SOCIAL MEDIA

Mostrando postagens com marcador Companhia das Letras. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Companhia das Letras. Mostrar todas as postagens

COMPRAR: Amazon | Outras Lojas

Quer aquecer o coração? Leia o Livro de Sonetos! 

Saudações Leitores!

Apesar de estar amando ler as poesias contemporâneas (que normalmente são curtas e espaçadas) nunca vou deixar passar a oportunidade de ler um cânone da poesia (sou fã de carteirinha de Vinicius, Fernando Pessoa, Adélia Prado, etc.), então assim que soube de Livro de Sonetos não pestanejei e parti para a leitura.

Vale ressaltar que o Livro de Sonetos foi publicado originalmente em 1957, porém nas décadas seguintes além das 57 composições selecionadas pelo poeta, foram acrescentados mais 17 poemas esparsos. O mais legal é que todos os sonetos são posicionados na obra pela sua data de escritura, assim temos o primeiro soneto datado de 1936 e o último de 1975, porém, ressalto que alguns dos sonetos não tem disponibilizado datas.

Em Livro dos Sonetos, somos apresentados a uma verdadeira compilação com os famosos sonetos de Moraes - e outros não tão famosos assim. Confesso para vocês que tem quatro sonetos do autor que sei de cor, só para vocês terem uma ideia de como gosto dele!

Sim, sou encantada pelos sonetos de Vinicius e o considero um mago nesse estilo de poesia, pois ele era capaz de transformar qualquer tema em um poema com uma métrica tão específica quanto os sonetos e, através dessa métrica rimada, era capaz de envolver, emocionar e comunicar sentimentos como amor, dor e indelicadezas e lutas tão presentes no cotidiano.

Ao final de Livro dos Sonetos temos um material extra com o texto "O Caminho para o Soneto" de Otto Lara Resende e  para fechar o livro com chave de ouro temos uma cronologia da vida de Vinicius de Moraes.

Outro ponto que preciso mencionar antes de finalizar este veredito é sobre o livro - objeto - que foi uma das coisas que me surpreenderam , pois me deparei um um exemplar belíssimo: capa dura, várias fotos e ilustrações coloridas e, textos extras. Isso demonstra o cuidado que a editora teve com a obra, a fim de torná-la atrativa aos olhos e ao coração já que estamos falando de Vinicius de Moraes, o poeta da paixão. Uma edição realmente digna do "calibre" deste poeta.

Super recomendo!  Não se esqueça de me falar se já conhece alguma composição de Vinicius de Moraes ou se ficou curioso a respeito desse livro. Até a próxima e boas leituras!

Ficha Técnica
Livro de Sonetos. Vinicius de Moraes.
Organização: Eucanaã Ferraz. 
São Paulo: Companhia das Letras, 2020. 160 págs.

COMPRAR: Amazon | Outras Lojas

Livro de Sonetos - Vinicius de Moraes (resenha)

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Saudações Leitores!

Também estou atrasada para falar sobre os lançamentos de JANEIRO da Companhia das Letras e de seus selos, mas como já diziam "Antes tarde do que nunca"! Além disso a editora está com ótimos lançamentos que merecem ser compartilhados, espiem só:


O IMPULSO

Autor: Ashley Audrain 

Ficção | Thriller. 328 págs. Brochura. Paralela. 

COMPRAR: AMAZON

Blythe Connor está decidida a ser a mãe perfeita, calorosa e acolhedora que nunca teve. Porém, no começo exaustivo da maternidade, ela descobre que sua filha Violet não se comporta como a maioria das crianças. Ou ela estaria imaginando? Seu marido Fox está certo de que é tudo fruto do cansaço e que essa é apenas uma fase difícil.

Conforme seus medos são ignorados, Blythe começa a duvidar da própria sanidade. Mas quando nasce Sam, o segundo filho do casal, a experiência de Blythe é completamente diferente, e até Violet parece se dar bem com o irmãozinho. Bem no momento em que a vida parecia estar finalmente se ajustando, um grave acidente faz tudo sair dos trilhos, e Blythe é obrigada a confrontar a verdade.

