem sei por onde começar, porque na realidade o livro é bem bonitinho, e é obvio que foi produzido para ser um livro presenteável. Acredito que ele é bem direcionado para casais e seria lindo para usar como um card, ou só dar de presente porque você leu e lembrou daquela pessoa.


O Livro do Amor, indubitavelmente é uma ótima opção para presente e odeio a parte de eu ter comprado, porque eu preferia ganhar e saber que alguém pensa em mim quando diz "Gente que faz nosso coração bater mais forte". É tão romântico, mas como eu comprei eu encaro como se eu estivesse declarando meu amor para mim mesma e isso não deixa de ser verdadeiro.


O livro em bem curtinho e em uns sete minutos você consegue "ler" todo o conteúdo, porque são frases curtas e acredito que o livro é mais visual: cheio de ilustrações lindas e lembranças de coisas corriqueiras que muitas vezes nem damos a devida atenção dentro do relacionamento, mas que é lindo.


Mesmo tendo gostado de O Livro do Amor confesso que fiquei um pouco frustrada, porque o mínimo que eu esperava eram umas 150 páginas/frases, mas ele fica muito aquém, além do mais eu o comprei muito, muito, muito caro e acho que ele não precisava ser daquele preço, mesmo sendo de capa dura, com folhas fotográficas, ilustrado e tendo a diagramação primorosa que tem, o livro é bem pequeno, o formato tipo bolso, mas sendo quadrado. Caro demais para pouco conteúdo.


Minha opinião é que apesar de esse livro não ter sido uma das minhas melhores compras - no que se refere ao preço, é lindinho, fofinho e apreciei a leitura. É adorável ter esse livro na minha estante e vale a pena reler vez por outra. Contudo, o livro perde um pouco o sentido se não for ganhado, é muito mais significativo tê-lo se ele for o resultado de uma declaração de amor. Então fica a dica, rapazes e moças, este livro é uma ótima e incontestavelmente linda opção para presentear quem você ama.


2 comentários:

  1. Oi Mila!

    Acho muito fofas as artes da página Indiretas do Bem, não tinha me tocado que o livrinho foi escrito por elas! Mas realmente não sei se compraria um livro assim. Concordo que a graça é ganhar de presente ou dar de presente... Meu namorado não é muito de ler, então... rs

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana!

      Espero que você ganhe de presente de seu Love... rsrsrsrs
      A graça desse livro é ganhar ou dar, porque é uma fofura demais, sabe? É bom imaginar que o boy magia deu aquela fofura para você.
      De qualquer forma, é uma delícia de livro, uma lindeza!

      xoxo
      Mila F

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!