Resenha: O Perigo de Uma História Única - Chimamanda Ngozi Adichie

quinta-feira, outubro 03, 2019

O Perigo de Uma História Única, Chimamanda Ngozi Adichie, 
São Paulo: Companhia das Letras, 2019, 64 pág.
Tradução: Julia Romeu

Comprar: Amazon | Outras Lojas

Saudações Leitores!
O Perigo de Uma História Única (The Danger of The Single Story, 2009) é o resultado de uma palestra no TED, feita em 2009, pela escritora e romancista nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, essa palestra pode ser encontrada no Youtube. Chimamanda é autora de vários livros, até o presente momento, aqui no blog, temos review de Sejamos Todos Feministas, Para Educar Crianças Feministas, No Seu Pescoço, Americanah.
"É assim que se cria uma história única: mostre um povo com uma coisa, uma coisa só, sem parar, e é isso que esse povo se torna."
A cada livro que leio de Chimamanda, mais admiro essa escritora, suas ideias de feminismo são bastante coerentes e "casam" perfeitamente bem com o que acredito que seja o movimento, por isso, acabo sendo suspeita para falar de um de seus livros, pois geralmente só tenho elogios.

Apesar de ter pouco mais de 60 páginas, O Perigo de Uma História Única, é um dos livros mais FODAS que já li na minha vida, a escritora é muito sucinta ao mostrar os perigos de conhecermos apenas uma única história, ou uma única versão dos fatos, porque quando não sabemos a história do outro corremos o risco de acreditar que existe uma história absoluta, que não há exceção e isso vai nos levar a ser preconceituosos, injustos, pretensiosos e até nos olharmos ou olharmos o outro como vítimas e vilões, mesmo sem nos darmos conta.
"Quando comecei a escrever, lá pelas sete anos de idade _ textos escritos a lápis com ilustrações feitas com giz de cera que minha pobre mãe era obrigada a ler_, escrevi exatamente o tipo de história que lia: todos os meus personagens eram brancos de olhos azuis, brincavam na Neve, comi o maçãs e falavam muito sobre o tempo e sobre como era bom sol ter saído."
Chimamanda nos leva a refletir sobre tudo o que lemos, ouvimos e imaginamos ao longo dos anos, como de maneira inconsciente vamos internalizando conceitos que podem ser prejudiciais para nosso modo de viver, ou ver as outras pessoas.
"A história única cria estereótipos, e o problema com os estereótipos não é que sejam mentira, mas que são incompletos. Eles fazem com que uma história se torna a única história."
O mais interessante é que Chimamanda é uma palestrante e escritora nata, ela dá exemplos reais, baseados, sobretudo, em suas experiências ou experiências que alguém compartilhou com ela, isso dá respaldo e veracidade para aquilo que, muitas vezes, passa despercebido pela maioria das pessoas.
Ao ler O Perigo de Uma História Única fiquei impressionada como o fato de sermos tão passivos ao internalizarmos coisas a nossa volta como algo absoluto, como uma história única (geralmente de pessoas e situações privilegiadas) e fazemos isso sem nos darmos conta de como aquilo afeta nossa vida e as futuras gerações, como essa história única pode nos moldar de uma forma negativa.
"Eu amava aqueles livros americanos e britânicos que lia. Eles despertaram minha imaginação. Abriram mundos novos para mim,, mas a consequência não prevista foi que eu não sabia que pessoas iguais a mim podiam existir na literatura. O que a descoberta de escritores africanos fez por mim foi isto: salvou-me de ter uma história única sobre o que são os livros."
Ao terminar de ler o livro/palestra (que eu já tinha assistido no Youtube; detalhe) só lamentei uma coisa: não ser um texto maior! Acredito que poderia passar a vida toda lendo essa escritora e ela ainda me surpreenderia com as coisas que ela me leva a pensar e refletir enquanto leio suas palavras.

Sem mais, só recomendo| Você precisar ler O Perigo de Uma História Única!
"As histórias importam. Muitas histórias importam. As histórias foram usadas para espoliar e caluniar, mas também podem ser usadas para empoderar e humanizar. Elas podem despedaçar a dignidade de um povo, mas também podem reparar essa dignidade despedaçada."

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Muito obrigada pelo Comentário!!!!