Neste eletrizante romance de estreia, Ashley Audrain escreve com maestria sobre o que os laços de família escondem e os dilemas invisíveis da maternidade, nos convidando a refletir: até onde precisamos ir para questionar aquilo em que acreditamos?


É ASSIM QUE SE PERDE A GUERRA DO TEMPO

Autor: Amal El-Mohatar

Ficção. 192 págs. Capa dura. Suma. 

COMPRAR: AMAZON

Entre as cinzas de um mundo em ruínas, uma soldada encontra uma carta que diz: Queime antes de ler.

E assim tem início uma correspondência improvável entre duas agentes de facções rivais travando uma guerra através do tempo e espaço para assegurar o melhor futuro para seus respectivos times. E então, o que começa como uma provocação se transforma em algo mais. Um romance épico que põe em jogo o passado e o futuro.

Se elas forem descobertas, o destino será a morte. Ainda há uma guerra sendo travada, afinal. E alguém precisa vencer.


EU FICO EM SILÊNCIO

Autor: David Ouimet

Ficção | Infanto-juvenil. 56 págs. Capa dura. Companhia das Letrinhas. 

COMPRAR: AMAZON

Uma garota tímida e introvertida se sente deslocada no mundo tão barulhento em que vivemos. Mas o poder da imaginação e o conforto dos livros podem trazer a esperança de que sua voz finalmente seja ouvida…

Nesta história emocionante para pequenos e grandes leitores, somos convidados a refletir sobre nosso lugar no mundo e o poder transformador que uma boa história pode ter na vida de alguém.


MOWGLI: OS LIVROS DA SELVA

Autor: Rudyard Kipling

Ficção | Clássico. 320 págs. Capa dura. Zahar. 

COMPRAR: AMAZON 

Mowgli, o filhote de homem criado por lobos, ocupa um espaço eterno no imaginário popular, encantando leitoras e leitores de todas as idades e lugares. A extraordinária prosa de Rudyard Kipling nos transporta para dentro das florestas da Índia, dá voz e pensamento aos animais e nos permite enxergar o mundo pelos olhos de Mowgli e dos personagens inesquecíveis que o acompanham. Enquanto cresce e amadurece, vivendo aventuras que falam de coragem, amizade e do respeito à lei da Selva, Mowgli enfrenta o dilema existencial que é o seu maior inimigo: qual o seu lugar no mundo, entre os animais que o criaram ou entre os homens?

Esta edição reúne em texto integral os oito contos que apresentam a infância e a adolescência de Mowgli, como publicados nas edições originais de O livro da Selva e de O segundo livro da Selva. Conta também com ilustrações originais e um apêndice com o primeiro texto sobre Mowgli escrito por Kipling, “Dentro da rukh”.


MENINO SEM PASSADO

Autor: Silvano Santiago

Memórias | LGBT. 464 págs. Brochura. Companhia das Letras.

COMPRAR: AMAZON

Enquanto descobre a magia do cinema e das revistas em quadrinhos, o jovem Silviano Santiago nos conta a história de sua vida marcada pela perda da mãe, a conturbada relação com o pai e com o restante da família tradicional do interior de Minas Gerais. Contudo, ao narrar sua infância, Silviano narra também momentos decisivos da história do Brasil entre os anos 1940 e 1960.

Com o exemplar manejo da escrita que já conhecemos de suas obras ensaísticas e ficcionais, Silviano traz para esse relato memorialístico a potência narrativa que caracteriza toda sua obra. Um livro corajoso sobre as marcas que a infância e a família deixam em nós.


Lançamento: O Impulso [e outros]

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Não pararei de gritar - Carlos Assumpção
Não Pararei de Gritar: Poemas reunidos, Carlos Assumpção (Organização de Alberto Pucheu). 
São Paulo: Companhia das Letras, 2020, 176 págs.
COMPRAR: AmazonOutras Lojas

Saudações Leitores!
Não Pararei de Gritar: Poemas Reunidos é, como o próprio título já diz, a reunião de poemas do poeta paulista Carlos Assumpção, um de nossos expoentes da literatura afro-brasileira. Esse livro foi organizado pelo professor, poeta e ensaísta Alberto Pucheu.

