Resenha: "No Seu Olhar" de Nicholas Sparks

Saudações Leitores!
Como sou fã de Nicholas Sparks, recebi com euforia a notícia de lançamento de No Seu Olhar e, assim que foi possível, solicitei à Arqueiro um exemplar que, detalhe, veio acompanhado de um kit lindo (já mostrei no post Chegou pelo Correios) e agora venho falar da minha experiência de leitura para todos vocês.
>>> Para maiores informações sobre o livro acesse AQUI.


No Seu Olhar, Nicholas Sparks, São Paulo: Arqueiro, 2016, 432 pág.
Traduzido por Alves Calado

See Me (2015) recentemente publicado no Brasil com o título No Seu Olhar foi escrito pelo autor norte-americano best-seller Nicholas Sparks, autor conhecido principalmente por suas obras: Um Amor Para Recordar, Querido John e Diário de Uma Paixão. Aqui no blog também tem resenha de A Escolha, O Melhor de Mim, Uma Carta de Amor, Noites de Tormenta e Um Homem de Sorte.


Nicholas Sparks é um daqueles autores que trazem em seus romances uma fórmula pronta e absolutamente clichê que tem dado muito resultado pois sempre emociona e cativa seus leitores. Seus romances são sempre água com açúcar e cobertos por dramas, perdas e superações.

Tendo em vista o estilo do autor fiquei absolutamente surpresa com o que encontrei em No Seu Olhar, pareceu-me que Nicholas Sparks se reinventou, ou melhor: senti-me lendo outro autor, tamanho o choque que tive.


Calma, a mudança não foi de água para vinho, ainda temos muito romance, histórias profundas por traz de seus personagens, dramas, cenas fofas, diálogos e declarações que nos fazem suspirar, mas temos algo mais: uma investigação policial no meio de tudo e o principal: ela é feita pelos personagens principais, sobretudo.


Neste romance acompanhamos Maria e Colin que se conhecem por conta de um incidente que torna Colin o herói (como é comum nos livros do autor). Maria está com o pneu furado no meio de uma estrada deserta e sob uma chuva torrencial quando Colin passa de ao vê-la decide ajudá-la. Que fofo!


Daí o romance engata de forma mágica e bastante pé no chão, mesmo que seja rápido como tudo acontece. Gostei demais dos personagens criados por Nicholas Sparks. Maria é inteligente, sagaz, batalhadora e mesmo sendo adulta sempre procura agradar e estar perto de seus pais e sua irmã. Colin, por outro lado, tem uma relação conturbada e afastada com sua família (eles basicamente se ignoram) e vem de um passado problemático, cheio de brigas e prisões, mas que está decidido a mudar.


Colin é o típico badboy, lutador de MMA, sexy e tatuado que nenhum pai gostaria de tê-lo namorando sua filha e isso vai causar alguns estremecimentos na relação de Maria e ele, mas no geral o relacionamento é bem estável até alguém do passado de Maria aparecer no presente e colocar a vida de todos em perigo, mas... Quem é? O Que quer? Qual o objetivo?


No Seu Olhar tem uma narrativa envolvente, como tudo o que Nicholas Sparks escreve, só que por ter essas ações investigativas o livro perdeu - e muito - o lado dramático das obras do autor e, acabou que não mexeu com meus sentimentos e, pela primeira vez, terminei uma leitura do autor sem derramar uma lágrima sequer. Ok, isso não é um ponto negativo, mas eu estava preparada para um rio de lágrimas? Mas não aconteceu.


No final do livro temos um suspense que nos deixa agoniados, mas tudo é resolvido de forma agradável. O fato é que Sparks me surpreendeu bastante com o suspense policial e apesar de ter ficado meio na cara as pistas que o autor saiu deixando foi uma leitura bem agradável e diferentona, Gostei de ver essa faceta do autor. 


"Parte de mim acha que tudo isso é bom demais para ser verdade e que vai acabar, mas, se isso acontecer mesmo, não vai mudar o fato de que você já acrescentou alguma coisa à minha vida, uma coisa da qual eu nem sabia que sentia falta." (p.180)

2 comentários:

  1. Parece-me que Sparks quer se reinventar, e parece que está agradando.

    Queria que ele escreve algo mais atual, sem regressar no tempo... algo vivido no momento que tivesse consequências para o futuro... e ele poderia escrever um epílogo.... acho que ele faria mágica...

    abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju,

      que ideia bacana... acho que seria legal mesmo.
      O Escritor tem sempre que se reinventar, o bom que o Nicholas Sparks fez isso sem perder sua essência. Amei esse livro e te indico.

      xoxo
      Mila F.

      Excluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!