Resenha: “Desventuras em Série: Inferno no Colégio Interno – Livro Quinto” de Lemony Snicket

Saudações Leitores!
Sou encantada pela narrativa do Lemony Snicket e os livros da série Desventuras em Série estão cada vez melhores, minha experiencia com Inferno no Colégio Interno foi a melhor até agora!


Inferno no Colégio Interno – Livro Quinto (Desventuras em Série), Lemony Snicket, São Paulo: Companhia das Letras, 2002, 200 pág.
Traduzido por Carlos Sussekind
Ilustrado por Brett Helquist

The Austere Academy, no Brasil Inferno no Colégio Interno é o quinto livro da famosa série Desventuras em Série, sendo precedido por Mau Começo, A Sala dos Répteis, O Lago das Sanguessugas e Serraria Baixo-Astral.
Como essa série é uma sucessão de fatos terríveis, assim que termina um livro, automaticamente começa outro a partir do momento em que terminou o anterior, portanto, tal como o Sr. Poe já tinha alertado os irmãos Baudelaire (Violet, Klaus e Sunny) no livro anterior que, se não desse certo na Serraria Baixo-Astral as crianças seriam mandadas para um colégio interno, é exatamente isso que acontece e acompanhamos os três irmãos desde a chegada ao colégio e a sequencia de fatos triste que ocorrem por lá.
Logo de início o vice-diretor Nero – um ser arrogante e brutal, tocador péssimo de violino – explica a leis e regras da Escola Preparatória Prufrock, salientando que quem desobedece é castigado cruelmente, mas o pior é que os irmãos Baudelaire não têm direito a terem dormitório, pois são órfãos e, portanto, vão parar no Barraco dos Órfãos, um lugar úmido, desconfortável e sujo.
Para completar o infortúnio das crianças, temos uma antagonista absolutamente chata, encrenqueira, fofoqueira e que sempre quer chamar atenção, Carmelita Sparks. Mas para ‘balancear’ tanto fato ruim, Violet, Klaus e Sunny conhecem os trigêmeos Quagmire, no entanto um dos irmãos tinha morrido sobrando apenas Isadora e Duncan que acabam se tornando os melhores amigos dos Baudelaire e ajudando-os sempre. Sãos uns fofos (juro que quando eles estavam por perto eu ficava cheia de esperança e com vontade de abraça-los, personagens absolutamente com energia positiva).
"Os amigos podem fazer-nos sentir que o mundo é mais familiar e menos traiçoeiro do que na realidade é." (p.54)
Calma, tá faltando alguém... o Conde Olaf, sim, o ser mais asqueroso da literatura volta a usar mais um de seus disfarces e se torna o professor de educação física e faz os irmãos de um programa de treinamento D.O.R., deixando as crianças exaustas e acabadas durante todas as noites da semana.
O final, como previsto, foi triste e novamente os irmãos Baudelaire terão que ir embora e tentar encontrar a paz e o sossego em outro lugar, mas não vamos nos enganar. Se depender de Lemony Snicket, final feliz, aqui, não existe.
Particularmente eu amei Inferno no Colégio Interno, até agora nas minhas leituras, este foi o melhor livro da série. Vemos os Baudelaire envolvidos com pessoas na mesma faixa etária que eles, temos a presença de personagens já conhecidos nossos e a introdução de outros. Eu só queria que os trigêmeos Quagmire se tornassem personagens recorrentes, pois amei eles. Cativaram meu coração instantaneamente.
Em suma ler a série Desventuras em Série: Inferno no Colégio Interno é algo extremamente prazeroso e rápido (em um dia ou menos dá para terminar a leitura), apesar de antes de começar a ler saibamos (ou suspeitamos) de que as coisas acabaram mal para os irmãos Baudelaire, não podemos dizer que é um livro clichê, pelo contrário segue um estilo próprio, um enredo peculiar e uma narrativa envolvente e cheia de alto explicações.



4 comentários:

  1. Boa noite,
    Eu achei sua resenha muito divertida! Você tem um jeito com as palavras que cativa e, além disso, está falando de uma de minhas séries literárias favoritas! É a sua primeira vez lendo essa série? Se não for, me responda e vejamos se compartilhamos da mesma opinião final.
    Estou com uma publicação pendente para fazer sobre a série em meu próprio blog, mas ainda não a coloquei no ar. Rs, espero fazê-la logo.
    E boa sorte com as próximas leituras do Snicket :>

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diário Lunar,

      Obrigada por sua visita e comentário tão encantador. É a primeira vez que leio a série, como você pode ver ainda estou no quinto livro, ainda tenho muita emoção pela frente.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir
  2. Ei Mila!!! Eu amo o filme da série, é um dos meus prediletos, mas ainda não tive oportunidade de ler. Adorei o seu post e acho a história encantadora, muito legal ver ele por aqui!

    Beijinho
    eventualobradeficcao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roberta, espero que você tenha essa oportunidade, pois irá amar... a narrativa é super divertida.
      Obrigada pela visitinha e comentário <3

      xoxo
      Mila F.

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!