Ao longo dos poemas de Não Pararei de Gritar vamos fazer um passeio histórico-cultural e emocional sobre a vinda, a vida e a permanência dos negros nas terras brasileiras.

Resenha: Não Pararei de Gritar - Carlos Assumpção

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Saudações Leitores!
Hoje os lançamentos do Grupo Companhia das Letras que trago são bastante interessantes, inclusive tem vários lançamentos da  Companhia das Letrinhas o selo infantil do grupo, espiem e me digam o que acharam dos livros!

Lançamento: O livro que você gostaria que seus pais tivessem lido... e outros livros

domingo, 29 de março de 2020

Saudações Leitores!
Não sei se vocês sabem, mas agora a Editora Zahar, faz parte do Grupo Companhia das Letras e como somos parceiros do Grupo Cia das Letras, vamos trazer os principais lançamentos dela por aqui também, então vejam abaixo as novidades:

Lançamento: Frankenstein... e outros livros

quinta-feira, 26 de março de 2020

Saudações Leitores!
Venham espiar os lançamentos do Grupo Companhia das Letras que separei para mostrar para vocês, já vou até informar que após conhecê-los, minha lista de desejados aumentou.

Lançamento: Apátridas... e outros livros

terça-feira, 24 de março de 2020

Pequeno Manual Antirracista, Djamila Ribeiro, São Paulo: Companhia das Letras, 2019, 136 págs.
COMPRAR: Amazon | Outros Livros

Saudações Leitores!
Pequeno Manual Antirracista, escrito pela filosofa, feminista e ativista Djamila Ribeiro é exatamente o que o nome propõe: um pequeno manual sobre como ser antirracista, afinal de contas, infelizmente, o Brasil sofre de um enorme racismo estrutural, agravado, sobretudo, pela falta de reconhecimento dessa problemática.

Em 2018 li o fantástico Quem tem Medo do Feminismo Negro, da mesma escritora e aquele livro me impactou tanto e transformou enormemente meus pensamentos sobre o feminismo interseccional que, obviamente, quando soube de Pequeno Manual Antirracista ansiei por lê-lo.
O escopo de um manual, como sabemos é transmitir uma informação, e é exatamente isso o que Pequeno Manual Antirracista nos faz, transmite informações sobre como não ser racista ou como ser antirracista, mas não de forma autoritária e inconsistente.

Djamila faz um passeio sobre artigos, estudos e dados estatísticos que demonstram a triste realidade que o negro sofre em um país multicolor, onde tantas pessoas argumentam que não são racistas, mas na prática o racismo impera soberano, porque não é um racismo individual e sim estrutural que devemos combater, aquele racismo que está internalizado por conta de anos de exclusão, humilhação, etc., que os negros sofreram.
O fato é que Pequeno Manual Antirracista é um tapa na cara do leitor que se vê racista estrutural, quando se julgava não ser racista, então a proposta de Djamila Ribeiro é apontar e nortear nossa trajetória para irmos em busca de informação ou mesmo da reflexão de nossos pensamentos, palavras e atos.

Djamila nos motiva a nos autoexaminar e examinar o nosso entorno para ver e enxergar as situações de racismo estrutural em nossa sociedade, ao fazer isso e associar nossa vivencia com os estudos, informações e dados nós poderemos mudar a situação do racismo no Brasil.
Tudo o que li em Pequeno Manual Antirracista me leva a pensar o quanto uma leitura e as informações são transformadoras, de modo que, quanto mais estudamos e nos informamos sobre um assunto, uma causa, não podemos mais nos calar ou nos tornar imparciais. Aquilo que passamos a conhecer se torna nossa responsabilidade.

