6 Livros que pensei que não gostaria (com Bônus)

Saudações Leitores!
Não é uma situação inusitada para os leitores acabarem se apaixonando por livros que achavam que não iam gostar é isso aconteceu algumas vezes comigo, pois mesmo não querendo julgar livro por capa, por título, por autor, vezenquando a gente acaba fazendo isso (o que é lamentável), então hoje vim falar de livros que se tornaram meus amorzinhos, mas que fui ler fazendo cara feia...

Citei alguns desses livros no vídeo abaixo, mas logo abaixo do vídeo tem outros 4 livros que comecei a ler fazendo cara feia e acabaram se tornando favoritos


Para Poder Viver, Yeonmi Park: sempre fui muito preguiçosa para ler biografias/autobiografias, mas peguei uma mania de assistir doramas e fiquei curiosa sobre a cultura coreana, sobretudo após assistir um dorama que uma personagem tinha conseguido fugir da Coreia do Norte, então quando descobri a existência desse livro fui ler apenas para "matar" a curiosidade sobre esse outro lado da Coreia, mas NÃO PENSEI QUE FOSSE ME ENVOLVER TANTO. Amei. Só para vocês terem uma ideia fui ler tão sem nenhuma perspectiva que comprei o livro em ebook numa promoção, mas gostei tanto que depois adquiri o livro físico para guardar como xodó.

Filme Noturno, Marisha Pessl: fui ler meio sem vontade e só porque o livro foi o escolhido para o Clube do Livro do qual faço parte, no entanto esse livro NÃO É NORMAL DE BOM... É um thriller psicológico que é bem mais que isso, é quase terror mesmo, juro que ia ler morrendo de medo, pois mesmo sendo ficção a escritora fez com que aquilo tudo parecesse realidade. O melhor livro que já li do gênero. Juro.

Palavras Envenenadas, Maite Carranza: li esse livro porque um conhecido estava falando muito bem sobre ele, então fui ler apenas para poder conversar sobre o assunto, mas me surpreendi e fiquei de CARA NO CHÂO, trata-se de um romance policial dramático e de partir o coração do leitor, aquele que você consegue suspeitar de todo mundo menos do culpado e quando você descobre você fica arrasada e chora, e chora e passa dias triste... Adoro livros que me envolvem e mexem com meus sentimentos.

Quase Casados, Jane Costello: eu nunca tive o costume de ler chick-lit e confesso que torcia o nariz para esse gênero, mas saí da minha zona de conforto com este volume e eu NUNCA RI TANTO DE CHORAR TANTO NA MINHA VIDA POR CAUSA DE UM LIVRO, eu ria e chorava tanto que só faltou mesmo eu me mijar toda, logicamente que piadas e livros são bem subjetivos, mas não tem como não se divertir com esse livro, sério. 

Gostaram dessas dicas extras? Juro que nunca pensei que fosse gostar tanto desses livros e olha onde foram parar: minha lista de favoritos! Eu gosto assim: quando um livro me surpreende!

0 comentários:

Deixe seu comentário

Muito obrigada pelo Comentário!!!!