SOCIAL MEDIA

Mostrando postagens com marcador Tusquets Editores. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Tusquets Editores. Mostrar todas as postagens

O Parque das Irmãs Magníficas é um livro impactante, doloroso e com uma leitura assustadoramente viciante

Saudações Leitores!

O PARQUE DAS IRMÃS MAGNÍFICAS (Las Malas, 2019) da escritora e atriz argentina Camila Sosa Villada, foi o ganhador de um prêmio prestigiado chamado Sor Juana Inés de la Cruz, conferido pela Feria Internacional del Libro de Guadalajara. Este é meu primeiro contato com a escrita de Camila e já posso dizer que fiquei impactada.

Não vou dizer que O PARQUE DAS IRMÃS MAGNÍFICAS é uma leitura leve e fácil, pois na verdade, é bem pesada e tem muita cena gráfica que pode ser um verdadeiro "trigger", ou seja, gatilhos, principalmente para quem faz parte ou apoia a comunidade LGBTQIA+, ou mesmo qualquer ser humano mais sensível (como é meu caso, pois sempre costumo empatizar muito com pessoas e situações vividas).

"Quando comecei a me travestir, sentia vergonha da minha barba áspera, meu nariz torto, meus dentes tortos. Sentia vergonha de minha falta de estudos, minha falta de visão de mundo, minhas dificuldades em me expressar. Até minhas virtudes me envergonhavam, porque nasceram dos meus erros, das minhas carências."

O Parque das Irmãs Magníficas - Camila Sosa Villada (resenha)

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

No Jardim do Ogro, Leïla Slimani, São Paulo: TusQuets Editores (Planeta), 2019, 192 pág.
Tradução: Gisela Bergonzoni
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas

Saudações Leitores!
No Jardim do Ogro (Dans le Jardin de L'Ogre, 2014) escrito pela franco-marroquina Leïla Slimani foi o livro de estréia da autora, porém aqui, no Brasil, foi recentemente publicado. O primeiro livro que li de Leïla Slimani e foi Canção de Ninar resenhado no blog e no canal. A propósito, No Jardim do Ogro, também já foi resenhado no canal.

Nesse volume vamos acompanhar a estória de Adèle que é, aparentemente, uma jornalista bem sucedida e tem uma família perfeita. Seu marido, Richard, é um médico conhecido e ambos tem um filho pequeno. Porém, diante dessa fachada de família perfeita e estável, Adèle esconde um segredo: sua compulsão por sexo, desejos exóticos e a vontade de correr riscos com seus casos extra-conjugais.
"Ela quer ser apenas um objeto no meio de uma horda, ser devorada, chupada, engolida inteira. Que belisquem seus seios, que mordam seu ventre. Quer ser uma boneca no jardim de um ogro."

Resenha: No Jardim do Ogro - Leïla Slimani

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Canção de Ninar, Leïla Slimani, São Paulo: TusQuets/Planeta, 2018, 192 pág.
Tradução: Sandra M. Stroparo
COMPRAR: Amazon


Saudações Leitores!
Chanson Douce (2016) no Brasil Canção de Ninar é livro ganhador do Prêmio Goncourt 2016 e se trata do segundo livro da escritora franco-marroquina Leïla Slimani cujo primeiro é Dans le Jardin de l'Ogre (2014) não publicado no Brasil. Aliás, já fiz uma resenha desse livro em vídeo, sintam-se livres para conferir AQUI.

Este é o tipo de livro que logo na primeira página nos apresenta a cena de um crime brutal e chocante e, portanto, só iremos acompanhar tudo o que aconteceu antes para que culminasse naquilo que lemos, desse modo, vai-nos ser apresentado os fatos que levaram ao crime, como uma reconstituição dos mesmos.
"A mãe estava em choque. Foi o que disseram os bombeiros, o que repetiram os policiais, o que escreveram os jornalistas. Ao entrar no quarto onde jaziam os filhos, ela soltou um grito, um grito das profundezas, um uivo de loba. As paredes tremeram."

Resenha: Canção de Ninar - Leïla Slimani

terça-feira, 3 de abril de 2018

Saudações Leitores!
Este mês de Fevereiro o Grupo Planeta traz muitos livros incríveis e nesta postagem vou mostrar alguns desses lançamentos de peso e espero que vocês fiquem tão empolgados por eles quanto eu estou, principalmente em relação ao novo livro da Rupi Kaur.

O QUE O SOL FAZ COM AS FLORES
RUPI KAUR
TRADUÇÃO ANA GUADALUPE
FICÇÃO
ISBN: 978-85-422-1233-4
Formato: 14 x 21 cm
Brochura    Páginas 256
COMPRAR: Amazon

Da mesma autora de outros jeitos de usar a boca, best-seller com mais de 100 mil exemplares
vendidos no Brasil
O que o sol faz com as flores é uma coletânea de poemas arrebatadores sobre crescimento e cura. ancestralidade e
Honrar as raízes. Expatriação e o amadurecimento até encontrar um lar dentro de você.
Organizado em cinco partes e ilustrado por Rupi Kaur, o livro percorre uma extraordinária jornada dividida em murchar, cair, enraizar, crescer, florescer. uma celebração do amor em todas as suas formas.

Lançamento: O que o sol faz com as flores... e outros

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Instagram