Para finalizar só preciso dizer que a leitura de Pequeno Manual Antirracista deveria ser necessária em todas as instituições para todas as pessoas, é um livro que nos dá um caminho para ser trilhado, uma forma de tentarmos extirpar o racismo estrutural e ela deve começar de forma individual.

COMPRAR: Amazon | Outros Livros

Resenha: Pequeno Manual Antirracista - Djamila Ribeiro

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Saudações Leitores!
Último mês do ano de 2019 e como nós estamos? De olho nos lançamentos e mostrando tudo o que chega pela Companhia das Letras para vocês, espiem só:

Ela disse
Megan Twohey e Jodi Kantor
ISBN: 9788535933048
Selo: Companhia das Letras
Páginas: 376 | Formato: 14.00 X 21.00 cm
Acabamento: Brochura com Orelha
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas
Como duas jornalistas conquistaram a confiança de dezenas de mulheres, expuseram os casos de assédio de Harvey Weinstein e deram um dos maiores furos jornalísticos da década em uma reportagem que alçou o movimento #MeToo à escala global.Em 5 de outubro de 2017, as jornalistas Jodi Kantor e Megan Twohey, do New York Times, publicaram uma reportagem bombástica, que mudaria para sempre o debate sobre assédio e abuso sexual.A partir de uma longa e delicada pesquisa, elas descobriram que Harvey Weinstein – produtor de Hollywood responsável por construir e alavancar a carreira de atrizes como Gwyneth Paltrow e Jennifer Lawrence – não apenas assediava mulheres, mas tinha a seu favor uma rede antiga e eficiente de advogados que comprava o silêncio das vítimas em troca de vultosos pagamentos. A revelação foi o estopim para que outras mulheres – famosas e anônimas – compartilhassem suas histórias, fazendo do #MeToo um movimento global e que atingiu praticamente todos os setores da vida pública.Com uma riqueza de detalhes extraordinária, Kantor e Twohey descrevem os bastidores eletrizantes de uma das reportagens mais importantes da década, refletem sobre o futuro do #MeToo e do feminismo e trazem testemunhos das mulheres que se manifestaram – pelo bem de outras, das gerações futuras e delas mesmas.

Lançamento: Ela disse... e outro livro

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Saudações Leitores!
Trago alguns dos principais lançamentos da Companhia das Letras desse mês de novembro e tem muita coisa boa que merece ser destacada, portanto, confiram abaixo!


Pequeno manual antirracista
Djamila Ribeiro
ISBN: 9788535932874
Selo: Companhia das Letras
Páginas: 136 | Formato: 11.00 X 15.50 cm
Acabamento: Brochura com Orelha Especial
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas


Onze lições breves para entender as origens do racismo e como combatê-lo.Neste pequeno manual, a filósofa e ativista Djamila Ribeiro trata de temas como atualidade do racismo, negritude, branquitude, violência racial, cultura, desejos e afetos. Em onze capítulos curtos e contundentes, a autora apresenta caminhos de reflexão para aqueles que queiram aprofundar sua percepção sobre discriminações racistas estruturais e assumir a responsabilidade pela transformação do estado das coisas.Já há muitos anos se solidifica a percepção de que o racismo está arraigado em nossa sociedade, criando desigualdades e abismos sociais: trata-se de um sistema de opressão que nega direitos, e não um simples ato de vontade de um sujeito.Reconhecer as raízes e o impacto do racismo pode ser paralisante. Afinal, como enfrentar um monstro desse tamanho? Djamila Ribeiro argumenta que a prática antirracista é urgente e se dá nas atitudes mais cotidianas. E mais ainda: é uma luta de todas e todos.

Lançamento: Pequeno manual antirracista... e outros livros

domingo, 24 de novembro de 2019

Saudações Leitores!
Venham conferir os principais lançamentos da Companhia das Letras, tem muita coisa bacana chegando nas livrarias e precisamos conferir tudo, certo?

