Resenha: “O Álbum” de Timothy Lewis

Saudações Leitores!
Eu estava super curiosa para ler O Álbum* porque ele é um daqueles livros que contam duas histórias e eu acho incrível livros dessa forma, embora eu tenha gostado bastante do livro reconheço que a narrativa foi bem rastejante e sem um pico, mas a história é tão delicada que me encantou.


O Álbum, Timothy Lewis, Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2015, 240 pág.
Traduzido por Ana Paula Corradini

Forever Friday (2013) é o livro de estreia de Timothy Lewis e o mais interessante a respeito desse livro é que ele é inspirado em fatos reais.
Esse livro conta duas histórias que acontecem em dois tempos, uma que acontece há muitos anos atrás e a outra numa época mais atual.
A narrativa atual fica por conta da história de Adam, um homem que acabou de se separar e apesar de andar deprimido, sua válvula de escape é seu trabalho: vender objetos usados, e é em sua profissão que ele acaba encontrando um álbum muito peculiar que ao invés de conter fotos, contém postais com poemas de amor entregues todas às sextas-feiras ao longe de 60 anos, todos assinados por Gabe e destinados para para Huck.
A outra história fica por conta dos personagens Gabe e Huck, seus postais, como tudo começou e o que tiveram que passar para conseguirem ficar juntos a vida inteira.
Adam passa a conhecer a história de Gabe e Huck e tudo o que descobre a respeito do casal tem uma repercussão muito especial na forma como ele vê a própria vida e o significado real do amor.
O Álbum é uma história de amor doce, singela e cheia de delicadeza, muita gente tem comparado à escrita de Timothy Lewis com a de Nicholas Sparks, de fato, consegui achar bem semelhante e deve ter sido essa semelhança que me fez amar esse livro, muito embora eu também o tenha achado meio lento e arrastado.
É uma história que não chega a ter um ápice e tão pouco um desfecho surpreendente, é tudo já dito desde o princípio e acaba não sendo muito impressionante, mas é uma narrativa e história tão deliciosa que lemos num piscar de olhos e viajamos para dentro daquilo que está sendo contado.

* Este livro foi cortesia da Novo Conceito, para saber mais sobre ele, clique AQUI.

2 comentários:

  1. Oii Mila, tudo bom?
    Não solicitei esse livro, uma pena, adorei sua resenha, muito bem escrita :D
    Um beijo
    Katrine Bernardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Katrine,

      pena que não solicitou, mas espero que tenha a oportunidade de ler em breve.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!