Resenha: A Metamorfose - Franz Kafka

quinta-feira, janeiro 02, 2020

A Metamorfose, Franz Kafka, São Paulo: Planeta do Brasil (Minotauro), 2019, 144 págs.
Tradução: Raquel Abi-Sâmara
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas

Saudações Leitores!
A Metamorfose (Die Verwandlung, 1915) é uma novela escrita por Franz Kafka que é considerado um dos maiores escritores alemães que existem, de modo que até despensa apresentações.

Muito embora Kafka seja bastante famoso e eu sempre tenha desejado ler uma de suas obras, este foi meu primeiro contato e, de antemão, já afirmo que deixou um impressão muito boa. Inclusive, por ser um clássico universal sei que será bastante difícil falar sobre ele aqui, mas vamos lá!

Logo nas primeiras palavras de A Metamorfose já ficamos sabendo que o personagem principal Gregor Samsa - um caixeiro viajante - se vê metamorfoseado em um inseto monstruoso e nojento e a partir desse momento vamos acompanhando a reação e os pensamentos do personagem diante do grotesco acontecimento.

Acompanhando o desenrolar da novela, tomamos conhecimento da importância de Gregor para a família Samsa, já que é ele quem sustentava o pai, a mãe e a irmã, sendo forçado a ficar em um emprego que detestava apenas para proporcionar conforto à sua família.

É possível ficar momentaneamente incapacitado para o trabalho, mas é exatamente essa a hora de se recordar das conquistas passadas e de se pensar que, mais tarde, vencidos os entraves, com certeza se vai trabalhar de modo ainda mais aplicado e atento.

Entretanto, com sua metamorfose, fica evidente que Gregor já não é mais a salvação de sua família, mas torna-se um problema, um estorvo e uma vergonha, sendo mantido escondido de tudo e todos, além de ter se tornado um tema que não era permitido mencionar nas reuniões familiares.

Porém, não é só a metamorfose de Gregor que se torna evidente no desenrolar da trama, percebemos que toda a família Samsa se metamorfoseou também, pois quando útil, Gregor, se sentia amado e era valorizado pela família, mas após se tornar o monstruoso inseto já não era mais necessário e só trazia desgosto para sua família, de forma que através de suas ações percebíamos que todos queriam se livrar dele.
Enquanto lia A Metamorfose fiquei completamente perturbada e atordoada com os acontecimentos e a forma como Kafka expôs um retrato do comportamento humano como algo cruel, mesmo quando se trata de alguém que um dia amamos (ou foi amado).

Para completar, Kafka ainda mexe na ferida de todos os homens ao abordar temas pesados como a solidão, a vergonha, a humilhação, a inadequação, o conformismo e o não pertencimento a ponto de castrar as ações dos homens e o tornarem passivos a uma transformação cruel em algo que não gostariam de ser.

Gregor, apesar de sua atual figura triste e asquerosa, era um membro da família que não podia ser tratado como inimigo, pois diante dele estava o mandamento dos deveres familiares que consistia em engolir a seco a repugnância e tolerar, nada mais do que tolerar.

Ainda em  A Metamorfose vemos as tentativas frustradas da família se adaptar a transformação de Gregor, mas não no sentido de acolher ou tentar ajudar o personagem, mas no sentido de ver o quanto aquilo iria afetar a vida e a comodidade da família, mostrando um egoísmo exacerbado e uma hipocrisia nas relações humanas, coisa que não apenas afetava a sociedade da época em que Kafka escreveu sua novela, mas que ainda hoje estão presentes.

A Metamorfose, para mim, foi uma obra extremamente perturbadora e angustiante, porque não é fácil ver todo o sofrimento e dores pelas quais Gregor passa e não sentir nada a respeito, não ficar atemorizado.

Sem dúvida,  A Metamorfose merece, sim, estar no cânone literário universal, e se mostrou uma leitura super fluída e cheia de múltiplas interpretações, inclusive, reconheço que essa novela é daquelas que é necessária fazer diversas releituras e que a cada uma delas vamos perceber algo novo, ter um sentimento novo. Sensacional!

COMPRAR: Amazon | Outras Lojas

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Muito obrigada pelo Comentário!!!!