Biblioteca Lovecraft vol.1
H. P. Lovecraft
ISBN: 9788535932843
Selo: Companhia das Letras
Páginas: 448 | Formato: 14.30 X 21.60 cm
Acabamento: Capa dura
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas

Primeiro volume da coleção que publicará as histórias completas de Lovecraft, o escritor que revolucionou a literatura de horror.Nascido em 1890, Howard Phillips Lovecraft revolucionou o gênero literário do horror ao inserir em suas histórias elementos típicos da fantasia e da ficção científica. Com um estilo de escrita único, por vezes de vocabulário e ortografia conservadores, Lovecraft elevou o terror a um patamar literário poucas vezes visto. Assim como Edgar Allan Poe no século XIX, Lovecraft é visto por autores como Neil Gaiman, Joyce Carol Oates e Stephen King como um dos principais autores de terror do século XX.
Neste primeiro volume da série "Biblioteca Lovecraft", traduzida e organizada por Guilherme da Silva Braga, encontramos textos clássicos como "O chamado de Cthulhu" e "A sombra de Innsmouth", e também textos menos conhecidos como "Dagon" (espécie de breve preâmbulo aos mitos de Cthulhu).

Lançamento: Biblioteca Lovecraft vol.1... e outros livros

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Saudações Leitores!
Praticamente dei uma surtadinha com os lançamentos da Companhia das Letras nesse mês de Outubro e adicionei vários deles na minha wishlist... será que alguém arrisca quais foram? E quais vocês se interessaram?

Lançamento: Morangos Mofados... e outros livros

terça-feira, 22 de outubro de 2019

O Perigo de Uma História Única, Chimamanda Ngozi Adichie, 
São Paulo: Companhia das Letras, 2019, 64 pág.
Tradução: Julia Romeu

Comprar: Amazon | Outras Lojas

Saudações Leitores!
O Perigo de Uma História Única (The Danger of The Single Story, 2009) é o resultado de uma palestra no TED, feita em 2009, pela escritora e romancista nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, essa palestra pode ser encontrada no Youtube. Chimamanda é autora de vários livros, até o presente momento, aqui no blog, temos review de Sejamos Todos Feministas, Para Educar Crianças Feministas, No Seu Pescoço, Americanah.
"É assim que se cria uma história única: mostre um povo com uma coisa, uma coisa só, sem parar, e é isso que esse povo se torna."
A cada livro que leio de Chimamanda, mais admiro essa escritora, suas ideias de feminismo são bastante coerentes e "casam" perfeitamente bem com o que acredito que seja o movimento, por isso, acabo sendo suspeita para falar de um de seus livros, pois geralmente só tenho elogios.

Resenha: O Perigo de Uma História Única - Chimamanda Ngozi Adichie

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Saudações Leitores!
Vem conferir comigo os lançamentos de setembro da Editora Companhia das Letras, tem muita coisa maravilhosa chegando nas prateleiras das livrarias:

A garota marcada para morrer
Série Millennium, vol. 6
David Lagercrantz
ISBN: 9788535932683
Selo: Companhia das Letras
Formato: 16.00 X 23.00 cm
Páginas: 408 | Acabamento: Brochura com Orelha
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas
No livro que encerra a saga eletrizante da hacker Lisbeth Salander e do jornalista Mikael Blomkvist, a garota com a tatuagem de dragão vai acertar contas com sua irmã gêmea e arqui-inimiga.Um homem é encontrado morto num parque no centro de Estocolmo. Parece se tratar apenas da morte trágica de um sem-teto, mas, apesar de ter características muito distintivas, ninguém é capaz de identificá-lo. A médica legista Fredrika Nyman suspeita que haja algo de errado e contacta Mikael Blomkvist.
O jornalista se interessa pelo caso, ainda que com relutância. O mendigo foi ouvido muitas vezes murmurando coisas sobre Johannes Forsell, o ministro da defesa da Suécia. Haveria uma conexão genuína entre eles?
Blomkvist precisa da ajuda de Lisbeth Salander. Mas depois do funeral de Holer Palmgren, ela saiu do país sem deixar qualquer rastro. O paradeiro que ninguém conhece é Moscou, onde ela está para acertar contas com sua irmã Camilla de uma vez por todas.
No sexto e último volume da série Millennium, criada por Stieg Larsson e assumida por David Lagercrantz a partir do quarto livro, estão interligados escândalos políticos e jogos de poder internacionais com tecnologia de DNA, expedições nos Himalaias e fábricas de trolls que espalham ódio e notícias falsas.

