Resenha: "Anexos" de Rainbow Rowell

Anexos, Rainbow Rowell, Barueri, SP: Novo Século, 2014, 368 pág.
Tradução: Márcia Men
COMPRAR: Amazon, Saraiva

Saudações Leitores!
Attachments ou Anexos (título brasileiro) é mais um livro da escritora best-seller Rainbow Rowell, de quem sou, assumidamente, fã. Aqui mesmo, no blog, tem resenha de Eleanor & Park, Fangirl e Kindred Spirits. Aliás, não entendo o motivo de ter demorado tanto para ler Anexos, já que tenho o exemplar a bastante tempo, mas... enfim... solucionei essa falta gravíssima e vim conversar com vocês sobre minha experiência de leitura.
"Amor. Propósito. Essas eram coisas para as quais não se podia planejar. Essas eram coisas que simplesmente aconteciam. E se não acontecessem? Você passava a vida toda ansiando por elas? Esperando para ser feliz?" 
Como conheço já a escrita de Rainbow Rowell eu já sabia mais ou menos o que esperar e entre minhas expectativas estava: um livro fofo. Só consigo pensar nesse adjetivo para descrever todo o livro, claro que tem pontos bem intenso e vários questionamentos sobre certo x errado, ético x anti-ético, expectativas de vida x realidade de vida. Toda a estória nos leva muito a refletir sobre nossa própria vida e nossos próprios conceitos.
Aqui acompanharemos a estória de Lincoln, Jennifer e Beth em pleno a virada do século (1999 - 2000) quando a internet ainda era algo inovador. Lincoln acaba de ser contratado por um jornal tradicional para ler os e-mails dos funcionários e saber se eles estão trabalhando ou se divertindo na rede, a ideia é que Lincoln faça o monitoramento e manda advertências para todos que forem contra a política de acesso a internet da empresa. É nesse trabalho que ela acaba lendo os e-mails trocados por duas amigas: Jennifer e Beth e se apaixona pelas conversas e pelos assuntos das duas.

"Eu oro por todo mundo que nós gostamos. Além disso, gosto de rezar por coisas que parecem possíveis. Há tantas coisas pelas quais eu oro, que parecem grandes demais até para Deus. É recompensador rezar por algo que pode, de fato, acontecer. Isso meio que me mantém de pé. Às vezes, eu só rezo por uma safra melhor de abobrinha ou por uma boa noite de sono." 
É aí que Lincoln simplesmente não manda advertência alguma para Jennifer e Beth e elas acabam conversando sobre os mais variados assuntos: casamento, namorado, bebês, TPM, filmes, músicas, etc. Lincoln simplesmente sabe que está fazendo errado ao ler a correspondência delas, mas não consegue parar, pois se vê as voltas com a vida interessantíssima das duas, quando ele tem uma vida medíocre, fracassada e com um emprego que detesta.

"Tudo tem sido um desastre desde que eu decidi que minha vida, como ela era, não era boa o bastante." 
Como era de se esperar, existe um clichê e Lincoln se apaixona por Beth, mesmo sem nunca a ter visto, sofre com os sofrimentos dela e se preocupa com os problemas dela. Em paralelo a toda essa troca de e-mail entre as amigas, também vamos companhando capítulos onde sabemos sobre a vida de Lincoln e é nesses capítulos que passamos a entender o personagem e acabamos nos apaixonando por ele.

O que mais me comoveu em Anexos é a percepção das coisas, o fato de Jennifer e Beth não se acharem grande coisa e o fato de Lincoln se achar fracassado, quando no final vamos juntando os fatos e percebendo que não é bem isso.
Adorei a forma como Rowell desenvolveu seu primeiro romance, a forma como ela colocou questionamentos sobre a vida de uma forma que quando lemos pensamos estar lendo um livro apenas de entretenimento, mas quando finalizamos a leitura enxergamos várias mensagens que foram passadas com sucesso. 

"Mas a dor também foi diminuindo. As coisas melhoram - doem menos - com o tempo. Se você permitir."

Anexos é um livro fofo, realmente fofo, sabe? Mas não é só isso, no entanto, é melhor começar a leitura sem grandes expectativas e deixar que a história vá conquistando aos pouquinhos, daí no final o leitor estará absurdamente envolvido. 
"Existem momentos em que você não consegue acreditar que algo maravilhoso está acontecendo. E existem momentos em que toda a sua consciência é preenchida com o conhecimento absoluto de que algo maravilhoso está acontecendo."

1 comentários:

  1. Olá Mila!
    Adoro a Rainbow e preciso urgente ler esse livro :)
    Ele está na minha estante há um tempinho já kkkkkk
    Adorei as fotos e a resenha, beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!