Resenha: “Damas de Honra” de Jane Costello

Saudações Leitores!
Eu realmente gosto de chick lit e quando li Jane Costello eu me encantei pela escrita dela e corri enfim consegui comprar o livro Damas de Honra que foi o primeiro livro dela publicado no Brasil, mas por conta do preço eu ainda não tinha me jogado nessa compra. Hoje trago a resenha sobre minha experiência de leitura...


Damas de Honra, Jane Costello, Rio de Janeiro: Record, 2012, 431 pág.
Traduzido por Ryta Vinagre

Bridesmaids (2008) foi o primeiro livro da Jane Costello publicado no Brasil, mas confesso que não foi o primeiro livro da autora que li, e sim, Quase Casados. Costello é autora de chick lit, que são uma graça e pude constatar sua soberania ao ler Damas de Honra.
No livro, conhecemos Evie que te, 27 anos, mas nunca se apaixonou e todos os seus relacionamentos (que não foram poucos) são muito passageiros. Até aí, tudo bem, mas as coisas começam a ficar bizarras quando em intervalos curtíssimos, Evie, é convidada para ser dama de honra de quatro casamentos (inclusive o de sua mãe), e tal fato só serve para esfregar em sua cara que o tempo está passando e ela continua incapaz de encontrar um cara legal por quem se apaixonar.
Damas de Honra é um livro bastante clichê e lembra muito aquelas comédias românticas americanas em que tudo de errado, engraçado e muito louco acontece com a personagem principal. De fato, tudo de mais estrambólico acontece com Evie (a pobrezinha é uma das personagens mais azaradas que conheci), inclusive, em todos os casamentos em que é dama de honra ela consegue visualizar vários de seus ex-namorados, alguns que não estão nada satisfeitos com o término de namoro, outros esperançosos por traça-la de novo, mas, é claro, Evie, não está interessada e vai tentar se safar de todas as confusões envolvendo relacionamentos passados.
Até que ela se depara com um cara absurdamente lindo, sexy, gostoso, rico e inteligente, mas que está acompanhado de Valentina, outra dama de honra e amiga pessoal de Evie.
Damas de Honra é um livro particularmente engraçado, um achado em matéria de chick lit, além do mais não é só Evie que ganha a cena por ser a personagem principal, mas suas amigas Charlotte, Valentina, Georgia e Grace são peculiarmente preciosas durante a narrativa. E Jane Costello não deixa a desejar em matéria de contar a história de todas as personagens de forma engraçada e reflexiva. Cada uma tem um bom motivo e um papel fundamental na vida e na história de Evie.
Em resumo, esse livro é bem engraçado e tem muitas situações cômicas que vão fazer sorrir, além disso, é uma leitura leve, portanto, se você é fã de chick lit vá em frete, você precisa ler esse livro.


6 comentários:

  1. Oi!
    Bom, só a capa já me chamou toda atenção e com sua resenha fiquei louca para ler.

    Beijos, Ariane
    www.diariodostreze.blogspot.com < visita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ariane,

      Te indico mesmo, porque o livro é muito bom, bem leve e divertido.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir
  2. Oii!
    Ahhh fiquei beem curiosa com a história! Amo chick-lits e principalmente leves leves e divertidos, ótimos para sair de uma ressaca literária ♥ Quero!

    Beijão!
    http://cupcakedeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana,

      Estou encantada com esse livro, bem leve e divertido, um ponto importante que você tocou é o fato de ser uma boa leitura para sair de ressaca literária. Creio que, sim.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir
  3. só ainda não comprei por conta do preço, sempre ta nas alturas!!!! mas sei que vou acabar me rendendo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thaila,

      concordo com vc, o preço desse livro é nas alturas... mas eu tava querendo tanto que não resisti e acabei comprando. Comprei usado na Estante Virtual e ele veio em ótimas condições... o preço também não foi tão alto assim...

      xoxo
      Mila F.

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!