Lançamento: A garota marcada para morrer... e outros livros

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Saudações Leitores!
Todo mundo já sabe o quanto a Companhia das Letras é muito seletiva em suas publicações, o que só aumenta a referência da editora, então hoje trouxe alguns de seus lançamentos de Agosto que estão sensacionais.

O perigo de uma história única
Chimamanda Ngozi Adichie
ISBN: 9788535932539
Selo: Companhia das Letras
Páginas: 64 | Formato: 11.00 X 16.00 cm
Acabamento: Brochura com Orelha Especial
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas
O que sabemos sobre outras pessoas? Como criamos a imagem que temos de cada povo? Nosso conhecimento é construído pelas histórias que escutamos, e quanto maior for o número de narrativas diversas, mais completa será nossa compreensão sobre determinado assunto.
É propondo essa ideia, de diversificarmos as fontes do conhecimento e sermos cautelosos ao ouvir somente uma versão da história, que Chimamanda Ngozi Adichie constrói a palestra que foi adaptada para livro. O perigo de uma história única é uma versão da primeira fala feita por Chimamanda no programa TED Talk, em 2009. Dez anos depois, o vídeo é um dos mais acessados da plataforma, com cerca de 18 milhões de visualizações.
Responsável por encantar o mundo com suas narrativas ficcionais, Chimamanda também se mostra uma excelente pensadora do mundo contemporâneo, construindo pontes para um entendimento mais profundo entre culturas.

Lançamento: O perigo de uma história única... e outros livros

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Saudações Leitores!
Venho trazer para vocês alguns dos lançamentos da Companhia das Letras, espero que gostem, confesso que, por aqui, cresci o olho para alguns deles e já adicionei na wishlist.

Controle
Natalia Borges Polesso
ISBN: 9788535932249
Selo: Companhia das Letras
Páginas: 176 | Acabamento: Brochura com Orelha
Formato: 14 X 21 cm
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas
Autora vencedora do Jabuti na categoria contos, Natalia Borges Polesso estreia no romance com um livro sobre o amor e a amizade entre duas mulheres.Conhecida por sua escrita ritmada, informal e envolvente, Natalia Borges Polesso apresenta, em Controle, uma narrativa impactante sobre relações homoafetivas entre mulheres, o poder do desafio e, acima de tudo, as escolhas que precisam ser feitas para que as pessoas se tornem quem elas querem ser. Mesclando citações de letras da banda New Order em seu texto, a autora escreve um romance geracional que permanecerá na mente do leitor.A protagonista, Nanda, é epilética. Descobriu o transtorno ainda na infância, depois de uma queda de bicicleta, e sua vida nunca mais foi a mesma. Cercada de cuidado pelos pais, com medo de crescer e sair da casca protetora fornecida por sua condição, ela evita ao máximo o contato humano — exceto pela amiga, Joana. Mas compartilhar o que acontece na vida de outra pessoa não é como viver junto dela. Nanda se pergunta até quando conseguirá manter a rotina morna que leva. Porém, seu dia a dia será posto em xeque quando ela finalmente se der conta de que não viveu.

Lançamento: Controle... e outros livros

quinta-feira, 25 de julho de 2019

Saudações Leitores!
Vamos conhecer os lançamentos das Editoras: Seguinte e da Suma, que fazem parte do Grupo Companhia das Letras? Estou, particularmente, empolgada com essas belezuras, você concordam que tenho motivo para isso, ou não?

