Serie: O Conto da Aia (The Handmaid's Tale) - 2ª temporada

terça-feira, fevereiro 19, 2019

Saudações Leitores!
Finalmente temos o post sobre a segunda temporada de The Handmaid's Tale, que assisti no começo do mês, mas fiquei protelando para escrever, pois essa série mexe tanto com meus sentimentos que fica difícil organizar tudo para escrever, mas vamos lá: O que achei dessa segunda temporadas?

O Conto da Aia
Título Original: The Handmaid's Tale (Season 2)
Roteiro: Bruce Miller, Dorothy Fortenberry, Eric Tuchman, Kira Snyder, Yahlin Chang
Direção: Kari Skogland, Mike Barker
Duração: 718 min (13 episódios)
Gênero: Drama
Ano: 2018
País de Origem: Estados Unidos

SINOPSE: Vivendo no governo totalitário de Gilead, Offred (Elisabeth Moss) é uma Aia, forçada a viver pelo resto da sua vida com o propósito de procriar para os Comandantes com mulheres inférteis. Nesta apavorante sociedade, Offred precisa navegar entre os Comandantes, suas cruéis esposas, as domésticas Marthas e as próprias Aias - onde qualquer um pode ser um espião em prol de Gilead - com um único objetivo: sobreviver e encontrar sua filha que lhe foi tirada.
ABSOLUTAMENTE CONTEMPORÂNEA
Essa série tem chamado muita atenção, não é mesmo? Concordo plenamente com as atenções destinadas à ela, pois merece debate, discussão e reflexão sobre os muitos temas abordados.

Essa segunda temporada, composta por 13 episódios, foi totalmente inédita para mim, e acredito que para todos os que leram o livro, pois a temporada anterior foi bastante fiel à obra, mas a segunda não tinha nada para se espelhar. Já fui assistir meio temerosa. Aliás, aqui no blog já falei o que achei da 1ª Temporada.
Novamente quando comecei a assistir The Handmaid's Tale não consegui mais parar e quando parava de assistir ficava pensando nos acontecimentos da série e querendo voltar a assistir. Devo confessar, no entanto, que fiquei eletrizada, mas em alguns momentos a série ficou meio parada e confusa.
CENAS CHOCANTES DE ARRANCAR LÁGRIMAS!
Essa temporada veio recheada de cenas que me partiram em duas, que me deixaram tão destruída e... Céus, as atuações foram fundamentais para repassar todo estes mistos de sentimentos.

Foi assustador e emocionante algumas das cenas. Assustadoras como a do estupro tão pesado e tão triste. Emocionante como o reencontro de June com a filha e o parto de sua nova bebê.
Essa série é muito intensa, muito chocante mesmo e definitivamente temos aquela sensação assustadora de que a nossa realidade não está tão longe daquela representada na série.

Contudo, apesar de estar absolutamente apaixonada e envolvida por esta série, confesso que o final meio que me frustrou, foi tão absurdo, tão chatinho e mesmo tendo deixado um gostinho de quero mais e NECESSITO DA TERCEIRA TEMPORADA, não consigo imaginar o que poderá vir a acontecer e, até consigo, mas seria coisas horríveis não só para June, como também para o Nick e isso é de partir e destroçar meu coração.
Então, é isso, estou bastante receosa pelos rumos e talvez por a série perder um pouco sua qualidade, mas sigo firme na intenção de acompanhá-la. Preciso.

Você que está lendo este post, já assistiu esta série? As duas temporadas? Já leu o livro? O que achou? Conta pra mim também quais as expectativas para a próxima temporada....

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Muito obrigada pelo Comentário!!!!