Série: Outlander (1ª Temporada)

segunda-feira, novembro 25, 2019

Saudações Leitores!
Vim falar hoje sobre uma das minhas séries - de livros e de TV - favoritas da vida que é Outlander, francamente não venho dar minha opinião dessa série assim que a assisti pela primeira vez, essa já é a segunda vez que assisto a primeira temporada e, acreditem, estou amando ainda mais a série.

Outlander (1ª Temporada)
Título Original: Outlander (Season 1)
Direção: John Dahl, Brian Kelly, Anna Foerster, Metin Huseyin
Duração: 1042 min (16 episódios)
Gênero: Fantasia, Romance, Drama, Ficção Científica
Ano: 2014
País de Origem: Estados Unidos
Sinopse: Claire Randall é uma enfermeira em combate em 1945. Ela é misteriosamente transportada através do tempo e mandada para 1743, e sua vida passa a correr riscos que ela desconhece. Forçada a se casar com Jamie Fraser, um cortês e nobre guerreiro escocês. Um relacionamento apaixonado se acende, e deixa o coração de Claire dividido entre dois homens completamente diferentes, em duas vidas que não podem ser conciliadas.

Um dos melhores romances de fantasia histórica de todos os tempos

Provavelmente essa é a  review de série mais difícil que já fiz até o momento neste blog, porque tentar explicar minha opinião e todos os sentimentos sentidos ao assistir Outlander é particularmente, difícil.

Uma das coisas que mais gosto dessa série é que cada temporada corresponde a um volume dos livros, portanto, essa primeira temporada corresponde ao livro Outlander: A Viajante do Tempo. Dito isso, vamos ao que interessa.

Aqui temos essa personagem: Claire, que ao viver uma segunda lua de mel com seu marido, visitando a Escócia, logo após a Segunda Guerra Mundial (1945), acaba viajando no tempo para uma Escócia de 1743, onde é muito perigoso para as mulheres e onde o exercito inglês infiltrado, é nesse "passado" que ela irá conhecer Jamie Fraser e viver inúmeras aventuras.

A série é uma obra de arte

Apesar de ter amado muito a primeira temporada de Outlander e reconhecer a arte em cada um de seus episódios, ainda assim a série é mais... resumida, por assim dizer, já que o livro é um pequeno calhamaço e a autora (Diana Gabaldon) é muito detalhista, a série temos alguns cortes, no entanto é muito fidedigna.

Em outras palavras: mesmo com os cortes e algumas sutis modificações em relação ao livro, Outlander é uma verdadeira obra de arte que não frustra nenhum fã, pelo contrário, faz com que fiquemos ainda mais envolvidos com o enredo e os personagens.

Até mesmo as cenas mais pesadas e cruéis, foram expostas de maneira esplendorosa na série, ou seja, se, como leitor, já sentimos angústia, nojo, medo, raiva, etc, durante a leitura, ao assistir, esses sentimentos são intensificados em gênero, número e grau.

Os atores tem uma química de tirar o fôlego e fazer nosso coração saltar pela boca

Antes de assistir Outlander, devo admitir que não conheci nenhum dos atores presentes na série, então não sabia exatamente o que esperar dele, porém, mesmo com as expectativas controladas a esse respeito fui absolutamente arrebatada pela atuações.

Além a química incontestável dos atores protagonista Caitriona Balfe e Sam Heughan, que deixam suas cenas de tirar o fôlego, temos uma química maravilhosa entre todos os atores que souberam, realmente, dar vida a seus personagens, incorporando suas características e personalidades.

Como fã, nesse quesito, não tenho do que reclamar, tenho até que louvar a escolha dos atores. Veja bem, quando vi a primeira vez a atriz Caitriona Balfe como Claire, eu não gostei fisicamente dele, porque não correspondia a imagem mental que eu tinha feito da personagem quando li o livro, entretanto, após sua atuação magnífica eu simplesmente aplaudi de pé e não consigo mais imaginar atriz melhor que ela.

Prepare o coração para as grandes emoções e surpresas

Mesmo tendo lido o livro anteriormente e me preparado psicologicamente para o que iria assistir, porque, é um livro potente, que não "protege" o leitor das atrocidades e injustiças, confesso que mesmo assim me surpreendi bastante com a forma como tudo foi exposto na série.

Em algum momento, na minha cabeça, pensei que algumas cenas não seriam tão claramente mostradas, mas me equivoquei, os diretores, roteiristas e produtores, tal como Gabaldon, em seu livro, não poupou seus telespectadores e entregou uma série bastante fiel e emocionante para os fãs.

Simplesmente, sempre que alguém pede recomendação de série desse estilo recomendo Outlander, e acho que sempre irei recomendar. Uma das melhores séries da minha vida!

  • Share:

You Might Also Like

1 comentários

  1. ahhh como nao amar essa série?! o romance, o cenário, tudo nela é incrível!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!