Enfim, capivaras
Luisa Geisler
ISBN: 9788555340857
Selo: Seguinte
Páginas: 176
Formato: 14.00 X 21.00 cm
Acabamento: Brochura com Orelha Especial

COMPRAR: Amazon | Outras Lojas
Em seu primeiro livro para o público jovem adulto, a premiada autora Luisa Geisler narra uma aventura inusitada de cinco jovens em busca de uma capivara perdida.A cidade no interior de Minas Gerais para onde Vanessa se mudou é o tipo de lugar onde anunciam os horários do cinema e os obituários com o mesmo carro de som. Nada de muito interessante acontece por lá, a não ser para Binho, que, segundo ele mesmo, tem várias namoradas e conhece um monte de cantores sertanejos famosos.A verdade é que Binho é um mentiroso contumaz e agora passou dos limites: inventou que tem uma capivara de estimação. Cansados das histórias cada vez mais mirabolantes do garoto, Vanessa se junta aos amigos — Léo, Nick e Zé Luís — para desmascará-lo. E eles estão decididos a ir até as últimas consequências.Narrado durante as doze horas de uma noite regada a álcool, salgadinhos, segredos e romances mal resolvidos, Enfim, capivaras explora, através de diferentes pontos de vista, os relacionamentos entre um grupo de adolescentes em busca de uma capivara — ou muito mais do que isso. 

Lançamento: Enfim, Capivaras... e outro livro

terça-feira, 25 de junho de 2019

O Inventário das Coisas Ausentes, Carola Saavedra, 
São Paulo: Companhia das Letras, 2014, 128 pág.

Saudações Leitores!
O Inventário das Coisas Ausentes (2014), escrito por Carola Saavedra (uma escritora que passei a admirar), é quase um livro dentro do livro, além do mais, há tanto em suas entrelinhas que as 128 páginas tornam-se muito mais, levando em conta a perspectiva subjetiva. Carola escreveu outros dois livros resenhados, aqui, no blog: Paisagem com Dromedário e Com Armas Sonolentas.

O livro é dividido em duas partes: Caderno de Anotações e Ficção. Além do mais, a estória é contada por um narrador, que é escritor. O narrador vai descortinando partes da vida de Nina, uma jovem de 23 anos que lhe deixa dezessete diários antes de sumir, ao passo que também vai revelando partes de sua própria vida e dos seus projetos literários, bem como exibindo algumas de suas ideias para livros e as possibilidades de desenvolvimento.
"... sempre gostei de pessoas sentadas num banco, sozinhas, escrevendo ou desenhando, dão a impressão de que se bastam, apenas elas e o caderno. São pessoas que não precisam de ninguém, ninguém que as entretenha, ninguém que lhes faça um agrado, ou lhes diga algo triste ou surpreendente."

Resenha: O Inventário das Coisas Ausentes - Carola Saavedra

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Saudações Leitores!
O que não pode faltar na vida de um leitor? LIVROS! Então, os lançamentos são necessários e, leitor que é leitor, tem que estar "a par" de todos os livros que param nas prateleiras, vejam, abaixo, alguns lançamentos de junho do Grupo Companhia das Letras, espero que gostem de conhecer as News:


O jogo da amarelinha
Julio Cortázar
ISBN: 9788535932188
Selo: Companhia das Letras
Páginas: 592
Formato: 16.00 X 23.00 cm
Acabamento: Brochura com Orelha Especial
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas
Tão radical quanto inclassificável, a obra-prima de Julio Cortázar mudou para sempre a história da literatura — e chega agora em nova edição ao leitor brasileiro.“A verdade, a triste ou bela verdade, é que cada vez gosto menos de romances, da arte romanesca tal como é praticada nestes tempos. O que estou escrevendo agora será (se algum dia eu terminar) algo assim como um antirromance, uma tentativa de romper os moldes em que esse gênero está petrificado”, escreveu Julio Cortázar numa carta de 1959, quando iniciava a escrita do que viria a ser O jogo da amarelinha. Publicado em 1963, o relato de amor entre um intelectual argentino no exílio, Horacio Oliveira, e uma misteriosa uruguaia, a Maga, ao acaso das ruas e das pontes de Paris, é um marco da literatura do século vinte. A nova edição brasileira traz uma seleção de cartas do autor sobre a escrita e a recepção de O jogo da amarelinha, tradução de Eric Nepomuceno, projeto gráfico de Richard McGuire e textos de Haroldo de Campos, Mario Vargas Llosa, Julio Ortega e Davi Arrigucci Jr. 

