Série: O Conto da Aia (The Handmaid's Tale) - 1ª Temporada

segunda-feira, fevereiro 04, 2019

Saudações Leitores!
Claro que após ler O Conto da Aia no ano passado eu abraçaria a primeira oportunidade para assistir essa série que já tem duas temporadas disponíveis e a terceira quase sendo lançada. Vim falar um pouco sobre o que achei da 1ª Temporada da série.

O Conto da Aia
Título Original: The Handmaid's Tale (Season 1)
Roteiro: Bruce Miller, Ilene Chaiken, Margaret Atwood
Direção: Floria Sigismondi, Mike Barker, Reed Morano
Duração: 600 min (10 episódios)
Gênero: Drama, Ficção Científica
Ano: 2017
País de Origem: Estados Unidos

SINOPSE: A história acompanha a vida de Offred, uma criada na casa do líder da República de Gilead. Esta é uma sociedade totalitária onde a alfabetização foi proibida para as mulheres. Ela surgiu com a catástrofe ambiental e com o avanço da baixa natalidade. Tendo como base o fundamento religioso, esta sociedade trata as mulheres como propriedades do estado. Offred é uma das últimas mulheres férteis, o que a leva ser utilizada como escrava sexual com o objetivo de ajudar a repopular o planeta devastado.

CHOCADA ESTOU
Sempre soube que a série iria me chocar, mas não esperava que chocasse tanto. Essa primeira temporada têm 10 episódios que devorei em dois dias, porque simplesmente me recusei a assistir tudo num dia só. Cada episódio terminava de um jeito mais chocante que o outro e era quase impossível resistir e não assistir ao episódio seguinte. 
Mesmo sabendo as ideias principais de The Handmaid's Tale, pois já tinha conferido o livro ainda assim fiquei muito surpresa, não porque houvesse tantas mudanças, já que a primeira temporada foi espetacularmente fiel ao livro, incrementando uma coisinha aqui e acolá, nada que conferisse uma mudança drástica.
Minha surpresa foi principalmente porque a série foi muito fiel ao livro, de maneira que tudo aquilo que me chocou durante a leitura me chocou em dobro ao assistir, por conta do visual e da interpretação dos atores. Eu sofri muito assistindo a série, chorei, fechei os olhos para não ver algumas cenas de tanto que machucavam meu coração.

QUEIXO CAÍDO, PORQUE... 
Não é à toa que esta série ganhou várias premiações, pois a qualidade é fenomenal, o figurino, a fotografia as atuações, não tem como não se envolver com cada personagem e com todos os acontecimentos catastróficos em Gilead.

Além do mais, The Handmaid's Tale, promove uma reflexão enorme sobre regimes totalitários, sobre a mulher e o corpo feminino, sobre o poder daqueles que estão à frente da gestão de um país. Todas as reflexões são pertinentes para manter a população de olhos abertos, já que tantas coisas horríveis podem acontecer aos poucos, de forma a aparentarem ser normal e de repente tudo o que se conhecer pode mudar drasticamente e uma boa parte da população (senão todos) podem sair prejudicados.

VALE A PENA RESSALTAR
Um dos pontos que acredito ser importante confessar aqui é que considerei a série uma ótima ferramenta para entender melhor ao livro. Por quê?

Bem, apesar de tanto a série quando o livro terem uma narrativa fragmentada e não cronológica, com várias regressões aos momentos anteriores e a vida antes de Gilead, na série acabamos situando melhor quando há essa regressão, na narrativa do livro é necessário uma atenção mais específica, caso contrário teremos que reler parágrafos (isso aconteceu em alguns momentos comigo).
Acredito que esse é um dos pouquíssimos casos em que livro e série podem andar de mãos dadas, pois ambas são muito importantes para o entendimentos dessa sociedade totalitária, as consequências das ações e todas as conotações do poderio masculino suplantando o feminino de tal forma a fazer com que as mulheres não tenham vozes nesse governo, apenas obrigações.
Só tenho um único ponto de preocupação a respeito da segunda temporada que já vou começar assistir assim que terminar de escrever este post: o que será que ela reserva? Não sei o que pensar, já que essa primeira temporada teve todas as informações, as ações e tudo o que contém no livro, ou seja, a próxima temporada será conteúdo novo. Mal posso esperar! (entretanto, também sigo temerosa para que não coloquem tudo a perder)

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Muito obrigada pelo Comentário!!!!