Séries Assistidas em Fevereiro 2019

Saudações Leitores!
Hoje vim trazer o resuminho das séries que consegui assistir no mês de Fevereiro, que na realidade só foram duas, mas foram tipo as melhores séries que já  assisti este ano. Muito TOP.

Memórias de Alhambra
Título Original: Alhambeura Goongjeonui Chooeok
Duração: 1120 min. (16 episódios)
Ano: 2018
País de Origem: Coreia do Sul
Minha Avaliação: ⭐⭐
Sinopse: Em busca do criador de um jogo de realidade aumentada, um executivo coreano vai à Espanha. Lá, ele embarca numa estranha jornada com a irmã do homem que procura.
Minha Opinião: Comecei a assistir essa série só por conta dos atores protagonistas, já que sou fã, mas me peguei viciada e esperando ansiosa todas as terças-feiras por novos episódios na Netflix. O enredo mistura realidade com jogos virtuais, uma proposta fascinante mas que de inicio cheguei a torcer a cara e não me despertou interesse. Realmente só comecei a assistir por conta dos atores e não do enredo. Nunca cheguei a imaginar que gostaria e a reviravolta total foi que AMEI. O único ponto fraco foi os dois últimos episódios que ficaram muito aberto, como se desse uma possibilidade para uma continuação que não creio ainda que possa vir a ter. Para vocês terem uma ideia do quanto gostei desse dorama, fiz até um post AQUIno blog, sobre ele.

The Handmaid's Tale (2ª Temporada)
Título Original: The Handmaid's Tale (Season 2)
Duração: 718 minutos (13 episódios)
Ano: 2018
País de Origem: Estados Unidos
Minha Avaliação: ⭐⭐⭐⭐⭐💗
Sinopse: Vivendo no governo totalitário de Gilead, Offred (Elisabeth Moss) é uma Aia, forçada a viver pelo resto da sua vida com o propósito de procriar para os Comandantes com mulheres inférteis. Nesta apavorante sociedade, Offred precisa navegar entre os Comandantes, suas cruéis esposas, as domésticas Marthas e as próprias Aias - onde qualquer um pode ser um espião em prol de Gilead - com um único objetivo: sobreviver e encontrar sua filha que lhe foi tirada.
Minha Opinião: Depois de assistir a primeira temporada, era óbvio que já mergulharia na segunda temporada dessa série. Sem dúvida The Handmaid's Tale continua viciante, revoltante, questionadora, reflexiva e empoderadora, mas teve alguns altos e baixos nessa season, em alguns pontos ficou bem lento, mas compreendo a necessidade e a importância dessas partes. Também me vi envolvida e transportada para o universo dessa série, vivendo com as Aias em Gilead e, teve vários momentos, que fiquei angustiada, ansiosa, temerosa. Chorei e fiquei emocionada. Céus! A parte do reencontro de June com a filha foi de partir o coração. A cena do parto foi uma das mais belas que vi no cinema, não encontro palavras para descrever as emoções que me assolaram. Sem dúvida uma série necessária e maravilhosa. Só não sei muito bem o que esperar da próxima temporada após esse final e tenho um certo receio do que pode vir a acontecer. Falei mais sobre num post, AQUI,  no blog, vão lá conferir!

1 comentários:

Muito obrigada pelo Comentário!!!!