Lançamento: O Jogo da Amarelinha... e outros livros

domingo, 23 de junho de 2019

Saudações Leitores!
Venham conferir os lançamentos da Companhia das Letras, pois os mesmos estão de fazer nosso coração saltar pela boca...

Uma mulher no escuro
Raphael Montes
ISBN: 9788535931761
Selo: Companhia das Letras
Páginas: 256
Formato: 14.00 X 21.00 cm
Acabamento: Brochura com Orelha
COMPRAR: Amazon | Outras Lojas
Um crime brutal cometido há vinte anos, uma única sobrevivente, o retorno calculado do assassino. Em quem Victoria deve confiar? Neste thriller psicológico, Raphael Montes une romance e suspense em uma narrativa intrincada e sedutora.
Victoria Bravo tinha quatro anos quando um homem invadiu sua casa e matou sua família a facadas, pichando seus rostos com tinta preta. Única sobrevivente, ela agora é uma jovem solitária e tímida, com pesadelos frequentes e sérias dificuldades para se relacionar. Seu refúgio é ficar em casa e observar a vida alheia pelas janelas do apartamento onde mora, na Lapa, Rio de Janeiro.
Mas o passado bate à sua porta, e ela não sabe mais em quem pode confiar. Obrigada a enfrentar sua própria tragédia, Victoria embarca em uma jornada de amadurecimento e descoberta que a levará a zonas obscuras, mas também revelará as possibilidades do amor. Um psiquiatra, um amigo feito pela internet e um possível namorado — qual dos três homens está usando tudo o que sabe para aterrorizar a vida de Vic? E o que afinal ele quer com ela?
Na literatura nacional, Raphael Montes é unanimidade quando se trata de livros de suspense. Uma mulher no escuro traz sua primeira protagonista feminina e confirma o autor como um dos mais originais da atualidade — além de deixar o leitor intrigado do começo ao fim. 

Lançamento: Uma Mulher no Escuro... e outros livros

domingo, 26 de maio de 2019

1984, George Orwell, São Paulo: Companhia das Letras, 2009, 416 pág
Tradução: Alexandre Hubner, Heloísa Jahn
COMPRAR: AmazonOutras Lojas

Saudações Leitores!
O clássico 1984, de George Orwell, era um livro que eu tinha muita vontade de ler, mas como não tinha o volume, não havia lido, então, nada mais natural do que ler o livro assim que ele "pousou" nas minhas mãos.

O resultado não poderia ter sido mais impressionante e impactante, mas a impressão que tive foi que eu o li no tempo certo, no tempo em que eu seria realmente capaz de apreciar esta leitura e ele me tocar ainda mais profundamente, pois estava quase em "comunhão" com alguns dos meus pensamento.

1984 começa de forma bem impactante, nos introduzindo no universo distópico e nos explicando alguns termos e algumas leis e ações comuns dentro desse universo (como os dois minutos de ódio, etc.). Nesta narrativa vamos acompanhar a história de Winston que se passa justamente no ano que dá nome ao livro: 1984.
"O mais horrível dos dois Minutos de ódio não era o fato de uma pessoa ser obrigada a desempenhar um papel, mas de ser impossível manter-se à margem. Depois de trinta segundos já não é preciso fingir. Um êxtase horrendo de medo e sentimento de vingança, um desejo de matar, de torturar, de afundar rostos com uma marreta, parecia circular pela plateia inteira como uma corrente elétrica, transformando as pessoas, mesmo contra sua vontade, em malucos a berrar, rostos deformados pela fúria."

Resenha: 1984 - George Orwell

terça-feira, 14 de maio de 2019

Instagram