Filmes Assistidos em Setembro de 2019

Saudações Leitores!
Setembro consegui bater todos os recordes possíveis, pois nunca tinha assistido tanto filme em tão curto período de tempo.
Assistir filmes para mim, por mais divertido que seja, é algo que nem sempre me disponibilizo a fazer, por isso coloquei como meta para 2019, assistir pelo menos 1 filme por semana, mas, como disse, esse mês assisti bem mais do que isso!
Claro que isso só aconteceu porque fiz uma cirurgia e o pós-operatório exigia repouso total, então fiquei com o controle da TV na mão só apertando o play.  Agora ou compartilhar com vocês a experiência.

Carrie, a Estranha
Título Original: Carrie
Duração: 99 min
Ano: 2013
País de Origem: Estados Unidos
Minha Avaliação: 
Sinopse: Uma releitura do clássico conto de terror sobre Carrie White (Chloë Grace Moretz), uma garota tímida rejeitada por seus colegas e super-protegida por sua mãe profundamente religiosa (Julianne Moore), que traz o terror telecinético para sua pequena cidade após sofrer uma brincadeira de mal gosto durante o baile de formatura.
Minha Opinião: Li o livro e quis conferir a mais recente adaptação desse clássico, então não deixei passar a oportunidade. O resultado é que o filme não é 100% fiel ao livro, mas teve várias situais que funcionaram melhor na película, outras mudanças não me agradaram tanto, entretanto, o que não posso negar é que sempre vou me assustar com o que Carrie sofreu tanto em casa quanto na escola. Aliás, se você quiser saber mais sobre o que achei do filme, confere minha opinião completa nesse post aqui.

Marguerite
Título Original: Marguerite
Duração: 129 min
Ano: 2015
País de Origem: França
Minha Avaliação: 
Sinopse: 1921, início da década de ouro dos anos 20. Não longe de Paris. É dia de festa no castelo de Marguerite Dumont. Ninguém sabe muito sobre esta mulher, exceto o facto de ser rica e de ter dedicado toda a vida à sua grande paixão: a música. Marguerite canta. Canta com toda a sua alma, mas terrivelmente desafinada. Marguerite tem vivido esta paixão dentro da sua concha e o público hipócrita, sempre presente para uma boa gargalhada, age como seu ela fosse a Diva que pensa ser. Quando um jovem jornalista provocador decide escrever um artigo entusiástico sobre a sua última performance, Marguerite começa a acreditar ainda mais no seu talento. Isso dar-lhe-á a coragem de que necessita para seguir o seu sonho. O filme baseia-se vagamente na vida de Florence Foster Jenkins.
Minha Opinião: Estava procurando um filme para assistir na Netflix, quando me deparei com esse, li a sinopse e fiquei interessada, sobretudo por se tratar de um filme baseado numa história real. Sou completamente fascinada por filmes assim. Quando os créditos passaram na tela, só consegui perceber que apesar de ter gostado muito, ter me envolvido com a história, sentido pena de Marguerite e ter sofrido com a forma como ela descobriu que era um fracasso como cantora, ainda assim não considerei que o filme precisa ser tão longo. Foi tão longo que em vários momentos se tornou cansativo.

Alégica a Wi-Fi
Título Original: Ang babaeng allergic sa wifi
Duração: 110 min
Ano: 2018
País de Origem: Filipinas
Minha Avaliação: 
Sinopse: Uma doença rara força Norma a se mudar para uma cidadezinha remota, sem internet nem telefone. Como vai ficar sua vida sentimental num mundo 100% off-line?
Minha Opinião: Um achado, meus queridos. Um achado! Tõ muito feliz por ter assistido esse filme: é fofo, engraçado, dramático, surreal, surpreendente e tem uma mensagem fofinha. Nunca esperei por um filme assim, além disso, fiquei surpresa com o final e chorei muito, muito mesmo. Ao terminar de assistir fui em todos os grupos do Whatsapp com meus amigos e recomendei. Na verdade, disse que todo mundo era obrigado a assistir.

Quatro Vidas de Um Cachorro
Título Original: A Dog's Purpose
Duração: 120 min
Ano: 2017
País de Origem: Estados Unidos
Minha Avaliação: 
Sinopse: Bailey, um cachorro muito esperto, vive em busca de um propósito para sua vida, e também para os seres humanos que ama. Ele morre e reencarna várias vezes, mas mantém o sonho de reencontrar o seu primeiro dono, que foi o seu maior amigo. Depois de vir ao mundo diversas vezes, ele se pergunta se algum dia encontrará sua verdadeira missão na terra.
Minha Opinião: Definitivamente, não tem jeito, filmes que tem cachorros como protagonistas ganham meu coração e esse não foi diferente. O resultado: chorei do começo ao fim. Apesar de ser ficcional, mostra exatamente o quanto esses amigos de quatro patas nos amam e querem sempre nos proteger.

Brooklin
Título Original: Brooklyn
Duração: 111 min
Ano: 2015
País de Origem: Canadá, Irlanda, Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte
Minha Avaliação: 
Sinopse: Eilis, uma jovem mulher, se muda de uma pequena cidade da Irlanda para o Brooklin, em Nova York, lugar no qual ela se esforça para construir uma nova vida, encontrar trabalho e seu primeiro amor no processo. Quando uma tragédia familiar a leva de volta à Irlanda, ela vive um dilema terrível - uma escolha de partir o coração entre dois homens e dois países.
Minha Opinião: Outro achado que me cativou completamente: é um filme sensível, fofo, nostálgico, reflexivo. Para completar tem personagens supercativantes e uma fotografia magnífica. Eu já me vejo assistindo esse filme novamente várias e várias vezes.

