Resenha: "Kindred Spirits" de Rainbow Rowell

Kindred Spirits, Rainbow Rowell, Macmillan Children's Books, 2016, 96 pág.

Saudações Leitores!
Conheci a escrita de Rainbow Rowell com Eleanor & Park, que se tornou um dos meus livros favoritos, daí também li Fangirl e, pronto, tornei-me fã. Portanto, quando fiquei sabendo do conto Kindred Spirits escrito pela Rainbow para o World Book Day e resolvi comprar a versão digital para ler. Como se trata de um conto dá para o ler em alguns minutos ou uma hora, depende de sua velocidade de leitura, infelizmente ele ainda não tem tradução em português, mas o inglês é bem básico, isto é, não é difícil.

Kindred Spirits nos traz como personagem principal Elena, que desde criança é uma superfã de Star Wars. Quando um novo filme de Star Wars é lançado, Elena decide viver a experiência de fã completa e ficar na fila de espera até a estréia do filme, isto significa que tem de acampar na frente do cinema vários dias antes. As expectativas de Elena estavam altas, e ela esperava ver "seus iguais" todos na fila com fantasias, conversando sobre seus filmes e personagens favoritos, mas quando chega na frente do cinema percebe que a "fila" só conta com duas pessoas, Gabe e Troy, e ela é a terceira.


Elena terá que lidar com a frustração de não ter suas expectativas alcançadas e lidar ainda com os problemas comuns de acampar na frende do cinema e dormir na rua, ir ao banheiro na rua, comer bobagens. Mas também terá que lidar com Troy e Gabe e isso vai servir para trocarem experiências e se conhecerem de uma forma que talvez ninguém mais os conheça. O mais legal de tudo é quando chega o dia da estréia e eles são de fato as três primeiras pessoas a entrarem no cinema para assistirem ao filme. É hilário!

O conto é bem curto, é bastante leve e engraçado, basicamente fala de amores que temos por uma saga, série ou determinados personagens, atores e/ou escritores... o que somos capazes de fazer para vivermos uma experiência única e se isso, de fato, vale a pena. É bastante interessante, ao mesmo tempo que diverte Kindred Spirits nos faz refletir.

Acredito que nem preciso dizer que os fãs da Rainbow Rowell precisam conhecer esse conto, não é? Quem conhece a escrita de Rowell sabe que é infalível, não tem como não gostar!

0 comentários:

Deixe seu comentário

Muito obrigada pelo Comentário!!!!