SOCIAL MEDIA

Mostrando postagens com marcador Margaret Atwood. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Margaret Atwood. Mostrar todas as postagens

Os Testamentos, Margaret Atwood, Rio de Janeiro: Rocco, 2019, 448 págs.
Tradução: Simone Campos
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas

Saudações Leitores!
Os Testamentos (The Testaments, 2019) é a mais esperada sequência do aclamado O Conto da Aia (The Handmaid's Tale, 1985) da escritora canadense Margaret Atwood que, após 34 anos, resolveu responder algumas perguntas de seus leitores, sobretudo, surgidas após a adaptação pela Hulu, do livro para série de TV.

Os Testamentostrata-se de um spin-off que se passa 15 anos depois dos acontecimentos de O Conto da Aia e, só posso dizer que estava ansiosa para ler este livro desde o lançamento e minhas expectativas estavam altas para "colher" algumas respostas de Atwood. Confesso que a escritora não me decepcionou em nada, pelo contrário, surpreendeu-me.

Resenha: Os Testamentos (O Conto da Aia, Vol. 2) - Margaret Atwood

segunda-feira, 23 de março de 2020

O Conto da Aia - Margaret Atwood
O Conto da Aia : Graphic Novel, Margaret Atwood, Rio de Janeiro: Rocco, 2019, 240 págs.
Arte e Adaptação: Renée Nault
Tradução: Ana Deiró
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas

Saudações Leitores!
O Conto da Aia: Graphic Novel (The Handmaid's Tale: The Graphic Novel) escrito pela canadense Magaret Atwood e adaptado para Graphic Novel por Renée Nault foi minha primeira leitura de 2020  e preciso dizer: que leitura sensacional!

Decidi ler O Conto da Aia: Graphic Novel para refrescar minha memória, pois pretendo ler Os Testamentos em breve, entretanto, é claro que ainda lembrava bem do enredo do romance O Conto da Aia, afinal, como esquecer uma leitura que deixou uma marca tão profunda em mim?

Resenha: O Conto da Aia - Graphic Novel - Margaret Atwood

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Saudações Leitores!
Finalmente temos o post sobre a segunda temporada de The Handmaid's Tale, que assisti no começo do mês, mas fiquei protelando para escrever, pois essa série mexe tanto com meus sentimentos que fica difícil organizar tudo para escrever, mas vamos lá: O que achei dessa segunda temporadas?

O Conto da Aia
Título Original: The Handmaid's Tale (Season 2)
Roteiro: Bruce Miller, Dorothy Fortenberry, Eric Tuchman, Kira Snyder, Yahlin Chang
Direção: Kari Skogland, Mike Barker
Duração: 718 min (13 episódios)
Gênero: Drama
Ano: 2018
País de Origem: Estados Unidos

SINOPSE: Vivendo no governo totalitário de Gilead, Offred (Elisabeth Moss) é uma Aia, forçada a viver pelo resto da sua vida com o propósito de procriar para os Comandantes com mulheres inférteis. Nesta apavorante sociedade, Offred precisa navegar entre os Comandantes, suas cruéis esposas, as domésticas Marthas e as próprias Aias - onde qualquer um pode ser um espião em prol de Gilead - com um único objetivo: sobreviver e encontrar sua filha que lhe foi tirada.

Serie: O Conto da Aia (The Handmaid's Tale) - 2ª temporada

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Saudações Leitores!
Claro que após ler O Conto da Aia no ano passado eu abraçaria a primeira oportunidade para assistir essa série que já tem duas temporadas disponíveis e a terceira quase sendo lançada. Vim falar um pouco sobre o que achei da 1ª Temporada da série.

O Conto da Aia
Título Original: The Handmaid's Tale (Season 1)
Roteiro: Bruce Miller, Ilene Chaiken, Margaret Atwood
Direção: Floria Sigismondi, Mike Barker, Reed Morano
Duração: 600 min (10 episódios)
Gênero: Drama, Ficção Científica
Ano: 2017
País de Origem: Estados Unidos

SINOPSE: A história acompanha a vida de Offred, uma criada na casa do líder da República de Gilead. Esta é uma sociedade totalitária onde a alfabetização foi proibida para as mulheres. Ela surgiu com a catástrofe ambiental e com o avanço da baixa natalidade. Tendo como base o fundamento religioso, esta sociedade trata as mulheres como propriedades do estado. Offred é uma das últimas mulheres férteis, o que a leva ser utilizada como escrava sexual com o objetivo de ajudar a repopular o planeta devastado.

Série: O Conto da Aia (The Handmaid's Tale) - 1ª Temporada

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

O Conto da Aia, Margaret Atwood, Rio de Janeiro: Rocco, 2017, 368 pág
Tradução: Ana Deiró
COMPRAR: Amazon

Saudações Leitores!
O Conto da Aia (The Handmaid's Tale), foi escrito pela canadense Margaret Atwood e vencedor do premio Arthur C. Clarke Award esse é o livro que inspirou a série televisiva com o mesmo título do livro: The Handmaid's Tale. 

Originalmente O Conto da Aia foi publicado em 1985, mas esta ficção distópica teve um grande reconhecimento após Trump vencer as eleições Norte Americana e também com a criação da série, claro.
"Aprendemos a sussurrar quase sem qualquer ruído. Na quase-escuridão podíamos esticar nossos braços, quando as Tias não estavam olhando, e tocar as mãos umas das outras sobre o espaço. Aprendemos a ler lábios, nossas cabeças deitadas coladas às camas, viradas para o lado, observando a boca uma das outras. Dessa maneira trocávamos nomes, de cama em cama"
Sem sombra de dúvidas, O Conto da Aia, aborda um assunto, um tema bem desconfortável e que pode causar um certo incômodo quando o associamos a alguns fatos de nossa realidade. De antemão, a estória abordada por Margaret Atwood é bem mais complexa do que podemos imaginar em uma leitura superficial, pois muito do que acontece realmente é proporcionado por nossa própria leitura subjetiva com referências de mundo e vivências reais.

Resenha: O Conto da Aia - Margaret Atwood

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Instagram