O Retorno de Ben
Título Original: Ben Is Back
Duração: 102 min
Ano: 2018
País de Origem: Estados Unidos
Minha Avaliação: 
Sinopse: Ben Burns (Lucas Hedges) é um problemático jovem que volta para a casa de sua família certa noite de Natal. Sua mãe preocupada, Holly (Julia Roberts), o recebe com todo amor, porém logo percebe que ele ainda pode trazer perigo para seu lar. Durante 24 horas que podem mudar sua vida para sempre, Holly deve fazer de tudo para impedir que sua família seja destruída.
Minha Opinião: Esse foi o primeiro filme que assisti assim que assinei a Amazon Prime. Apesar de não ser um filmaço ou uma superprodução, tem sua relevância e sensibilidade. O Retorno de Ben é um drama familiar de partir o coração. Fala sobre a luta de uma família para ajudar a tirar um dos filhos das drogas. As atuações sensibilizam os telespectadores e a mensagem é que sair do fundo do poço não é impossível, mas requer um esforço enorme, sobretudo num mundo tão cheios de gatilhos. Fiquei comovida.

After
Título Original: After
Duração: 105 min
Ano: 2019
País de Origem: Estados Unidos
Minha Avaliação: 
Sinopse: Tessa Young (Josephine Langford) é uma jovem de 18 anos com uma vida simples: ótimas notas na escola, muitos amigos e um namorado doce. Todos os próximos passos de sua vida já estão planejados, mas as coisas desandam quando ela conhece um homem rebelde e rude com segredos sombrios que mudam sua vida.
Minha Opinião: O segundo filme que assisti na Amazon Prime foi um fracasso total. Que filme horroroso, tedioso e ZZZzzzzz. Caramba! Nem o clichê - que geralmente gosto - conseguiu salvar a película. Esse filme bem que poderia ser cancelado.
O Castelo de Vidro
Título Original: The Glass Castle
Duração: 127 min
Ano: 2017
País de Origem: Estados Unidos
Minha Avaliação: 
Sinopse: Uma família disfuncional viajava o tempo todo, sem se preocupar com o futuro. Quando o dinheiro dos pais acabou, Jeanette e o irmão tiveram que cuidar de si mesmos, até conseguirem ir embora.
Minha Opinião: Já faz bastante tempo que li o livro que originou essa adaptação, porém confesso que não gostei muito, achei chato. Mesmo assim, quando vi esse filme na Amazon Prime, fui conferir (sem muitas expectativas) e não é que me surpreendi! O filme conseguiu trabalhar melhor com o meu emocional, realmente me envolvi com os personagens, logo as atuações foram sensitivas. Consegui me conectar bastante com a história, que aliás, é baseada em fatos reais. Gostei. Não vou falar mais, pois se você quiser saber minha opinião mais detalhada sobre o filme, pode conferir num post que fiz aqui no blog.

Uma Nova Chance
Título Original: Second Act
Duração: 103 min
Ano: 2018
País de Origem: Estados Unidos
Minha Avaliação: 
Sinopse: Maya (Jennifer Lopez) é uma caixa de supermercado insatisfeita com sua vida profissional. Porém, tudo muda com uma pequena alteração em seu currículo e suas redes sociais. Com sua experiência das ruas, habilidades excepcionais e a ajuda de seus amigos, ela se reinventa e se torna uma executiva de sucesso.
Minha Opinião: Estava a procura de um filme leve, então me deparei com esse e adorei! É o típico de filme que poderia passar na sessão da tarde e que, com certeza, daria audiência. Tem uma mensagem fofa, personagens cativantes e, definitivamente, esse é aquele filme que se calhar a gente assisti milhares de vezes e um pouco mais: sempre que tiver oportunidade!

Um Pequeno Favor
Título Original: A Simple Favor
Duração: 117 min
Ano: 2018
País de Origem: Estados Unidos
Minha Avaliação: 
Sinopse: Stephanie (Anna Kendrick) é uma jovem mãe que divide o tempo entre a criação do filho e o trabalho como vlogueira. Quando sua melhor amiga Emily (Blake Lively) desaparece, ela parte em uma jornada para descobrir a verdade por trás do ocorrido.
Minha Opinião: Confesso que assisti porque tinha a Blake Lively no elenco, apesar disso, minhas expectativas não estavam elevada o que foi bom, pois não é uma superprodução. Entretanto, acabei me divertindo muito ao assisti-lo.  É um filme cheio de mistério, é divertido na medida certa e tem uma pegada de humor que cativa, ou seja, não é aquele humor forçado, sabe? Acabei gostando muito de assistir, porém, não é um filme que o telespectador deva criar muitas expectativas. Apenas divirta-se.

Garota Mimada
Título Original: Wild Child
Duração: 98 min
Ano: 2008
País de Origem: Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte
Minha Avaliação: 
Sinopse: Poppy (Emma Roberts) é uma adolescente bonita, rica e rebelde que vive em Malibu, litoral californiano. A fim de dar um corretivo da garota, o pai a envia para estudar num rígido colégio britânico. Além dos novos colegas que não toleram o comportamento mimado e espalhafatoso da moça, Poppy ainda tem de enfrentar a carrancuda diretora do colégio (Natasha Richardson).
Minha Opinião: Foi exatamente o que esperava, então supriu minhas expectativas. Nada grandioso: só um filme adolescente. Aliás, é um filme que também se encaixaria, perfeitamente, na sessão da tarde: divertido, com mensagem bonitinha e um prato cheio de clichês do começo ao fim.

0 comentários:

Deixe seu comentário

Muito obrigada pelo Comentário!!!!